Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Deuteronômio 16 Estudo: A Remissão Anual

Deuteronômio 16 Estudo: A Remissão Anual

Em Deuteronômio 16 vemos a citação de três, das sete festas anuais de Israel. Em Levítico 23 todas as festas são listadas, bem como seu propósito simbólico para os nossos dias. A citação dessas três festas possui alguns objetivos:

  1. Recordação – o povo deveria trazer, anualmente à memória, os feitos do Senhor na saída do Egito, isso era feito na Páscoa. A grande salvação operada por Deus naqueles dias não pode ser esquecida, assim como os feitos do Senhor em nossa vida por intermédio de Cristo. Sendo assim, a Páscoa cristã é também um memorial importante da bondade e da graça de Deus que não pode ser esquecido.
  2. Expiação – a morte do cordeiro deveria trazer à memória do povo a imensa necessidade de perdão e de expiação, isto é, alguém que levasse sobre si as suas culpas. Da mesma forma, acontece em nossos dias. Durante a Santa Ceia, quando participamos do cálice, estamos dizendo ao Senhor que reconhecemos a necessidade de perdão e expiação, e que ambas nos foram dadas em Cristo.
  3. Santificação – Perceba que estes sacrifícios deveria ser oferecidos sem fermento, mostrando que a santidade convém a família de Deus. Da mesma forma, nos devemos seguir a santificação e a honra, sem a qual ninguém verá ao Senhor (Hebreus 12:14).
  4. Local único de adoração – A Israel estava proibido adorar em todos os lugares, eles deveriam consagrar um local único de adoração e ali, invocar o Nome do Senhor. Em nossos dias, esse local único de adoração é o Nome de Jesus.
  5. Alegria – Durante estas festas o povo deveria se alegrar em Deus, com regozijo, júbilo, danças, enfim, era um momento de celebração. Servimos a um Deus alegre, animado e feliz, devemos nos também escolher este caminho.
  6. Comunhão – Visto que a alegria era contagiante, era um momento que produzia muita comunhão entre os israelitas. As classes sociais eram esquecidas e todos: pobres, viúvas, órfãos e ricos, celebravam juntos e comiam alegremente da mesma mesa, diante do Senhor. Vemos a mesma figura na Santa Ceia, onde todos os cristãos comem juntos e participam do corpo e do sangue do Senhor.
  7. Pensamento nas coisas do alto – Enquanto estavam envolvidos com as celebrações do Senhor, o pensamento do israelita estava voltado para aquilo que agrada a Deus e o satisfaz. Da mesma forma deve ser conosco e ainda mais intenso, pois o nosso culto deve ser constante, dessa forma, nosso pensamento deve estar firmado no Senhor.

Esboço de Deuteronômio 16:

16.1 – 17: A remissão anual

16.18 – 22: Administração da justiça 

 

Deuteronômio 16.1 – 17: A remissão anual

1 Observem o mês de abibe e celebrem a Páscoa do Senhor, o seu Deus, pois no mês de abibe, de noite, ele os tirou do Egito.

2 Ofereçam como sacrifício da Páscoa ao Senhor, o seu Deus, um animal dos rebanhos de bois ou de ovelhas, no local que o Senhor escolher para habitação do seu Nome.

3 Não o comam com pão fermentado, mas durante sete dias comam pães sem fermento, o pão da aflição, pois foi às pressas que vocês saíram do Egito, para que todos os dias da sua vida vocês se lembrem da época em que saíram do Egito.

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

4 Durante sete dias não permitam que seja encontrado fermento com vocês em toda a sua terra. Tampouco permitam que alguma carne sacrificada à tarde do primeiro dia permaneça até a manhã seguinte.

5 Não ofereçam o sacrifício da Páscoa em nenhuma das cidades que o Senhor, o seu Deus, lhes der;

6 sacrifiquem-na apenas no local que ele escolher para habitação do seu Nome. Ali vocês oferecerão o sacrifício da Páscoa à tarde, ao pôr-do-sol, na data da sua partida do Egito.

7 Vocês cozinharão a carne do animal e a comerão no local que o Senhor, o seu Deus, escolher. E, pela manhã, cada um de vocês voltará para a sua tenda.

8 Durante seis dias comam pão sem fermento, e no sétimo dia façam uma assembléia em honra ao Senhor, o seu Deus; não façam trabalho algum.

9 Contem sete semanas a partir da época em que vocês começarem a colheita do cereal.

10 Celebrem então a festa das semanas ao Senhor, o seu Deus, e tragam uma oferta voluntária conforme às bênçãos recebidas do Senhor, o seu Deus.

11 E alegrem-se perante o Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher para habitação do seu Nome, junto com os seus filhos e as suas filhas, os seus servos e as suas servas, os levitas que vivem na sua cidade, os estrangeiros, os órfãos e as viúvas que vivem com vocês.

12 Lembrem-se de que vocês foram escravos no Egito e obedeçam fielmente a estes decretos.

13 Celebrem também a festa das cabanas durante sete dias, depois que ajuntarem o produto da eira e do tanque de prensar uvas.

14 Alegrem-se nessa festa com os seus filhos e as suas filhas, os seus servos e as suas servas, os levitas, os estrangeiros, os órfãos e as viúvas que vivem na sua cidade.

15 Durante sete dias celebrem a festa, dedicada ao Senhor, o seu Deus, no local que o Senhor escolher. Pois o Senhor, o seu Deus, os abençoará em toda a sua colheita e em todo o trabalho de suas mãos, e a sua alegria será completa.

16 Três vezes por ano todos os seus homens se apresentarão ao Senhor, o seu Deus, no local que ele escolher, por ocasião da festa dos pães sem fermento, da festa das semanas e da festa das cabanas. Nenhum deles deverá apresentar-se ao Senhor de mãos vazias:

17 cada um de vocês trará uma dádiva conforme as bênçãos recebidas do Senhor, o seu Deus.

Deuteronômio 16.18 – 22: Administração da justiça

18 Nomeiem juízes e oficiais para cada uma de suas tribos em todas as cidades que o Senhor, o seu Deus, lhes dá, para que eles julguem o povo com justiça.

19 Não pervertam a justiça nem mostrem parcialidade. Não aceitem suborno, pois o suborno cega até os sábios e prejudica a causa dos justos.

20 Sigam única e exclusivamente a justiça, para que tenham vida e tomem posse da terra que o Senhor, o seu Deus, lhes dá.

21 Não ergam nenhum poste sagrado além do altar que construírem em honra ao Senhor, o seu Deus,

22 e não levantem nenhuma coluna sagrada, pois isto é detestável para o Senhor, o seu Deus.

Sobre o autor | Website

ME SIGA NO INSTAGRAM: @diegonascimento316 INSCREVA-SE em meu Canal do YouTube: https://www.youtube.com/jesuseabibliaoficial

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});