Em 2 Crônicas 27, o escritor nos mostra como foi o reinado de Jotão, filho de Uzias. Ele foi um bom rei, andou nos caminhos do Senhor Deus e fez o que ele aprovava.

Mesmo o povo tendo permanecido na idolatria, o rei foi fiel ao Senhor e prosperou muito em seu governo. “Jotão tornou-se cada vez mais poderoso, pois andava firmemente segundo a vontade do Senhor, o seu Deus”.

A descrição do reinado de Jotão é curto, porém saudável. Não há desvios ou loucura em seu comportamento, como vemos em alguns de seus antecessores. 

Esboço de 2 Crônicas 27:

2 Crônicas 27.1 – 6: O reinado de Jotão

2 Crônicas 27.7 – 9: A morte de Jotão

 

2 Crônicas 27.1 – 6: O reinado de Jotão

1 Jotão tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar, e reinou dezesseis anos em Jerusalém. O nome da sua mãe era Jerusa, filha de Zadoque.

2 Ele fez o que o Senhor aprova, tal como seu pai, mas, ao contrário deste, não entrou no templo do Senhor. O povo, contudo, prosseguiu em suas práticas corruptas.

3 Jotão reconstruiu a porta superior do templo do Senhor e fez amplos trabalhos no muro, na colina de Ofel.

4 Construiu cidades nos montes de Judá, bem como fortes e torres nas matas.

5 Jotão guerreou contra o rei dos amonitas e o derrotou. Então os amonitas pagaram-lhe três toneladas e meia de prata, dez mil barris de trigo e dez mil de cevada, durante três anos seguidos.

6 Jotão tornou-se cada vez mais poderoso, pois andava firmemente segundo a vontade do Senhor, o seu Deus.

2 Crônicas 27.7 – 9: A morte de Jotão

7 Os demais acontecimentos do reinado de Jotão, inclusive todas as suas guerras e as suas outras realizações, estão escritos nos registros históricos dos reis de Israel e de Judá.

8 Tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar, e reinou dezesseis anos em Jerusalém.

9 Jotão descansou com os seus antepassados e foi sepultado na Cidade de Davi. Seu filho Acaz foi o seu sucessor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here