Em 1 Reis 19, nós deixamos Elias na entrada de Jezreel, até aparecer publicamente, tendo os olhos de todo o povo sobre ele. Vemos aqui, que ele está novamente escondido, está fugindo, num momento em que dificilmente poderia ser tratado com indulgência.

Mas devemos olhar para isso como punição para Israel pela insinceridade e inconstância da sua reforma. Quando as pessoas não desejam aprender, é justo que Deus coloque seus professores em lugares retirados.

Agora observe como ele foi banido pela impiedade de Jezabel, sua inimiga declarada (v.v. 1-3). Como ele foi encontrado, em seu desterro, pela graça de Deus, seu companheiro de aliança.

Como Deus o alimentou (v.v. 4-8). Como Deus conversou com ele e manifestou-se a ele (v.v. 9,11-13), ouviu suas queixas (v.v. 10-14), deu-lhe orientações a respeito do que fazer (v.v. 15-17) e o encorajou (v. 18).

Como suas mãos foram fortalecidas, ao retornar do desterro, pela união com Eliseu (v.v. 19-21). (Henry, Matthew, Comentário de Josué a Ester)

Esboço de 1 Reis 19:

1 Reis 19.1 – 8: A ameaça de Jezabel

1 Reis 19.9 – 18: Deus fala com Elias e o anima

1 Reis 19.19 – 21: Eliseu, o discípulo de Elias

 

1 Reis 19.1 – 8: A ameaça de Jezabel

1 Ora, Acabe contou a Jezabel tudo o que Elias tinha feito e como havia matado todos aqueles profetas à espada.

2 Por isso Jezabel mandou um mensageiro a Elias para dizer-lhe: “Que os deuses me castiguem com todo o rigor, se amanhã nesta hora eu não fizer com a sua vida o que você fez com a deles”.

3 Elias teve medo e fugiu para salvar a vida. Em Berseba de Judá ele deixou o seu servo

4 e entrou no deserto, caminhando um dia. Chegou a um pé de giesta, sentou-se debaixo dele e orou, pedindo a morte: “Já tive o bastante, Senhor. Tira a minha vida; não sou melhor do que os meus antepassados”.

5 Depois se deitou debaixo da árvore e dormiu. De repente um anjo tocou nele e disse: “Levante-se e coma”.

6 Elias olhou ao redor e ali, junto à sua cabeça, havia um pão assado sobre brasas quentes e um jarro de água. Ele comeu, bebeu e deitou-se de novo.

7 O anjo do Senhor voltou, tocou nele e disse: “Levante-se e coma, pois a sua viagem será muito longa”.

8 Então ele se levantou, comeu e bebeu. Fortalecido com aquela comida, viajou quarenta dias e quarenta noites, até chegar a Horebe, o monte de Deus.

1 Reis 19.9 – 18: Deus fala com Elias e o anima

9 Ali entrou numa caverna e passou a noite. E a palavra do Senhor veio a ele: “O que você está fazendo aqui, Elias?”

10 Ele respondeu: “Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, o Deus dos Exércitos. Os israelitas rejeitaram a tua aliança, quebraram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada. Sou o único que sobrou, e agora também estão procurando matar-me”.

11 O Senhor lhe disse: “Saia e fique no monte, na presença do Senhor, pois o Senhor vai passar”. Então veio um vento fortíssimo que separou os montes e esmigalhou as rochas diante do Senhor, mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto, mas o Senhor não estava no terremoto.

12 Depois do terremoto houve um fogo, mas o Senhor não estava nele. E depois do fogo houve o murmúrio de uma brisa suave.

13 Quando Elias ouviu, puxou a capa para cobrir o rosto, saiu e ficou à entrada da caverna. E uma voz lhe perguntou: “O que você está fazendo aqui, Elias?”

14 Ele respondeu: “Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, o Deus dos Exércitos. Os israelitas rejeitaram a tua aliança, quebraram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada. Sou o único que sobrou, e agora também estão procurando matar-me”.

15 O Senhor lhe disse: Volte pelo caminho por onde veio, e vá para o deserto de Damasco. Chegando lá, unja Hazael como rei da Síria.

16 Unja também Jeú, filho de Ninsi, como rei de Israel, e unja Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, para suceder a você como profeta.

17 Jeú matará todo aquele que escapar da espada de Hazael, e Eliseu matará todo aquele que escapar da espada de Jeú.

18 No entanto, fiz sobrar sete mil em Israel, todos aqueles cujos joelhos não se inclinaram diante de Baal e todos aqueles cujas bocas não o beijaram.

1 Reis 19.19 – 21: Eliseu, o discípulo de Elias

19 Então Elias saiu de lá e encontrou Eliseu, filho de Safate. Ele estava arando com doze parelhas de bois, e estava conduzindo a décima segunda parelha. Elias o alcançou e lançou sua capa sobre ele.

20 Eliseu deixou os bois e correu atrás de Elias. “Deixa-me dar um beijo de despedida em meu pai e minha mãe”, disse, “e então irei contigo.” “Vá e volte”, respondeu Elias; “lembre-se do que lhe fiz.”

21 E Eliseu voltou, apanhou a sua parelha de bois e os matou. Queimou o equipamento de arar para cozinhar a carne e a deu ao povo, e eles comeram. Depois partiu com Elias, tornando-se o seu auxiliar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here