Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

2 Crônicas 8 Estudo: A Administração de Salomão

Em 2 Crônicas 8, o escritor nos mostra como era feita a administração de Salomão. Ele estabeleceu um reino seguro e muito bem organizado.

Construiu cidades, criou divisões de trabalho, criou um palácio para a rainha – com uma motivação santa, orientou os serviços do Templo e desenvolveu um ótimo comércio exterior.

Durante o reino de Salomão, Israel prosperou como nunca, em toda a sua história. Isso porque a bênção de Deus estava sobre ele, como consequência de ter buscado ao Senhor. 

Esboço de 2 Crônicas 8:

2 Crônicas 8.1 – 6: Cidades construídas por Salomão

2 Crônicas 8.7 – 10: Trabalhadores de Salomão

2 Crônicas 8.11: O palácio da rainha

2 Crônicas 8.12 – 16: O serviço do Templo

2 Crônicas 8.17,18: O comércio exterior

 

2 Crônicas 8.1 – 6: Cidades construídas por Salomão

1 Depois de vinte anos, durante os quais Salomão construiu o templo do Senhor e o seu próprio palácio,

2 ele reconstruiu as cidades que Hirão lhe tinha dado, e nelas estabeleceu israelitas.

3 Depois atacou Hamate-Zobá e a conquistou.

4 Também reconstruiu Tadmor, no deserto, e todas as cidades-armazéns que havia construído em Hamate.

5 Reconstruiu Bete-Horom Alta e Bete-Horom Baixa, cidades fortificadas com muros, portas e trancas,

6 e também Baalate e todas as cidades-armazéns que possuía, e todas as cidades onde ficavam os seus carros e os seus cavalos. Construiu tudo o que desejou em Jerusalém, no Líbano e em todo o território que governou.

2 Crônicas 8.7 – 10: Trabalhadores de Salomão

7 Todos os que não eram israelitas, descendentes dos hititas, dos amorreus, dos ferezeus, dos heveus e dos jebuseus,

8 que não tinham sido mortos pelos israelitas, Salomão recrutou para o trabalho forçado, e nisso continuam até hoje.

9 Mas Salomão não obrigou nenhum israelita a trabalhos forçados; eles eram seus homens de guerra, chefes de seus capitães, comandantes dos seus carros e condutores de carros.

10 Também eram israelitas os principais oficiais do rei Salomão, duzentos e cinquenta oficiais que supervisionavam os trabalhadores.

2 Crônicas 8.11: O palácio da rainha

11 Salomão levou a filha do faraó da Cidade de Davi para o palácio que ele havia construído para ela, pois dissera: “Minha mulher não deve morar no palácio de Davi, rei de Israel, pois os lugares onde entrou a arca do Senhor são sagrados”.

2 Crônicas 8.12 – 16: O serviço do Templo

12 Sobre o altar do Senhor, que havia construído diante do pórtico, Salomão passou a sacrificar holocaustos ao Senhor,

13 conforme as determinações de Moisés acerca das ofertas diárias e dos sábados, das luas novas e das três festas anuais: a festa dos pães sem fermento, a festa das semanas e a festa das cabanas.

14 De acordo com a ordem de seu pai Davi, designou os grupos dos sacerdotes para as suas tarefas, e os levitas para conduzirem o louvor e ajudarem os sacerdotes, conforme as determinações diárias. Também designou, por divisões, os porteiros das várias portas, conforme o que Davi, homem de Deus, tinha ordenado.

15 Todas as ordens dadas pelo rei aos sacerdotes e aos levitas, inclusive as ordens relativas aos tesouros, foram seguidas à risca.

16 Todo o trabalho de Salomão foi executado, desde o dia em que foram lançados os alicerces do templo do Senhor até seu término. Assim foi concluído o templo do Senhor.

2 Crônicas 8.17,18: O comércio exterior

17 Depois Salomão foi a Eziom-Geber e a Elate, no litoral de Edom.

18 E Hirão enviou-lhe navios comandados por seus próprios marinheiros, homens que conheciam o mar. Eles navegaram com os marinheiros de Salomão até Ofir, e de lá trouxeram quinze mil e setecentos e cinquenta quilos de ouro para o rei Salomão.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});