Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

2 Coríntios 9 Estudo: Sua Oferta é a Sua Semente

Em 2 Coríntios 9, Paulo continua estimulando os Coríntios a contribuírem generosamente com a igreja em Jerusalém.

Ele dá vários e importantes detalhes, sobre como devemos ofertar (Ver Estudo Bíblico Sobre Dízimos e Ofertas). Ele compara a nossa oferta a uma semente e diz que a nossa colheita é proporcional a nossa semeadura.

Isso quer dizer que a nossa generosidade deve ser proporcional ao que temos recebido de Deus. A oferta deve ser sinônimo de alegria e não de pesar.

Em seguida, o apóstolo fala sobre o que Deus faz conosco por causa das nossas ofertas. Deus é bom e generoso. Não é seu desejo que soframos dano, porém ele deseja ver a nossa atitude em relação ao seu Reino (Ver Estudo Sobre o Reino de Deus), (Ver 2 Coríntios 8 Estudo).

 

Esboço de 2 Coríntios 9:

9.1 – 5: Recomendações para a coleta da oferta

9.6 – 9: Sua oferta é a sua semente

9.10 – 15: O que Deus faz com nossas ofertas

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

5 Comentários

  1. Alexandre disse:

    O que esse rapaz falou esta correto! Ele fala o que ouve e testifica o que vê, como que por ventura um guia cego, poderia guiar outro cego. Pq vês o arqueiro no olho do teu irmão, porém não repara na trave que esta no teu próprio?
    Ou como dirás a teu irmão: deixe me tirar o arqueiro do teu olho, quando tens a trave no teu próprio?
    Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e veras claramente para tirar o arqueiro do olho do teu irmão.
    Os dois senhores: Ninguém pode servir a dois senhores; pq ou ha de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e despezará a outro. Não podeis servir a deus e às riquezas.
    Está claro que Jaime reclama com o que vê e fala através das atitudes do guias cegos.
    Mt:23;13
    Ai de vós, escribras e fariseus, hipócritas, pq fechais o reino dos ceus diante do homens pois vós não entrais nem deixar entrar o que estão entrando!
    Mt23:26:27:28- claramente ele fala nessa parte, sobre os falsos profetas, que se apresentam de ovelhas, mas por dentro são loubos roubadores. Sujos de corrupção e também deixa claro em as instruções aos doze apóstolos que não pode receber dinheiro para trabalhar para cristo, digno é o trabalhador do teu alimento, não esperar nenhum pagamento para isso, se na época eles não receberiam para fazer os milagres, imagina hoje os que recebem para falar… o dízimo é só para sustentar o templo e nada mais disso! Se unir com uma mulher tera que trabalhar pelas coisas da terra, mas não transformar o templo numa casa de corrupção para trabalhar pelas coisas da terra, nem cobrar nada, Deus deu tudo de graça, e por alto preço, não vamos sujar sangue inocente! Procure um trabalho para trabalhar com as coisas da terra. Pois o que é do céu é do céu e digno é o trabalhador do teu alimento!

  2. jeremias disse:

    Muito bom estudo, bem claro e objetivo que Deus continue vos abençoando.

  3. Jaime Pereira De Brito disse:

    Serei breve no meu comentário. Com tantos líderes roubadores nas igrejas,não só nas grandes igrejas nas pequenas também,torna-se inviável dar o dízimo,pois a palavra de Deus diz que quando somos coniventes com o pecado nos tornamos participantes do mesmo.Me convença através da palavra de Deus é claro,que eu estou errado,aí eu voltarei a dar o dízimo pois eu era dizimista.

    • Jaime, vou dividir a minha resposta:

      1. Lamento o fato de você determinar que todos os líderes são ladrões. Aqui você fere o princípio de Mateus 7.1,2;
      2. Eu não sei o quanto você conhece a Bíblia, mas saiba que o dízimo é uma oferta de sentido espiritual. Se o líder o utiliza de maneira indevida, é problema dele. O seu galardão permanece intocado;
      3. Não preciso lhe convencer de nada. Acredito que seja adulto e capaz de arcar com as consequências de suas decisões, sejam elas certas ou erradas. Se você acredita que não deve entregar o dízimo, não entregue. De toda forma, o Reino vai continuar crescendo e Deus sendo glorificado;
      4. Não me entenda mal, serei sincero na minha opinião. Acredito que o seu problema está relacionado ao “amor ao dinheiro”. Portanto, eu o aconselho a orar sobre isso e pedir ao Senhor que lhe oriente.

      Deus o abençoe!

  4. Alaíde Ribeiro disse:

    Gostei muito do estudo sobre ofertas e dízimo.muito Bom a explicação bem esplanada e com detalhes muito importante para nossas igrejas hoje. Parabéns. A paz do senhor Jesus Cristo seja com você pastor.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});