Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

2 Reis 22 Estudo: A Devoção de Josias

Em 2 Reis 22, vemos a história do reinado do bom rei Josias, cuja bondade brilha mais porque veio justamente depois de tanta maldade, a qual ele teve a honra de reformar, e justamente antes de tão grande destruição, que ele, porém, não teve a honra de evitar.

Aqui, depois do seu caráter geral (v.v. 1,2), temos um relato específico do respeito que ele teve pela Casa de Deus, que ele reformou (v.v. 3-7). Pelo livro de Deus, por cuja leitura ele foi muito afetado (v.v. 8-11).

Pelos mensageiros de Deus, a quem ele consultou imediatamente (v.v. 12-14). E por quem ele recebeu de Deus uma resposta que ameaçava com a destruição de Jerusalém (v.v. 15-17), mas prometia o favor para ele (v.v. 18-20), com o qual ele começou aquela gloriosa obra de reforma da qual temos um relato no próximo capítulo. (Henry, Matthew, Comentário de Josué a Ester)

Esboço de 2 Reis 22:

2 Reis 22.1 – 10: Josias promove uma reforma

2 Reis 22.11 – 20: A devoção de Josias 

 

2 Reis 22.1 – 10: Josias promove uma reforma

1 “Josias tinha oito anos de idade quando começou a reinar, e reinou trinta e um anos em Jerusalém. O nome de sua mãe era Jedida, filha de Adaías; ela era de Bozcate.”

2 Ele fez o que o Senhor aprova e andou nos caminhos de Davi, seu predecessor, sem desviar-se nem para a direita nem para a esquerda.

3 No décimo oitavo ano do seu reinado, o rei Josias enviou o secretário Safã, filho de Azalias e neto de Mesulão, ao templo do Senhor, dizendo:

4 “Vá ao sumo sacerdote Hilquias e mande-o ajuntar a prata que foi trazida ao templo do Senhor, que os guardas das portas recolheram do povo.

5 Eles deverão entregar a prata aos homens nomeados para supervisionar a reforma do templo, para poderem pagar os trabalhadores que fazem os reparos no templo do Senhor:

6 os carpinteiros, os construtores e os pedreiros. Além disso comprarão madeira e pedras lavradas para os reparos no templo.

7 Mas eles não precisarão prestar contas da prata que lhes foi confiada, pois estão agindo com honestidade”.

8 Então o sumo sacerdote Hilquias disse ao secretário Safã: “Encontrei o Livro da Lei no templo do Senhor”. Ele o entregou a Safã, que o leu.

9 O secretário Safã voltou ao rei e lhe informou: “Teus servos entregaram a prata que havia no templo do Senhor e a confiaram aos trabalhadores e aos supervisores no templo”.

10 E o secretário Safã acrescentou: “O sacerdote Hilquias entregou-me um livro”. E Safã o leu para o rei.

2 Reis 22.11 – 20: A devoção de Josias

11 Assim que o rei ouviu as palavras do Livro da Lei, rasgou suas vestes

12 e deu estas ordens ao sacerdote Hilquias, a Aicam, filho de Safã, a Acbor, filho de Micaías, ao secretário Safã e ao auxiliar real Asaías:

13 “Vão consultar o Senhor por mim, pelo povo e por todo o Judá acerca do que está escrito neste livro que foi encontrado. A ira do Senhor contra nós deve ser grande, pois os nossos antepassados não obedeceram às palavras deste livro, nem agiram de acordo com tudo o que nele está escrito a nosso respeito”.

14 O sacerdote Hilquias, Aicam, Acbor, Safã e Asaías foram falar com a profetisa Hulda, mulher de Salum, filho de Ticvá e neto de Harás, responsável pelo guarda-roupa do templo. Ela morava no bairro novo de Jerusalém.

15 Ela lhes disse: “Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ‘Digam ao homem que os enviou a mim

16 “que assim diz o Senhor: Trarei desgraça sobre este lugar e sobre os seus habitantes; tudo o que está escrito no livro que o rei de Judá leu.”

17 Por que me abandonaram e queimaram incenso a outros deuses, provocando a minha ira por meio de todos os ídolos que as mãos deles têm feito, a chama da minha ira arderá contra este lugar e não será apagada’.

18 Digam ao rei de Judá, que os enviou para consultar o Senhor: Assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca das palavras que você ouviu:

19 ‘Já que o seu coração se abriu e você se humilhou diante do Senhor ao ouvir o que falei contra este lugar e contra os seus habitantes, que seriam arrasados e amaldiçoados, e porque você rasgou as vestes e chorou na minha presença, eu o ouvi’, declara o Senhor.

20 ‘Por­tanto, eu o reunirei aos seus antepassados, e você será sepultado em paz. Seus olhos não verão toda a desgraça que vou trazer sobre este lugar’”. Então eles levaram a resposta ao rei.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});