1 Reis 19 Estudo: Deus Fala com Elias e o Anima

Chegando a uma das montanhas do Sinai, Elias encontrou uma caverna e se refugiou nela. Lá ele recebeu uma revelação de Deus (1 reis 19: 9-10). O Senhor começou esta lição com a pergunta: O que você está fazendo aqui, Elias? (v. 13; Gên. 3:9)

Deus não o havia enviado para este lugar, como o havia dirigido a outros lugares (1 Reis 17:3, 9; 18:1). Elias havia fugido por causa do medo (19:3). A resposta de Elias revelou que ele sentia que estava completamente sozinho e indefeso contra as forças ímpias que ameaçavam matá-lo (cf. verso 14).

Sentindo-se sozinho

É claro que ele sabia que não era o único remanescente de todos os remanescentes fiéis (cf. 18:13), mas ele se sentia sozinho. Curiosamente, Elias falou apenas que os profetas do Senhor foram mortos (cf. 18:13a); ele não fez menção aos 450 profetas de Baal que foram mortos. Medo e desânimo fizeram com que ele visse apenas o lado sombrio. Ele sentiu o fracasso, apesar de ser zeloso.

Misericordiosamente, Deus não ensinou Elias nem castigou seu profeta irritado. Deus simplesmente deu a ele uma demonstração de seus caminhos.

De pé na encosta da montanha, fora de sua caverna (cf. v.9), Elias testemunhou o que Moisés tinha visto naquelas montanhas séculos antes (Êxodo 19:16-18) e o que ele mesmo vira no Monte Carmelo poucos dias antes (1 Reis 18:38,45), ou seja, uma demonstração espetacular do poder de Deus, desta vez no vento, no terremoto e no fogo.

Mas nesta ocasião o SENHOR não estava em nenhum destes, isto é, não eram Seus instrumentos de auto-revelação (1 Reis 19:11-14).

O sussurro que mudou tudo

Evidentemente, algum tempo depois, quando Elias estava de volta em sua caverna (19:13), ele ouviu o som de um suave sussurro. Reconhecendo isso como uma revelação de Deus, ele puxou o manto sobre parte do rosto, saiu para a entrada da caverna e ficou ali esperando que Deus agisse.

Deus fez a mesma pergunta que Ele fez anteriormente (cf. v. 9): “O que você está fazendo aqui, Elias?”

A resposta do profeta foi idêntica à sua primeira resposta (cf. v.10), sugerindo que, embora ele possa ter entendido o ponto da exibição de Deus das forças naturais em seu benefício, ele ainda sentia o mesmo em relação a si mesmo.

A mensagem que Deus parece ter destinado a Elias é que, enquanto Ele Se revelara em demonstrações espetaculares de Seu poder no passado em Querite, Sarepta e Carmelo, Ele agora usaria Elias de maneira mais branda e menos dramática. Esses caminhos Deus explicou para o seu servo (vv. 15-18).

Deus lidaria com os sentimentos pessoais de Elias sobre si mesmo mais tarde de uma maneira gentil também. (1)

Esboço de 1 Reis 19:

19.1 – 8: A ameaça de Jezabel

19.9 – 18: Deus fala com Elias e o anima

19.19 – 21: Eliseu, o discípulo de Elias

 

1 Reis 19.1 – 8: A ameaça de Jezabel

1 Ora, Acabe contou a Jezabel tudo o que Elias tinha feito e como havia matado todos aqueles profetas à espada.

2 Por isso Jezabel mandou um mensageiro a Elias para dizer-lhe: “Que os deuses me castiguem com todo o rigor, se amanhã nesta hora eu não fizer com a sua vida o que você fez com a deles”.

3 Elias teve medo e fugiu para salvar a vida. Em Berseba de Judá ele deixou o seu servo

4 e entrou no deserto, caminhando um dia. Chegou a um pé de giesta, sentou-se debaixo dele e orou, pedindo a morte: “Já tive o bastante, Senhor. Tira a minha vida; não sou melhor do que os meus antepassados”.

5 Depois se deitou debaixo da árvore e dormiu. De repente um anjo tocou nele e disse: “Levante-se e coma”.

6 Elias olhou ao redor e ali, junto à sua cabeça, havia um pão assado sobre brasas quentes e um jarro de água. Ele comeu, bebeu e deitou-se de novo.

7 O anjo do Senhor voltou, tocou nele e disse: “Levante-se e coma, pois a sua viagem será muito longa”.

8 Então ele se levantou, comeu e bebeu. Fortalecido com aquela comida, viajou quarenta dias e quarenta noites, até chegar a Horebe, o monte de Deus.

1 Reis 19.9 – 18: Deus fala com Elias e o anima

9 Ali entrou numa caverna e passou a noite. E a palavra do Senhor veio a ele: “O que você está fazendo aqui, Elias?”

10 Ele respondeu: “Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, o Deus dos Exércitos. Os israelitas rejeitaram a tua aliança, quebraram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada. Sou o único que sobrou, e agora também estão procurando matar-me”.

11 O Senhor lhe disse: “Saia e fique no monte, na presença do Senhor, pois o Senhor vai passar”. Então veio um vento fortíssimo que separou os montes e esmigalhou as rochas diante do Senhor, mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto, mas o Senhor não estava no terremoto.

12 Depois do terremoto houve um fogo, mas o Senhor não estava nele. E depois do fogo houve o murmúrio de uma brisa suave.

13 Quando Elias ouviu, puxou a capa para cobrir o rosto, saiu e ficou à entrada da caverna. E uma voz lhe perguntou: “O que você está fazendo aqui, Elias?”

14 Ele respondeu: “Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, o Deus dos Exércitos. Os israelitas rejeitaram a tua aliança, quebraram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada. Sou o único que sobrou, e agora também estão procurando matar-me”.

15 O Senhor lhe disse: Volte pelo caminho por onde veio, e vá para o deserto de Damasco. Chegando lá, unja Hazael como rei da Síria.

16 Unja também Jeú, filho de Ninsi, como rei de Israel, e unja Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, para suceder a você como profeta.

17 Jeú matará todo aquele que escapar da espada de Hazael, e Eliseu matará todo aquele que escapar da espada de Jeú.

18 No entanto, fiz sobrar sete mil em Israel, todos aqueles cujos joelhos não se inclinaram diante de Baal e todos aqueles cujas bocas não o beijaram.

1 Reis 19.19 – 21: Eliseu, o discípulo de Elias

19 Então Elias saiu de lá e encontrou Eliseu, filho de Safate. Ele estava arando com doze parelhas de bois, e estava conduzindo a décima segunda parelha. Elias o alcançou e lançou sua capa sobre ele.

20 Eliseu deixou os bois e correu atrás de Elias. “Deixa-me dar um beijo de despedida em meu pai e minha mãe”, disse, “e então irei contigo.” “Vá e volte”, respondeu Elias; “lembre-se do que lhe fiz.”

21 E Eliseu voltou, apanhou a sua parelha de bois e os matou. Queimou o equipamento de arar para cozinhar a carne e a deu ao povo, e eles comeram. Depois partiu com Elias, tornando-se o seu auxiliar.

 

Referências:

Constable, T. L. (1985). 1 Kings. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 528–529). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here