Bíblia de Estudo Online

Colossenses 4 Estudo: Oração é a Chave Para Crescer

Em Colossenses 4, Paulo fala sobre o relacionamento com os escravos e a importância da oração para a expansão do Evangelho.

Mais uma vez, reforça a questão do comportamento diante dos perdidos, e sobre como isso é importante para conduzi-los a CristoEle encerra, com recomendações aos irmãos e pedindo que não o esqueçam nas orações.

Esboço de Colossenses 4:

Colossenses 4.1 – 4: Escravos, oração e a pregação da palavra

Colossenses 4.5,6: O testemunho e o relacionamento com os perdidos

Colossenses 4.7 – 15: Recomendações finais

 

Os Deveres Domésticos

“Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos. Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem, a fim de que possamos proclamar o mistério de Cristo, pelo qual estou preso. Orem para que eu possa manifestá-lo abertamente, como me cumpre fazê-lo”. (Colossenses 4.2-4)

O apóstolo continua com o dever dos senhores e seus servos, que poderia ter sido acrescentado ao capítulo anterior, pelo fato de fazer parte daquele discurso.

Observe aqui: requer-se justiça dos senhores: fazei o que for de justiça e equidade a vossos servos, não somente uma justiça estrita, mas equidade e bondade.

Permaneçam fiéis às suas promessas e cumpram seus pactos, não defraudando-os nos seus direitos, nem retendo por fraude o salário dos trabalhadores (Tiago 5.4).

Não exijam mais deles do que são capazes de realizar e não coloquem cargas desmedidas sobre eles e além das suas forças.

Providenciem aquilo que é justo, supram o alimento e remédio adequado e permitam que tenham tal liberdade para que façam o serviço deles com alegria, tornando a vida deles mais fácil, apesar de terem a posição mais desprezível e inferior e serem de um outro país e de religião diferente.

Um Senhor no Céu

Uma boa razão para essa consideração: “Sabendo que também tendes um Senhor nos céus. Vós que sois senhores de outros sabei que também tendes um Senhor, e sois servos dele.

Vós não sois senhores de vós mesmos, e precisais prestar contas a alguém acima de vós. Tratai os vossos servos como esperais serdes tratados por Deus, e como aqueles que sabem que precisam prestar contas.

Ambos sois servos do mesmo Senhor em diferentes relacionamentos nos quais vos encontrais, e sois igualmente responsáveis a Ele.

Sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu e que para com ele não há acepção de pessoas” (Efésios 6.9).

Exortações Apostólicas

Se este texto tem alguma ligação com o versículo anterior, então podemos entender que ele faz parte do dever que os senhores tinham para com seus servos, ou seja, de orar com eles, e de orar diariamente com eles, ou perseverar em oração.

Eles não somente devem agir de maneira justa e bondosa, mas agir de forma cristã e estar interessados na alma deles, bem como nos seus corpos:

“Como parte da obrigação de vocês e debaixo da influência de vocês, preocupem-se com a bênção de Deus sobre eles, bem como com o sucesso dos seus negócios que estão nas mãos deles”.

E este é o dever de todos – perseverar em oração.

“Mantenham seus constantes momentos de oração, sem serem distraídos por outros afazeres; mantenham seu coração intimamente ligado ao dever, sem vaguear ou se tornar indiferente, até o fim: velando nela. ”

Os cristãos deveriam aproveitar todas as oportunidades de oração e escolher os momentos mais oportunos, em que são menos propensos a ser perturbados por outras coisas, e manter sua mente ativa nos seus afazeres. Com ação de graças, ou um reconhecimento solene das misericórdias recebidas.

“Orando também juntamente por nós”. As pessoas devem orar especificamente pelos seus ministros e levá-los constantemente ao trono da graça. (Henry, Matthew, Comentário de Atos a Apocalipse)

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.