Deuteronômio - Bíblia de Estudo Online

Neste momento em seu discurso, Moisés passou do tema da longevidade na terra para a conquista bem-sucedida da terra (Deuteronômio 11:22-25). O povo devia amar o SENHOR (cf. 6: 5).

A obediência aos comandos específicos era essencialmente uma expressão do amor de um ser humano por Deus (cf. 11: 1). E fidelidade consistente a Ele (apegar-se a Ele) era uma evidência de amor.

Em troca de sua obediência, o Senhor concederia a Israel o sucesso sobrenatural contra os exércitos inimigos superiores (maiores e mais fortes). Ele colocaria um terror e medo em seus inimigos para que eles não pudessem lutar com sucesso contra Israel.

Raabe disse aos espias: “Eu sei que o SENHOR te deu esta terra e que grande temor de ti caiu sobre nós” (Josué 2: 9), é um exemplo do cumprimento desta promessa (cf. Êxodo 15: 15-16; Deuteronômio 2:25; 28:10; Josué 2:11, 24; 5: 1).

Se Israel continuasse a obedecer fielmente a Deus, suas fronteiras teriam sido ampliadas (Dt 11:24) para cumprir a promessa feita a Abraão (Gn 15:18). Mas por causa da desobediência de Israel, o cumprimento de toda a promessa de terra ainda é futuro. 

Para detalhes, veja os comentários nos capítulos 27–28. Os versículos 26–32 do capítulo 11 formam uma conclusão apropriada para essa seção do discurso de Moisés. Mais uma vez ele enfatizou que a história de Israel seria determinada por seu relacionamento ético com o Senhor. (1)

Esboço de Deuteronômio 11:

11.1 – 7: Chamado à obediência

11.8 – 17: Ame e sirva de todo-coração

11.18 – 25: Ensinem a seus filhos

11.26 – 32: A benção e a maldição 

 

Deuteronômio 11.1 – 7: Chamado à obediência

1 Amem o Senhor, o seu Deus e obedeçam sempre aos seus preceitos, aos seus decretos, às suas ordenanças e aos seus mandamentos.

2 Lembrem-se hoje de que não foram os seus filhos que experimentaram e viram a disciplina do Senhor, o seu Deus, a sua majestade, a sua mão poderosa, o seu braço forte.

3 Vocês viram os sinais que ele realizou e tudo o que fez no coração do Egito, tanto com o faraó, rei do Egito, quanto com toda a sua terra;

4 o que fez com o exército egípcio, com os seus cavalos e carros, como os surpreendeu com as águas do mar Vermelho, quando estavam perseguindo vocês, e como o Senhor os destruiu para sempre.

5 Vocês também viram o que ele fez por vocês no deserto até chegarem a este lugar,

6 e o que fez a Datã e a Abirão, filhos de Eliabe, da tribo de Rúben, quando a terra abriu a boca no meio de todo o Israel e os engoliu com suas famílias, suas tendas e tudo o que lhes pertencia.

7 Vocês mesmos viram com os seus próprios olhos todas essas coisas grandiosas que o Senhor fez.

Deuteronômio 11.8 – 17: Ame e sirva de todo-coração

8 Obedeçam, portanto, a toda a lei que hoje lhes estou dando, para que tenham forças para invadir e conquistar a terra para onde estão indo,

9 e para que vivam muito tempo na terra que o Senhor jurou dar aos seus antepassados e aos descendentes deles, terra onde há leite e mel com fartura.

10 A terra da qual vocês vão tomar posse não é como a terra do Egito, de onde vocês vieram e onde plantavam as sementes e tinham que fazer a irrigação a pé, como numa horta.

11 Mas a terra em que vocês, atravessando o Jordão, vão entrar para dela tomar posse, é terra de montes e vales, que bebe chuva do céu.

12 É uma terra da qual o Senhor, o seu Deus, cuida; os olhos do Senhor, o seu Deus, estão continuamente sobre ela, do início ao fim do ano.

13 Portanto, se vocês obedecerem fielmente aos mandamentos que hoje lhes dou, amando o Senhor, o seu Deus, e servindo-o de todo o coração e de toda a alma,

14 então, no devido tempo, enviarei chuva sobre a sua terra, chuva de outono e de primavera, para que vocês recolham o seu cereal, e tenham vinho novo e azeite.

15 Ela dará pasto nos campos para os seus rebanhos, e quanto a vocês, terão o que comer e ficarão satisfeitos.

16 Por isso, tenham cuidado para não serem enganados e levados a desviar-se para adorar outros deuses e a prostrar-se perante eles.

17 Caso contrário, a ira do Senhor se acenderá contra vocês e ele fechará o céu para que não chova e para que a terra nada produza, e assim vocês logo desaparecerão da boa terra que o Senhor lhes está dando.

Deuteronômio 11.18 – 25: Ensinem a seus filhos

18 Gravem estas minhas palavras no coração e na mente; amarrem-nas como sinal nas mãos e prendam-nas na testa.

19 Ensinem-nas a seus filhos, conversando a respeito delas quando estiverem sentados em casa e quando estiverem ­andando pelo caminho, quando se deitarem e quando se levantarem.

20 Escrevam-nas nos batentes das portas de suas casas, e nos seus portões,

21 para que, na terra que o Senhor jurou que daria aos seus antepassados, os seus dias e os dias dos seus filhos sejam muitos, sejam tantos como os dias durante os quais o céu está acima da terra.

22 Se vocês obedecerem a todos os mandamentos que lhes mando cumprir, amando o Senhor, o seu Deus, andando em todos os seus caminhos e apegando-se a ele,

23 então o Senhor expulsará todas essas nações da presença de vocês, e vocês despojarão nações maiores e mais fortes do que vocês.

24 Todo lugar onde vocês puserem os pés será de vocês. O seu território se estenderá do deserto do Líbano e do rio Eufrates ao mar Ocidental.

25 Nin­guém conseguirá resisti-los. O Senhor, o seu Deus, conforme lhes prometeu, trará pavor e medo de vocês a todos os povos daquela terra, aonde quer que vocês forem.

Deuteronômio 11.26 – 32: A benção e a maldição

26 Prestem atenção! Hoje estou pondo diante de vocês a bênção e a maldição.

27 Vocês terão bênção, se obedecerem aos mandamentos do Senhor, o seu Deus, que hoje lhes estou dando;

28 mas terão maldição, se desobedecerem aos mandamentos do Senhor, o seu Deus, e se afastarem do caminho que hoje lhes ordeno, para seguir deuses desconhecidos.

29 Quando o Senhor, o seu Deus, os tiver levado para a terra da qual vão tomar posse, vocês terão que proclamar a bênção no monte Gerizim, e a maldição no monte Ebal.

30 Como sabem, esses montes estão do outro lado do Jordão, a oeste da estrada, na direção do poente, perto dos carvalhos de Moré, no território dos cananeus que vivem na Arabá, próximos de Gilgal.

31 Vocês estão a ponto de atravessar o Jordão e de tomar posse da terra que o Senhor, o seu Deus, lhes está dando. Quando vocês a tiverem conquistado e estiverem vivendo nela,

32 tenham o cuidado de obedecer a todos os decretos e ordenanças que hoje estou dando a vocês.

 

Referências:

Deere, J. S. (1985). Deuteronomy. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 283). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here