Apocalipse Estudo: Comentário Completo do Livro

Para quem João escreveu o livro de Apocalipse? E qual era seu propósito ao escrevê-lo? Essas duas perguntas são importantes, pois dizem respeito a todos os leitores do Apocalipse.

Os primeiros três capítulos do Apocalipse informam o leitor que Jesus se dirige aos membros das sete igrejas na província da Ásia: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodiceia. Mas as congregações de Colossos e Hierápolis (Cl 4.13) não são mencionadas, apesar de estarem localizadas na mesma região de Laodiceia.

Paulo passou algum tempo na cidade de Trôade (At 20.6; 2Co 2.12); no entanto, nenhuma das cartas se dirige a esse local. Cerca de duas décadas depois de João ter escrito o Apocalipse, Inácio de Antioquia escreveu cartas às igrejas estabelecidas de Trales e de Magnésia, na província da Ásia.

Acreditamos que essas igrejas já existiam perto do fim do século I°, mas elas não são mencionadas no Apocalipse.

Por que o Apocalipse se dirige a apenas sete igrejas?

Podemos apenas supor que as igrejas, às quais João enviou suas cartas, sejam representantes da igreja universal de Jesus Cristo. Quanto à sua localização, as sete igrejas formam um trajeto oval, a partir do qual muitas outras igrejas podiam ser alcançadas.

Em círculos cada vez maiores, a mensagem percorreu o mundo, não deixando nenhuma igreja de fora. O número sete simboliza completude e sugere que Jesus se dirige a todos os crentes cristãos em todos os lugares e tempos.

A mensagem do Apocalipse é para “todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro” (22.18). Além disso, todo aquele que lê e estuda esse livro é chamado abençoado (1.3).

Por fim, o repetido mandamento “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” se dirige a todos. Cada crente é incentivado a ouvir a voz de Jesus; e cada um que a ouve e a obedece receberá as bênçãos espirituais que Jesus prometeu.

Propósito de Apocalipse

O propósito do Apocalipse é o encorajamento e o consolo dos crentes em sua luta contra Satanás e sua coorte. O livro revela que nesse conflito entre Cristo e Satanás, Cristo é o vencedor e Satanás é o derrotado.

Mesmo que Satanás e seu exército lutem contra os santos na terra, que passam por sofrimento, opressão, perseguição e morte, Cristo é vitorioso. É Cristo que incentiva seu povo a resistir aos ataques do mal, pois os crentes também reinarão com Cristo e se assentarão com ele em seu trono (3.21).

Jesus estende seu consolo a todos os crentes, pois Deus vê suas lágrimas e as limpa (7.17; 21.4). Deus ouve suas orações e, respondendo a elas, mudará o rumo da História (8.3–4).

Os santos que morrem no Senhor serão abençoados, pois suas boas obras não são esquecidas (14.13). O sangue dos mártires será vingado (19.2); os santos vestidos com roupa branca estão presentes no casamento do Cordeiro (19.7–9); e eles reinarão com Cristo para todo o sempre (5.10; 22.5).

Apocalipse e o Julgamento Final

Portanto, esse livro de consolo dirige a atenção de todo crente para o julgamento do mundo e a vitória final da igreja. Embora Satanás se oponha à marcha do evangelho e ao crescimento da igreja no mundo todo, seu poder é limitado e finalmente chegará ao fim, quando ele e seus agentes forem lançados no lago de fogo (20.10).

Cristo conquistou a vitória para a sua igreja quando venceu as forças de Satanás e suas coortes. Consequentemente, a mensagem do Apocalipse é uma mensagem de esperança, pois Cristo, que venceu o mundo, vingará seus santos. Ele levará seu povo a um estado de bênção eterna, no qual ele será o noivo e eles serão sua noiva (19.1–9; 21.2, 9).

Capítulos de Apocalipse:

Capítulo 1: A Visão de Jesus Glorificado 

Capítulo 2: Carta à Éfeso, Esmirna, Pérgamo e Tiatira

Capítulo 3: Carta à Sardes, Filadélfia e Laodiceia

Capítulo 4: O Trono de Deus 

Capítulo 5: O Cordeiro de Deus

Capítulo 6: Os Seis Selos Abertos 

Capítulo 7: Os 144 Mil e a Grande Multidão

Capítulo 8: O Julgamento dos Ímpios 

Capítulo 9: Calamidade, Morte e Dor 

Capítulo 10: O Pequeno Rolo e Seu Propósito

Capítulo 11: As Duas Testemunhas

Capítulo 12: A Mulher e o Dragão 

Capítulo 13: A Marca da Besta

Capítulo 14: O Cordeiro e os Quatro Anjos

Capítulo 15: Os Sete Anjos e os Sete Flagelos

Capítulo 16: As Sete Taças do Julgamento de Deus 

Capítulo 17: A Derrota da Mulher e da Besta 

Capítulo 18: A Queda da Babilônia 

Capítulo 19: O Casamento do Cordeiro

Capítulo 20: Derrota de Satanás e o Juízo Final

Capítulo 21: A Nova Jerusalém

Capítulo 22: A Árvore da Vida e o Novo Gênesis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here