marca_final-01

2 Samuel 23 Estudo: As Últimas Palavras de Davi

No final de sua vida Davi é um rei amado e respeitado por todo o Israel, e como seu sucessor estabeleceu Salomão. Aqui, em 2 Samuel 23 ele deixa o registro de suas últimas palavras, e como elas são valiosas.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Em 2 Samuel 23 temos o registro das últimas palavras de Davi e sua exaltação ao Deus de Israel que o livrou e lhe deu grandes vitórias. O rei reconhece que é ungido e que o Espírito do Senhor tem inspirado suas palavras.

Davi era um homem de muito discernimento espiritual. Ele estava muito a frente de seu tempo, no que se refere a conhecimento de Deus e intimidade com Ele.

Um dos maiores adoradores de todos os tempos e o autor com maior número de Salmos publicados no Livro dos Salmos.

Vemos que suas poesias e canções, consagradas ao Senhor são cheias de revelação e profundidade, como por exemplo o Salmos 139, onde temos um profundo conhecimento da Onisciência, Onipresença e Onipotência de Deus.

É um servo de Deus admirável. Digno de ser imitado em seus acertos, e motivo de sabedoria no que se refere aos seus erros.

Se seguirmos os passos acertados de Davi, seremos muito felizes. Desfrutaremos de um relacionamento sincero com Deus e isso nos levará a lugares que nunca imaginamos.

O valor das últimas Palavras em 2 Samuel 23

As últimas palavras de homens de valor e bons são dignas de ser observadas e lembradas de uma forma notável.

Davi tomava nota delas, e as acrescentava aos seus Salmos ou às crônicas do seu domínio.

As palavras, sobretudo de 2 Samuel 23.5, ainda que registradas antes, ele repetia com frequência para seu próprio alívio, até o seu último fôlego de vida e, então, elas são chamadas de suas últimas palavras.

No momento em que vemos a morte se aproximando, deveríamos esforçar-nos em louvar a Deus e edificar aqueles que estão à nossa volta com nossas últimas palavras.

Os que dispõe de uma longa experiência da misericórdia de Deus e prazer na instrução, quando chegam ao fim do seu curso, deveriam deixar um arquivo dessa experiência e fé para a veracidade da Palavra de Deus.

Possuímos o registro das últimas palavras de Jacó e Moisés, e aqui, as de Davi, destinadas, como aquelas, a servir de patrimônio àqueles que seguirem suas vidas

Quem era Davi?

Davi era descendente de Jessé.

É bom que aqueles que são promovidos a ser pedras angulares e pedras principais sejam lembrados e, com regularidade, a lembrar-se a si mesmos, da rocha de no lugar em que foram cortados (Isaías 51.1).

Ele foi exaltado, como um amado de Deus, e indicado para propósito grande, grande como rei, para sentar-se em um lugar mais alto que seus vizinhos, e como profeta, para ver além.

O soberano Davi era ungido do Deus de Jacó e, dessa forma, frutífero para o arraial de Deus nos seus propósitos civis, para a proteção de seu país e a direção da justiça no meio deles.

Ele foi gracioso nos salmos de Israel, e dessa maneira era proveitoso a eles em sua prática religiosa. Ele escreveu os salmos, pôs as melodias, designou tanto os cantores como os instrumentos de canção, por meio dos quais as devoções de um povo justo eram despertadas e aprofundadas.

Perceba que o entoar dos salmos é uma ordenação agradável, profundamente prazerosa àqueles que se deleitam em louvar a Deus.

É um privilégio ser frutífero para a igreja em atitudes de amor e serviço para produzir a excelente e abençoadora obra de Deus.

A dispensação do Espírito Santo é cedida a cada homem para beneficiar-se dela e, então, que cada um administre aos demais a capacidade como o recebeu (1 Pedro 4.10).

SONY DSC

Sobre o Autor

Instagram:@diegonascimento316

YouTube: Canal do Jesus e a Bíblia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});