Cadastre seu e-mail e faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

1 Crônicas 21 Estudo: A Influência de Satanás

Em 1 Crônicas 21, Esdras nos mostra um dia trágico no reino de Davi. “Satanás levantou-se contra Israel e levou Davi a fazer um recenseamento do povo”. Satanás influenciou o homem cujo coração era segundo o de Deus.

Precisamos estar atentos e vigilantes. A nossa vulnerabilidade pode nos levar a fazer coisas horríveis. Foi o que aconteceu a Davi.

Por mais que Joabe o advertisse sobre a não realização do senso, o argumento do Diabo parecia fazer mais sentido. E fazia porque massageava o ego do rei.

A intenção de Satanás é gerar em nós um prazer falso com o propósito de destruição. Ou nós, ou alguém perto de nós sempre se machuca quando lhe damos ouvidos.

Foi exatamente o que aconteceu a Davi. Seu pecado atraiu o juízo de Deus sobre todo o Israel. O anjo do Senhor feriu o povo com pragas.

Contudo, a misericórdia do Senhor que é a causa de não sermos consumidos (Lamentações 3.22), se manifestou e o anjo colocou a espada na bainha novamente. Para isso foi necessário construir um altar e oferecer sacrifícios de perdão ao Senhor Deus.

Não podemos achar que ao pecar contra o Senhor não precisamos de arrependimento. Pelo contrário, não importa se a falta é grave ou não, devemos confessar nossos pecados a Deus e suplicar seu perdão, como fez Davi. Somente após isso, é que tudo fica resolvido.

Esboço de 1 Crônicas 21:

1 Crônicas 21.1 – 7: A influência de Satanás

1 Crônicas 21.8 – 13: O juízo de Deus

1 Crônicas 21.19 – 30: A construção do altar

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

 

1 Crônicas 21.1 – 7: A influência de Satanás

1 Satanás levantou-se contra Israel e levou Davi a fazer um recenseamento do povo.

2 Davi disse a Joabe e aos outros comandantes do exército: “Vão e contem os israelitas desde Berseba até Dã e tragam-me um relatório para que eu saiba quantos são”.

3 Joabe, porém, respondeu: “Que o Senhor multiplique o povo dele por cem. Ó rei, meu senhor, não são, porventura, todos eles súditos do meu senhor? Por que o meu senhor deseja fazer isso? Por que deveria trazer culpa sobre Israel?”

4 Mas a palavra do rei prevaleceu, de modo que Joabe partiu, percorreu todo o Israel e então voltou a Jerusalém.

5 Joabe apresentou a Davi o relatório com o número dos homens de combate: Em todo o Israel havia um milhão e cem mil homens habilitados para o serviço militar, sendo quatrocentos e setenta mil de Judá.

6 Mas Joabe não incluiu as tribos de Levi e de Benjamim na contagem, pois a ordem do rei lhe parecera absurda.

7 Essa ordem foi reprovada por Deus, e por isso ele puniu Israel.

1 Crônicas 21.8 – 13: O juízo de Deus

8 Então Davi disse a Deus: “Pequei gravemente com o que fiz. Agora eu te imploro que perdoes o pecado do teu servo, porque cometi uma grande loucura!”

9 O Senhor disse a Gade, o vidente de Davi:

10 “Vá dizer a Davi: Assim diz o Senhor: Estou lhe dando três opções. Escolha uma delas, e eu a executarei contra você”.

11 Gade foi a Davi e lhe disse: Assim diz o Senhor: “Escolha entre

12 três anos de fome, três meses fugindo de seus adversários, perseguido pela espada deles, ou três dias da espada do Senhor, isto é, três dias de praga, com o anjo do Senhor assolando todas as regiões de Israel”. Decida agora como devo responder àquele que me enviou.

13 Davi respondeu: “É grande a minha angústia! Prefiro cair nas mãos do Senhor, pois é grande a sua misericórdia, a cair nas mãos dos homens”.

1 Crônicas 21.14 – 18: A manifestação da misericórdia

14 O Senhor enviou, assim, uma praga sobre Israel, e setenta mil homens de Israel morreram.

15 E Deus enviou um anjo para destruir Jerusalém. Mas quando o anjo ia fazê-lo, o Senhor olhou e arrependeu-se de trazer a catástrofe, e disse ao anjo destruidor: “Pare! Já basta!” Naquele momento o anjo do Senhor estava perto da eira de Araúna, o jebuseu.

16 Davi olhou para cima e viu o anjo do Senhor entre o céu e a terra, com uma espada na mão, erguida sobre Jerusalém. Então Davi e as autoridades de Israel, vestidos de luto, prostraram-se com o rosto em terra.

17 Davi disse a Deus: “Não fui eu que ordenei contar o povo? Fui eu que pequei e fiz o mal. Estes não passam de ovelhas. O que eles fizeram? Ó Senhor meu Deus, que o teu castigo caia sobre mim e sobre a minha família, mas não sobre o teu povo!”

18 Depois disso, o anjo do Senhor mandou Gade dizer a Davi que construísse um altar ao Senhor na eira de Araúna, o jebuseu.

1 Crônicas 21.19 – 30: A construção do altar

19 Davi foi para lá, em obediência à palavra que Gade havia falado em nome do Senhor.

20 Araúna estava debulhando o trigo; virando-se, viu o anjo, e ele e seus quatro filhos que estavam com ele se esconderam.

21 Nisso chegou Davi e, quando Araúna o viu, saiu da eira e prostrou-se diante de Davi com o rosto em terra.

22 E Davi lhe pediu: “Ceda-me o terreno da sua eira para eu construir um altar em honra ao Senhor, para que cesse a praga sobre o povo. Venda-me o terreno pelo preço justo”.

23 Mas Araúna disse a Davi: “Considera-o teu! Que o meu rei e senhor faça dele o que desejar. Eu darei os bois para os holocaustos, o debulhador para servir de lenha, e o trigo para a oferta de cereal. Tudo isso eu dou a ti”.

24 O rei Davi, porém, respondeu a Araúna: “Não! Faço questão de pagar o preço justo. Não darei ao Senhor aquilo que pertence a você, nem oferecerei um holocausto que não me custe nada”.

25 Então Davi pagou a Araúna sete quilos e duzentos gramas de ouro pelo terreno.

26 E Davi edificou ali um altar ao Senhor e ofereceu holocaustos e sacrifícios de comunhão. Davi invocou o Senhor, e o Senhor lhe respondeu com fogo que veio do céu sobre o altar de holocaustos.

27 O Senhor ordenou ao anjo que pusesse a espada na bainha.

28 Nessa ocasião viu Davi que o Senhor lhe havia respondido na eira de Araúna, o jebuseu, e passou a oferecer sacrifícios ali.

29 Naquela época, o tabernáculo do Senhor que Moisés fizera no deserto e o altar de holocaustos estavam em Gibeom.

30 Mas Davi não podia consultar a Deus lá, pois tinha medo da espada do anjo do Senhor.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.