2 Samuel - Bíblia de Estudo Online

Em 2 Samuel 8 vemos o relato de muitas das batalhas de Davi e sua grandiosas vitórias. Ele era um rei chamado por Deus para a guerra, e em seus dias a terras do povo de Deus foram grandemente alargadas, ele tinha o objetivo de conquistar as terras prometidas a Abraão, em Gênesis 15.

Apesar de todo seu crescimento e prosperidade, Davi julgava as questões de seu povo com justiça e segundo a vontade de Deus, o que garantia um reino pacífico, onde todos tinham prazer de viver.

Cada um de nós deve estar atento a nossa vocação e nos dedicarmos inteiramente a ela. Davi não cometeu o erro de Saul, de querer oferecer sacrifícios em lugar do sacerdote, sempre se manteve submisso a hierarquia espiritual, e quando errou, no caso da Arca, foi provavelmente por falta de conhecimento, mas prontamente se arrependeu e mudou sua atitude.

O que se vê, em sua vida e em sua decisões, é um profundo desejo de agradar a Deus e adorá-lo. A forma como Davi ama ao Senhor, chega a ser impressionante.

Mesmo não desfrutando da presença do Espírito Santo, como nós, ele se entregou sem reservas, e o Senhor fez coisas extraordinárias em sua vida.

Esboço de 2 Samuel 8:

8.1 – 8: A vitórias de Davi

8.9 – 14: Davi conquista Edom

8.15 – 18: A corte de Davi

 

2 Samuel 8.1 – 8: A vitórias de Davi

1 Depois disso Davi derrotou os filisteus, subjugou-os, e tirou do controle deles Metegue-Amá.

2 Davi derrotou também os moabitas. Ele os fez deitar-se no chão e mandou que os medissem com ­uma corda; os moabitas que ficavam dentro das duas primeiras medidas da corda eram mortos, mas os que ficavam dentro da terceira eram poupados. Assim, os moabitas ficaram sujeitos a Davi, pagando-lhe impostos.

3 Além disso, Davi derrotou Hadadezer, filho de Reobe, rei de Zobá, quando Hadadezer tentava recuperar o controle na região do rio Eufrates.

4 Davi se apossou de mil dos seus carros de guerra, sete mil cavaleiros e vinte mil soldados de infantaria. Ainda levou cem cavalos de carros de guerra, e aleijou todos os outros.

5 Quando os arameus de Damasco vieram ajudar Hadadezer, rei de Zobá, Davi matou vinte e dois mil deles.

6 Em seguida estabeleceu guarnições militares no reino dos arameus de Damasco, sujeitando-os a lhe pagarem impostos. E o Senhor dava vitórias a Davi em todos os lugares aonde ia.

7 Davi também levou para Jerusalém os escudos de ouro usados pelos oficiais de Hadadezer.

8 De Tebá e Berotai, cidades que pertenciam a Hadadezer, o rei Davi levou grande quantidade de bronze.

2 Samuel 8.9 – 14: Davi conquista Edom

9 Quando Toú, rei de Hamate, soube que Davi tinha derrotado todo o exército de Hadadezer,

10 enviou seu filho Jorão ao rei Davi para saudá-lo e parabenizá-lo por sua vitória na batalha contra Hadadezer, que tinha estado em guerra contra Toú. E, com Jorão, mandou todo tipo de utensílios de prata, de ouro e de bronze.

11 O rei Davi consagrou esses utensílios ao Senhor, como fizera com a prata e com o ouro tomados de todas as nações que havia subjugado:

12 Edom e Moabe, os amonitas e os filisteus, e Amaleque. Também consagrou os bens tomados de Hadadezer, filho de Reobe, rei de Zobá.

13 Davi ficou ainda mais famoso ao retornar da batalha em que matou dezoito mil edomitas no vale do Sal.

14 Ele estabeleceu guarnições militares por todo o território de Edom, sujeitando todos os edomitas. O Senhor dava vitórias a Davi em todos os lugares aonde ia.

2 Samuel 8.15 – 18: A corte de Davi

15 Davi reinou sobre todo o Israel, administrando o direito e a justiça a todo o seu povo.

16 Joabe, filho de Zeruia, era comandante do exército; Josafá, filho de Ailude, era o arquivista real;

17 Zadoque, filho de Aitube, e Aimeleque, filho de Abiatar, eram sacerdotes; Seraías era secretário;

18 Benaia, filho de Joiada, comandava os queretitas e os peletitas; e os filhos de Davi eram sacerdotes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here