Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

2 Timóteo 2 Estudo: O Obreiro Aprovado Por Deus

Em 2 Timóteo 2, Paulo exorta Timóteo a dedicar-se inteiramente a prática do Evangelho de Jesus. Ele dá o exemplo do soldado, do atleta e do lavrador. Paulo mostra como estas três classes de pessoas, só recebem a recompensa mediante dedicação e trabalho árduo.

Ele prossegue falando sobre seu próprio sofrimento e como tem suportado tudo, por causa de Cristo e do Reino de Deus

Assim ele mostra que para Timóteo ser aprovado ele precisa dedicar-se ao conhecimento e a prática da Palavra de DeusEm seguida, ele distingue que em uma casa há vasos de honra e de desonra e como devemos glorificar a Deus.

Esboço de 2 Timóteo 2:

2 Timóteo 2.1 – 7: A dedicação devida ao Evangelho

2 Timóteo 2.8 – 13: Suportando tudo pelo Evangelho

2 Timóteo 2.14 – 19: O obreiro aprovado

2 Timóteo 2.20 – 26: Vasos de honra e vasos de desonra

 

Fortalecidos na Graça

“Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus. E as coisas que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar a outros”. (2 Timóteo 2.1,2)

Aqui Paulo encoraja Timóteo à constância e perseverança em seu trabalho: “fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus”. Aqueles que têm trabalho para fazer para Deus devem despertar-se a fazê-lo e fortalecer-se para isso.

Ser forte na graça que está em Cristo Jesus pode ser entendido em oposição à fragilidade da graça. Onde há a verdade da graça deve haver um trabalhar para alcançar a força da graça.

À medida que nossas provações aumentam, precisamos nos tornar mais fortes no que é bom: nossa fé mais forte, nossa resolução mais forte, nosso amor a Deus, e a Cristo, mais forte.

Ou, pode ser entendido em oposição a sermos fortes em nossas próprias forças: “Sejam fortes, não confiando em sua própria suficiência, mas na graça que está em Jesus Cristo”.

A Graça de Jesus Cristo

Compare com Efésios 6.10: “Fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder”. Quando Pedro prometeu antes morrer por Cristo a negá-lo, estava confiando em sua própria força. Se estivesse forte na graça que está em Cristo Jesus, lograria mais êxito.

Existe graça em Cristo Jesus; porque a lei foi dada por Moisés, mas a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo (João 1.17). Existe graça suficiente nele para todos nós.

Devemos ser fortes nessa graça; não em nós mesmos, em nossa própria força, ou na graça que já recebemos, mas na graça que está nele e que é o caminho para ser forte na graça.

Como um pai exorta seu filho, assim Paulo exorta Timóteo com grande ternura e afeição: “Tu, pois, meu filho, fortifica-te”, etc. Timóteo deve contar com sofrimentos, mesmo até o sangue, e, portanto, deve treinar outros a sucedê-lo no ministério do evangelho.

Ele deve instruir outros e treiná-los para o ministério, e, dessa forma, confiar-lhes as coisas que havia ouvido. Ele deve também ordená-los para o ministério, colocar o evangelho como um depósito nas mãos deles, e, assim, confiar-lhes as coisas que havia ouvido.

Fidelidade e Integridade

Timóteo deve prestar atenção em duas coisas ao ordenar ministros: a fidelidade e integridade deles, e também a habilidade ministerial deles.

Eles não devem ter conhecimento somente, mas ser capazes de também ensinar outros, e ser aptos a ensinar. Timóteo deveria confiar a outros o que tinha ouvido do apóstolo entre muitas testemunhas.

Ele deve entregar a outros apenas aquilo que Paulo entregara a ele e a outros, de acordo com o que havia recebido do Senhor Jesus Cristo.

Ele deveria confiar a eles esse evangelho como um depósito sagrado, que deveriam guardar e transmitir de maneira pura e incorrupta a outros.

Esses a quem ele deve confiar essas coisas devem ser fiéis, isto é, homens confiáveis, e idóneos para ensinar a outros. Embora os homens fossem fiéis e idôneos, ainda assim, essas coisas deviam ser confiadas a eles por Timóteo, um ministro, um homem com um cargo.

Porque ninguém deve introduzir-se no ministério, mas deve ter essas coisas confiadas a eles por aqueles que já estão exercendo esse ministério. (Henry, Matthew, Comentário de Atos a Apocalipse)

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Mônica Rosemary Matos Fabricio disse:

    Amém é benção poder ter pessoas que amam a Jesus e seus ensinamentos da palavra da verdade.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.