Bíblia de Estudo Online

Atos 15 Estudo: Deveres dos Cristãos Gentios

Atos 15.1 – 6: Com o passar do tempo e o crescimento naturalmente começaram a surgir os conflitos. O primeiro deles consequência da conversão dos judeus.

A igreja agora não é mais um povo, ela é universal, porém os cristãos judeus começaram a pregar por conta própria que a salvação só estaria completa após a circuncisão.

Isso naturalmente gerou uma grande confusão. Para resolver os apóstolos se reuniram em Jerusalém para discutir a questão.

Atos 15.7- 11: O parecer de Pedro diante da questão é de que a circuncisão é algo totalmente irrelevante após a morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Pedro argumenta que agora somos salvos pela graça de Deus, ou seja, não há mais nada que possamos fazer, além de crer em Jesus que seja capaz de nos salvar.

Atos 15.12 – 21: Tiago irmão do Senhor Jesus concorda com Pedro, e diz que é desnecessário impor o pesado julgo da Lei aos gentios.

Porém, ele diz que é necessário eles observarem algumas regras: “Que se abstenham de comida sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da imoralidade sexual. Vocês farão bem em evitar essas coisas”.

Estas são recomendações que ainda hoje devemos guardar.

Atos 15.22 – 32: Após o parecer dos apóstolos e o testemunho de Paulo e Barnabé entre os gentios, os apóstolos de Jerusalém dirigidos pelo Espírito Santo, enviaram novamente os missionários a Antioquia.

O objetivo era mostrar o parecer dos apóstolos com relação aos gentios e falar da alegria da Igreja em ouvir como o evangelho estava crescendo entre os gentios.

Atos 15.33 – 41: Tendo passado algum tempo ministrando em Antioquia, Paulo sentiu a necessidade de fazer uma viagem visitando as igrejas para ver como elas estavam.

Barnabé achou a ideia fantástica, mas queria levar João Marcos com eles. Paulo por sua vez, não havia esquecido o episódio em que João Marcos os abandonou no meio da viagem. Os apóstolos não entraram em um consenso e acabaram se separando.

Eu aprendo muito com este trecho bíblico. Paulo e Barnabé são dois cristãos fenomenais, maduros, cheios do Espírito Santo, sensíveis a Deus, mas ainda assim são seres humanos. Nenhum dos dois quis ceder.

Não importa o quão espiritual nós somos, algumas das nossas decisões serão o retrato da nossa humanidade e nada mais.

Por isso precisamos suplicar a Deus misericórdia e força, para que não caiamos em tentação. (Ver Atos 14 Estudo)

Esboço de Atos 15:

15.1 – 6: Os judaizantes e a circuncisão

15.7- 11: O parecer de Pedro

15.12 – 21: Os deveres dos cristãos gentios

15.22 – 32: Paulo e Barnabé retornam a Antioquia

15.33 – 41: O desentendimento de Paulo e Barnabé

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.