Cadastre seu e-mail e faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

1 João Estudo: Primeira Epístola de João

A carta de 1 João têm um propósito duplo: expor e rebater os erros doutrinários e éticos dos falsos mestres e exortar seus filhos na fé a manter uma vida santa de intimidade com Deus, na verdade e na justiça, cheios de alegria e de certeza da vida eterna.

Isto ocorre, mediante a fé obediente em Jesus Cristo, o Filho de Deus e pela habitação interior do Espírito Santo. Alguns crêem que a epístola também foi escrita como uma sequência do Evangelho segundo João.

1 João: Visão Geral

 Em 1 João a fé e a conduta estão fortemente entrelaçados. Os falsos mestres, aos quais João chama aqui de “anticristos”, apartaram-se do ensino apostólico sobre Jesus Cristo e a vida de retidão.

De modo semelhante a 2 Pedro e Judas, 1 João refuta e condena com veemência os falsos mestres com suas crenças e conduta destruidoras.

Do ponto de vista positivo, 1 João expõe as características da verdadeira comunhão com Deus e revela cinco evidências específicas pelas quais o crente poderá “saber”, com confiança e certeza que tem a vida eterna.

São elas: verdade apostólica a respeito de Jesus Cristo, uma fé obediente que guarda os mandamentos de Jesus Cristo, um viver santo, afastar-se do pecado, para comunhão com Deus, amor a Deus e aos irmãos na fé e o testemunho do Espírito Santo no crente.

João afirma, por fim, que a pessoa pode ter certeza da vida eterna quando estas cinco evidências são manifestas na sua vida.

1 João: Capítulos

Capítulo 1: Deus é Luz

Capítulo 2: A Obediência e o Amor a Deus

Capítulo 3: Filhos de Deus e os Filhos do Diabo

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Capítulo 4: Deus é amor

Capítulo 5: A Vitória Que Vence o Mundo

 

Foi Ele Mesmo

Embora a longa tradição da igreja atribua esta epístola ao apóstolo João, ainda assim podemos observar algumas outras evidências que irão confirmar (ou, em alguns casos, até mesmo exceder) a exatidão dessa tradição.

Parece que o autor fazia parte do colégio apostólico pela confiança sensível e palpável que tinha acerca da verdade da pessoa do Mediador em sua natureza humana: “…o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida” (1 João 1.1).

Ele cita a evidência que o Senhor deu a Tomé de sua ressurreição, ao convidá-lo para tocar as marcas dos pregos e da lança, que foi registrada por João. E ele deve ter sido um dos discípulos presentes quando o Senhor veio no mesmo dia em que ressuscitou dos mortos e mostrou a eles suas mãos e seu lado (Jo 20.20).

Mas, para que estejamos seguros em relação à identidade desse apóstolo, raramente existe uma crítica ou um especialista competente de estilo de argumento e espírito, que não vá concordar que esta epístola foi escrita pelo mesmo apóstolo que escreveu o Evangelho de João.

Os dois livros harmonizam maravilhosamente em relação aos títulos e características do Redentor: a Palavra, a Vida, a Luz; o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. Compare capítulo 1.1 e 5.7 com João 1.1 e Apocalipse 12.13.

Eles harmonizam na aprovação do amor de Deus a nós (capítulo 3.1 e 4.9; João 3.16) e quanto à nossa regeneração ou ser nascido de Deus (capítulo 3.9; 4.7; e v. 1; João 3.5,6). (Henry, Matthew, Comentário de Atos a Apocalipse)

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.