Atos 7.1 – 50: Em sua defesa, Estevão começa a discorrer sobre a história dos israelitas desde Abraão e as promessas de Deus feitas a ele.

Ele vai mostrando o propósito de Deus em Israel ao longo do tempo como nação e a promessa do surgimento do Messias.

Neste ponto ele destaca a dureza do coração do povo no passado e no presente, e os acusa de assassinar a todos os mensageiros que Deus levantou para lhes anunciar sua vontade.

Atos 7.51 – 56: Durante sua pregação a glória de Deus vem sobre Estevão e ele vê os céus abertos. Nisto lhe são revelados o trono de Deus e Jesus Cristo está em pé a direita de Deus.

Atos 7.57 – 60: Diante das palavras de Estevão os judeus ficaram completamente escandalizados e ensandecidos. Eles acusaram Estevão de blasfêmia e começaram a apedrejá-lo.

A atitude de estevão diante do ato é a mesma do Senhor Jesus Cristo, ele suplica ao Senhor que perdoe aqueles que tiram sua vida. (Ver Atos 6 Estudo)

 

Esboço de Atos 7:

7.1 – 8: Estevão fala sobre Abraão

7.9 – 19: Estevão fala sobre José no Egito

7.20 – 29: O nascimento de Moisés

7.30 – 37: A vocação de Moisés

7.38 – 43: Estevão fala sobre a obstinação dos hebreus

7.44 – 50: Estevão fala da aliança de Deus com Davi

7.51 – 56: Estevão vê a glória de Deus

7.57 – 60: Estevão é assassinado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here