O livro de 1 Samuel e o seguinte, recebem Samuel como título, não porque ele fosse o autor dos livros (exceto do período neles em que estava vivo, ou seja, até o vigésimo quinto capítulo do primeiro livro, no qual temos um relato da sua morte), mas porque o primeiro inicia com um amplo relato dele próprio, seu nascimento e infância, sua vida e governo.

E o restante desses dois volumes, que são denominados segundo ele, contém a história dos reinos de Saul e Davi, que foram ungidos por ele.

E, visto que a história destes dois reis abrange a maior parte destes livros, a Vulgata Latina os denomina de Primeiro Livro dos Reis e Segundo Livro dos Reis, e os dois livros que se seguem de Terceiro e Quarto.

Os títulos em algumas de nossas Bíblias vêm com pseudônimos: também chamado de Primeiro Livro dos Reis etc. A LXX os chama de primeiro e segundo Livro dos Reinos.

É desnecessário discutir acerca desse assunto, visto que não existe motivo para divergir da veracidade hebraica. Estes dois livros encerram a história dos dois últimos juízes, Eli e Samuel, que não eram, como o restante, homens de guerra, mas sacerdotes.

Nesse sentido, eles se tornam um apêndice do livro de Juizes, e dos primeiros dois reis, Saul e Davi, e nesse sentido eles podem ser considerados uma introdução à história dos reis.

Estes livros contêm uma parte considerável da história sagrada, e são, às vezes, mencionados no Novo Testamento e, com frequência, nos Salmos escritos por Davi, os quais, se colocados em ordem, se encaixariam nestes livros.

Sobre o Autor de 1 Samuel

Não se sabe com certeza quem foi o autor desses livros. É provável que Samuel tenha escrito a história do seu próprio tempo, e que, depois dele, alguns dos profetas que exerceram o ministério com Davi (é possível que Natã tenha sido o autor) deram continuidade à narração dos livros.

O primeiro livro de 1 Samuel nos apresenta um relato completo da queda de Eli e da ascensão e bom governo de Samuel (1-8). Da resignação de Samuel em relação ao governo de Saul e seu progresso e má administração (9-15).

A escolha de Davi, seus conflitos com Saul, a decadência de Saul e a abertura do caminho para que Davi se tornasse rei de Israel (16-31). (Henry, Matthew, Comentário de Josué a Ester)

Capítulos de 1 Samuel:

Capítulo 1: A Oração de Ana

Capítulo 2: O Cântico de Ana

Capítulo 3: Deus Fala Com Samuel

Capítulo 4: “A Glória Se Foi de Israel”

Capítulo 5: Juízo de Deus Sobre os Filisteus

Capítulo 6: A Arca de Deus Volta a Israel

Capítulo 7: “Até Aqui o Senhor Nos Ajudou”

Capítulo 8: Israel Pede Um Rei

Capítulo 9: O Encontro de Saul Com Samuel

Capítulo 10: Saul é Ungido Rei

Capítulo 11: A Indignação de Saul

Capítulo 12: Deus Não Está Feliz

Capítulo 13: Saul é Rejeitado Pelo Senhor

Capítulo 14: A Coragem de Jônatas

Capítulo 15: Melhor Obedecer do Que Sacrificar

Capítulo 16: Davi, O Escolhido de Deus

Capítulo 17: Davi Derrota Golias

Capítulo 18: Davi e Saul, Amor e Ódio

Capítulo 19: Saul Tenta Matar Davi

Capítulo 20: A Amizade de Davi e Jônatas

Capítulo 21: A Fuga de Davi

Capítulo 22: Davi na Caverna de Adulão

Capítulo 23: Deus Livra Davi

Capítulo 24: Davi Poupa Saul

Capítulo 25: Nabal e Abigail, O Contraste

Capítulo 26: Saul Volta a Perseguir Davi

Capítulo 27: Davi Vai Para Gate

Capítulo 28: Saul Consulta Uma Vidente

Capítulo 29: Proibido de Lutar

Capítulo 30: A Justiça de Davi

Capítulo 31: A Grande Derrota de Saul

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here