Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

2 Crônicas 11 Estudo: Administração de Roboão

Em 2 Crônicas 11, o escritor nos mostra qual o desfecho da rebelião de Israel. O rei convocou os homens de combate de Judá para enfrentar os rebeldes israelitas, mas a Palavra do Senhor veio até ele, por meio de Semaías, homem de Deus, e ele recuou.

Roboão deu ouvidos a Palavra de Deus e seguiu a administração das duas tribos que lhe restaram: Judá e Benjamim.

Os sacerdotes e levitas continuaram servindo em Jerusalém e o serviço do Templo era continuamente executado, assim como nos dias de Salomão. Por fim, Esdras registra qual era a constituição familiar de Roboão. Quantas foram suas mulheres, filhos e filhas.

Vemos então uma grande mediocridade no governo do filho de Salomão. Um resultado claro do seu afastamento de Deus. Fica muito claro que o legado de submissão a Deus passado por Davi e Salomão, não o influenciou.

Esboço de 2 Crônicas 11:

2 Crônicas 11.1 – 4: Palavra do Senhor

2 Crônicas 11.5 – 12: Administração de Roboão

2 Crônicas 11.13 – 17: Apoiado por sacerdotes e levitas

2 Crônicas 11.18 – 23: A família de Roboão

 

2 Crônicas 11.1 – 4: Palavra do Senhor

1 Quando Roboão chegou a Jerusalém, convocou cento e oitenta mil homens de combate, das tribos de Judá e de Benjamim, para guerrearem contra Israel e recuperarem o reino para Roboão.

2 Entretanto, veio esta palavra do Senhor a Semaías, homem de Deus:

3 Diga a Roboão, filho de Salomão, rei de Judá, e a todos os israelitas de Judá e de Benjamim:

4 Assim diz o Senhor: Não saiam à guerra contra os seus irmãos. Voltem para casa, todos vocês, pois fui eu que fiz isso. E eles obedeceram à palavra do Senhor e desistiram de marchar contra Jeroboão.

2 Crônicas 11.5 – 12: Administração de Roboão

5 Roboão morou em Jerusalém e reconstruiu algumas cidades para a defesa de Judá. Foram elas:

6 Belém, Etã, Tecoa,

7 Bete-Zur, Socó, Adulão,

8 Gate, Maressa, Zife,

9 Adoraim, Laquis, Azeca,

10 Zorá, Aijalom e Hebrom. Essas cidades foram fortificadas em Judá e em Benja­mim.

11 Ele fortaleceu as suas defesas e nelas colocou comandantes, com suprimentos de alimentos, azeite e vinho.

12 Armazenou escudos grandes e lanças em todas as cidades, tornando-as muito fortes. Assim, Judá e Benjamim continuaram sob o seu domínio.

2 Crônicas 11.13 – 17: Apoiado por sacerdotes e levitas

13 Os sacerdotes e os levitas de todos os distritos de Israel o apoiaram.

14 Os levitas chegaram até a abandonar as suas pastagens e os seus bens, e foram para Judá e para Jerusalém, porque Jeroboão e seus filhos os haviam rejeitado como sacerdotes do Senhor,

15 nomeando seus próprios sacerdotes para os altares idólatras e para os ídolos que haviam feito em forma de bodes e de bezerros.

16 De todas as tribos de Israel aqueles que estavam realmente dispostos a buscar o Senhor, o Deus de Israel, seguiram os levitas até Jerusalém para oferecerem sacrifícios ao Senhor, ao Deus dos seus antepassados.

17 Eles fortaleceram o reino de Judá e durante três anos apoiaram Roboão, filho de Salomão, andando nos caminhos de Davi e de Salomão durante esse tempo.

2 Crônicas 11.18 – 23: A família de Roboão

18 Roboão casou-se com Maalate, filha de Jeremote e neta de Davi. A mãe de Maalate era Abiail, filha de Eliabe e neta de Jessé.

19 Ela deu-lhe três filhos: Jeús, Semarias e Zaão.

20 Depois ele casou-se com Maaca, filha de Absalão, a qual lhe deu os filhos Abias, Atai, Ziza e Selomite.

21 Roboão amava Maaca, filha de Absalão, mais do que a qualquer outra de suas esposas e concubinas. Ao todo ele teve dezoito esposas e sessenta concubinas, vinte e oito filhos e sessenta filhas.

22 Roboão nomeou Abias, filho de Maaca, chefe entre os seus irmãos, com o intuito de fazê-lo rei.

23 Ele agiu com sabedoria, dispersando seus filhos pelos distritos de Judá e de Benjamim, e pelas cidades fortificadas. Garantiu-lhes fartas provisões e lhes conseguiu muitas mulheres.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});

O jesuseabiblia.com tem uma nova Política de Privacidade e Cookies Saiba mais.