Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

2 Crônicas 14 Estudo: O Reinado de Asa

Em 2 Crônicas 14, Esdras relata a transição do reinado de Abias para Asa, seu filho. Houve prosperidade e paz durante seu reino. Contudo, sua providência mais marcante foi a de destruir os altares idólatras e orientar o povo para buscar ao Senhor Deus.

Com isso, a atuação e presença de Deus em seu governo fica evidente. Quando o etíope Zerá marchou contra Judá, com 1 milhão de soldados e 300 carros de guerra, Asa clamou ao Senhor e este lhe deu vitória.

“Senhor, não há ninguém como tu para ajudar os fracos contra os poderosos. Ajuda-nos, ó Senhor, ó nosso Deus, pois em ti pomos a nossa confiança, e em teu nome viemos contra este imenso exército. Ó Senhor, tu és o nosso Deus; não deixes o homem prevalecer contra ti”

Na história dos reis de Judá e Israel há uma lição muito profunda sobre buscar ao Senhor Deus. Ele nos criou para viver em paz, segurança e prosperidade. Mas quando decidimos viver longe de sua palavra e presença sofremos com a dureza do pecado.

Esboço 2 Crônicas 14:

2 Crônicas 14.1 – 7: O reinado de Asa

2 Crônicas 14.8 – 11: O clamor de Asa

2 Crônicas 14.12 – 15: A vitória de Asa

 

2 Crônicas 14.1 – 7: O reinado de Asa

1 Abias descansou com os seus antepassados e foi sepultado na Cidade de Davi. Seu filho Asa foi o seu sucessor, e em seu reinado o país esteve em paz durante dez anos.

2 Asa fez o que o Senhor, o seu Deus, aprova.

3 Retirou os altares dos deuses estrangeiros e os altares idólatras que havia nos montes, despedaçou as colunas sagradas e derrubou os postes sagrados.

4 Ordenou ao povo de Judá que buscasse o Senhor, o Deus dos seus antepassados, e que obedecesse às leis e aos mandamentos dele.

5 Retirou os altares idólatras e os altares de incenso de todas as cidades de Judá, e o reino esteve em paz durante o seu governo.

6 Também construiu cidades fortificadas em Judá, aproveitando esse período de paz. Ninguém entrou em guerra contra ele durante aqueles anos, pois o Senhor lhe deu descanso.

7 Disse ele ao povo de Judá: “Vamos construir estas cidades com muros ao redor, fortificadas com torres, portas e trancas. A terra ainda é nossa, porque temos buscado o Senhor, o nosso Deus; nós o buscamos, e ele nos tem concedido paz em nossas fronteiras”. Eles então as construíram e prosperaram.

2 Crônicas 14.8 – 11: O clamor de Asa

8 Asa tinha um exército de trezentos mil homens de Judá, equipados com escudos grandes e lanças, e duzentos e oitenta mil de Benjamim, armados com escudos pequenos e arcos. Todos eram valentes homens de combate.

9 O etíope Zerá marchou contra eles com um exército de um milhão de soldados e trezentos carros de guerra, e chegou a Maressa.

10 Asa saiu para enfrentá-lo, e eles se puseram em posição de combate no vale de Zefatá, perto de Maressa.

11 Então Asa clamou ao Senhor, o seu Deus: “Senhor, não há ninguém como tu para ajudar os fracos contra os poderosos. Ajuda-nos, ó Senhor, ó nosso Deus, pois em ti pomos a nossa confiança, e em teu nome viemos contra este imenso exército. Ó Senhor, tu és o nosso Deus; não deixes o homem prevalecer contra ti”.

2 Crônicas 14.12 – 15: A vitória de Asa

12 O Senhor derrotou os etíopes diante de Asa e de Judá. Os etíopes fugiram,

13 e Asa e seu exército os perseguiram até Gerar. Caíram tantos deles que o exército não conseguiu recuperar-se; foram destruídos perante o Senhor e suas forças. E os homens de Judá saquearam muitos bens.

14 Destruíram todas as cidades ao redor de Gerar, pois o terror do Senhor havia caído sobre elas. Saquearam todas essas cidades, pois havia nelas muitos despojos.

15 Também atacaram os acampamentos onde havia gado e se apoderaram de muitas ovelhas, cabras e camelos. E em seguida voltaram para Jerusalém.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});