Cadastre seu e-mail e faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

2 Pedro Estudo: Segunda Carta de Pedro

A carta de 2 Pedro foi escrita para exortar os crentes a buscarem com diligência a santidade de vida e o verdadeiro conhecimento de Jesus e para desmascarar e repudiar a atividade traiçoeira dos falsos profetas e mestres que agiam nas igrejas da Ásia Menor, pervertendo a verdade bíblica.

Pedro resume o propósito do livro, em 2 Pedro 3.17,18, onde exorta os verdadeiros cristãos a estarem alerta para não serem enganados por homens perversos e crescer “na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”.

2 Pedro: Visão Geral

A epístola de 2 Pedro instrui solenemente os crentes a tomarem posse da vida e da piedade, mediante o verdadeiro conhecimento de Jesus Cristo. O primeiro capítulo acentua a importância do crescimento cristão.

Tendo começado pela fé, o crente deve buscar diligentemente a excelência moral, o conhecimento, a temperatura, a perseverança, a piedade, o amor fraternal e a caridade (amor altruísta), que levam à fé madura e ao verdadeiro conhecimento do Senhor Jesus.

O capítulo seguinte adverte solenemente contra os falsos profetas e mestres que surgem dentro das igrejas. Pedro os denuncia como anarquistas e perniciosos, que têm prazer nas concupiscências da carne; são cobiçosos, arrogantes e obstinados e que desprezam a autoridade.

Pedro procura resguardar os verdadeiros crentes contra as suas heresias destrutivas pondo a descoberto seus motivos e conduta malignos.

2 Pedro Capítulos

Capítulo 1: A Suficiência de Jesus Cristo

Capítulo 2: O Juízo de Deus e o Pecado

Capítulo 3: O Dia do Senhor e a Volta de Jesus

 

Simão Pedro o Autor

O autor dessa epístola evidentemente parece ser o mesmo que escreveu a anterior; e, não importa qual seja a diferença que homens instruídos digam existir no estilo dessa epístola em comparação com a anterior.

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Isso não pode ser um argumento convincente para afirmar que ela foi escrita por um Simão que sucedeu o apóstolo Tiago na igreja de Jerusalém, visto que aquele que escreve esta epístola se intitula “Simão Pedro, servo e apóstolo…” (2 Pedro 1.1),

Além disso, diz que ele foi um dos três apóstolos que estiveram presentes na transfiguração de Cristo (2 Pedro 1.18), e lhes diz expressamente que lhes tinha escrito uma outra epístola anteriormente (capítulo 3.1).

O propósito dessa segunda epístola é o mesmo da primeira, como fica evidente com base no primeiro versículo do capítulo 3, de onde observamos que, nas coisas de Deus, temos necessidade de “…mandamento sobre mandamento, regra sobre regra” (Isaías 28.10), e um mínimo de tudo isso para mantê-los na memória.

E assim, essas são as coisas que deveriam ser mais fielmente registradas e mais frequentemente lembradas por nós. (Henry, Matthew, Comentário de Atos a Apocalipse)

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.