Em 1 Pedro 1, o apóstolo Pedro começa saudando aos eleitos de Deus espalhados por toda a Ásia. A esperança que foi implantada em nós pelo Evangelho de Jesus Cristo, é viva! Não pode murchar.

A nossa fé é comprovada quando suportamos as diversas provações da vida. Elas se manifestam das mais diversas maneiras. O propósito é revelar a verdadeira intenção da nossa fé.

O relacionamento com Deus exige santificação, pois o nosso Deus é santo. Devemos nos comportar à altura do Evangelho de Jesus Cristo. Isto ocorre, porque nós fomos comprados pelo precioso sangue de Jesus Cristo. O sangue derramado por Jesus na cruz, é muito superior a ouro, prata ou qualquer outro elemento de valor para os seres humanos.

A regeneração em Jesus Cristo produz em nós a obediência aos mandamentos de Deus, não é algo “opcional”. Se o Espírito Santo habita no cristão ele o conduzirá na obediência a Jesus Cristo.

Esboço de 1 Pedro 1:

1 Pedro 1.1,2: Saudação

1 Pedro 1.3 – 5: A esperança viva

1 Pedro 1.6 – 9: Comprovação da fé

1 Pedro 1.10 – 13: As profecias e a graça

1 Pedro 1.14 – 17: O relacionamento com Deus e a santidade

1 Pedro 1.18 – 21: O poderoso sangue de Jesus Cristo

1 Pedro 1.22 – 25: A regeneração e a obediência

 

Exortação a Santidade

Portanto, estejam com a mente preparada, prontos para a ação; sejam sóbrios e coloquem toda a esperança na graça que lhes será dada quando Jesus Cristo for revelado. Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. (1 Pedro 1:13,14)

Vocês têm uma jornada pela frente, uma corrida a correr, uma guerra a travar, e uma grande obra para fazer; assim como o viajante, o corredor, o guerreiro e o trabalhador recolhem e cingem suas vestes longas e soltas, para que estejam mais bem preparados, dispostos e ágeis no que fazem, assim façam vocês com sua mente, seu homem interior e as emoções situadas ali.

Cinjam eles, recolham eles, não os deixem soltos e negligenciados por aí; restrinjam suas extravagâncias, e deixem que seus lombos ou a força e o vigor de sua mente sejam exercidos no seu dever.

Desembaracem-se de tudo que os possa atrapalhar, e prossigam resolutamente na sua obediência. Sejam sóbrios, sejam vigilantes contra todos os perigos e inimigos espirituais, e sejam moderados e modestos no comer, beber, vestir, na recreação, nos negócios e em todo o seu comportamento.

Sejam sóbrios também na opinião, assim como na prática, e humildes no seu julgamento de si mesmos”, “…e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo”.

Alguns relacionam isso ao julgamento final, como se o apóstolo estivesse dirigindo a sua esperança para a revelação final de Jesus Cristo; mas é mais natural colocar isso da seguinte forma: “Esperem perfeitamente, ou completamente, pela graça que é oferecida a vocês na ou pela revelação de Jesus Cristo.

Isto é, pelo evangelho, trouxe à luz a vida e a incorrupção (2 Timóteo 1.10). Esperem perfeitamente, confiem sem duvidar naquela graça que agora é oferecida a vocês pelo evangelho”.

Nossa Prioridade

A principal obra de um cristão está na administração correta do seu coração e mente; a primeira orientação do apóstolo é cingir os lombos da mente. Os melhores cristãos têm necessidade de ser exortados à seriedade.

Esses excelentes cristãos são lembrados disso; é algo que se requer do bispo (1 Timóteo 3.2), ou de homens idosos (Tito 2.2), as mulheres mais jovens devem ser ensinadas nisso e os jovens são orientados a ser sóbrios (Tito 2.4,6).

A obra de um cristão não cessou quando ele entrou no estado de graça; ele precisa ainda esperar e anelar por mais graça. Depois de entrar pela porta estreita, ele ainda precisa andar no caminho estreito, e cingir os lombos da sua mente para esse propósito.

A confiança intensa e perfeita na graça de Deus é coerente com os nossos melhores esforços no nosso dever; temos de esperar perfeitamente, e mesmo assim cingir os nossos lombos, e nos empenhar com muito vigor na obra que temos por fazer, encorajando-nos com a graça de Jesus Cristo.  (Henry, Matthew, Comentário de Atos a Apocalipse)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here