Em 1 Coríntios 1, Paulo começa saudando a igreja de forma amorosa e paterna. Ele expressa a sua alegria ao saber que a fé dos irmãos tem sido confirmada com o passar do tempo.

Em seguida, ele aborda o tema: divisão na igreja. A igreja de Corinto em bora possuísse vários dons espirituais, estava se tornando uma igreja medíocre e soberba.

Seus talentos em lugar de edificar a Igreja começaram a ser motivo de divisão, além disso eles passaram a ter preferência por ministros do Evangelho, e começaram a dizer: “Eu sou de Paulo”; ou “Eu sou de Apolo”; ou “Eu sou de Pedro”; ou ainda “Eu sou de Cristo”.

Paulo os repreende e afirma que o mais importante é a mensagem da cruz. Não importa quem a ministre, além disso Jesus Cristo é o Senhor da Igreja, nós somos apenas servos.

Deus escolheu o que o mundo naturalmente rejeita. Somos fracos, vis, insignificantes para o mundo. No entanto, o Deus Eterno quis revelar sua grandeza através dessa insignificância (Ver 1 Coríntios Estudo).

 

Esboço de 1 Coríntios 1:

1.1 – 6: Saudação

1.7 – 11: A divisão na Igreja

1.12 – 17: O partidarismo na igreja

1.18 – 23: A mensagem da Cruz

1.24 – 31: Jesus Cristo é o poder de Deus

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here