Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

1 Samuel 31 Estudo: A Grande Derrota de Saul

No capítulo anterior, vemos Davi como vencedor, sim, mais do que vencedor. Em 1 Samuel 31, vemos Saul sendo vencido e tratado pior do que um cativo.

A Providência de Deus, assim ordenou para que essas duas coisas ocorressem ao mesmo tempo. No mesmo dia, talvez, em que Davi estava triunfando sobre os amalequitas, os filisteus triunfavam sobre Saul.

Um é contraposto com o outro, para que as pessoas pudessem ver o que ocorre com aqueles que confiavam nele e os que o abandonam.

Deixamos Saul pronto para iniciar o ataque contra os filisteus, com a mão tremente e o coração despedaçado, tendo seu destino lido do inferno, quando não quis dar ouvidos quando foi lido do céu.

Vamos agora ler o que aconteceu com ele:

1. Seu exército é derrotado (v. 1).

2. Seus três filhos são mortos (v. 2).

3. Saul é ferido (v. 3), e morto pela sua própria mão (v. 4).

4. A morte do seu pajem de armas (v. 5) e de todos os seus homens (v. 6).

5. Seu país é conquistado pelos filisteus (v. 7).

6. Seu acampamento é saqueado e seu corpo abandonado (v. 8).

7. Sua queda é celebrada (v. 9).

8. Seu corpo é exposto publicamente (v. 10) e, com dificuldade, libertado pelos homens de Jabes-Gileade (v.v. 11-13).

Assim caiu o homem que foi rejeitado por Deus. (Henry, Matthew, Comentário de Josué a Ester)

Esboço de 1 Samuel 31:

1 Samuel 31.1 – 7: A grande derrota de Saul

1 Samuel 31.8 – 13: O corpo de Saul é pendurado

 

1 Samuel 31.1 – 7: A grande derrota de Saul

1 E aconteceu que, em combate com os filisteus, os israelitas foram postos em fuga e muitos caíram mortos no monte Gilboa.

2 Os filisteus perseguiram Saul e seus filhos, e mataram Jônatas, Abinadabe e Malquisua, filhos de Saul.

3 O combate foi ficando cada vez mais violento em torno de Saul, até que os flecheiros o alcançaram e o feriram gravemente.

4 Então Saul ordenou ao seu escudeiro: “Tire sua espada e mate-me com ela, senão sofrerei a vergonha de cair nas mãos desses incircuncisos”. Mas seu escudeiro estava apavorado e não quis fazê-lo. Saul, então, pegou sua própria espada e jogou-se sobre ela.

5 Quando o escudeiro viu que Saul estava morto, jogou-se também sobre sua espada e morreu com ele.

6 Assim foi que Saul, seus três filhos, seu escudeiro e todos os seus soldados morreram naquele dia.

7 Quando os israelitas que habitavam do outro lado do vale e a leste do Jordão viram que o exército tinha fugido e que Saul e seus filhos estavam mortos, fugiram, abandonando suas cidades. Depois os filisteus foram ocupá-las.

1 Samuel 31.8 – 13: O corpo de Saul é pendurado

8 No dia seguinte, quando os filisteus foram saquear os mortos, encontraram Saul e seus três filhos caídos no monte Gilboa.

9 Cortaram a cabeça de Saul, pegaram suas armas, e enviaram mensageiros por toda a terra dos filisteus para proclamarem a notícia nos templos de seus ídolos e entre o seu povo.

10 Expuseram as armas de Saul no templo de Astarote e penduraram seu corpo no muro de Bete-Seã.

11 Quando os habitantes de Jabes-Gileade ficaram sabendo o que os filisteus tinham feito com Saul,

12 os mais corajosos dentre eles foram durante a noite a Bete-Seã. Baixaram os corpos de Saul e de seus filhos do muro de Bete-Seã e os levaram para Jabes, onde os queimaram.

13 Depois enterraram seus ossos debaixo de uma tamargueira em Jabes, e jejuaram durante sete dias.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});

O jesuseabiblia.com tem uma nova Política de Privacidade e Cookies Saiba mais.