Deuteronômio - Bíblia de Estudo Online

Em contraste com a magia negra dos adivinhos, bruxas e espíritas cananeus, os israelitas deviam ouvir o profeta do Senhor (Deuteronômio 18:15-19). Os israelitas podiam ter certeza de que uma “linhagem de profetas” seguiria em sucessão depois de Moisés, por causa de seu pedido original em Horebe (Sinai), que Deus lhes falasse através de Moisés como mediador (cf. 5: 23-27).

Cada profeta que Deus levantaria seria um israelita, e porque o verdadeiro profeta falaria apenas as palavras do SENHOR, o povo era obrigado a obedecer (escutar) aquelas palavras.

O profeta final como Moisés (18: 15,18) é Jesus Cristo – aquele que falou as palavras de Deus e que provê libertação para o Seu povo. Nem mesmo Josué poderia ser comparado a Moisés, pois desde de Moisés “nenhum profeta se levantou em Israel como” ele (34:10) com tal poder diante dos homens e intimidade com Deus.

Por mais distinto que o futuro papel de um profeta pudesse estar em Israel, nenhum seria como Moisés até que o Mediador da Nova Aliança, Jesus Cristo, viesse. Moisés estabeleceu o padrão para todo futuro profeta.

Cada profeta deveria fazer o melhor que pudesse para viver de acordo com o exemplo de Moisés até que chegasse Aquele que introduzisse a Nova Aliança.

Durante o primeiro século d.C, os líderes oficiais do judaísmo ainda estavam procurando o cumprimento da previsão de Moisés (cf. João 1:21). Pedro disse que a busca deles deveria ter parado com o Senhor Jesus (Atos 3:22–23).

(Outras previsões precoces e claras do Messias podem ser encontradas em Gn 49:10-12; Nm 24:17-19). (1)

Esboço de Deuteronômio 18:

18.1 – 8: O sustento dos levitas

18.9 – 14: Os costumes idólatras dos cananeus

18.15 – 18: O Grande Profeta

18.19 – 22: Os falsos profetas 

 

Deuteronômio 18.1 – 8: O sustento dos levitas

1 Os sacerdotes levitas e todo o restante da tribo de Levi não terão posse nem herança em Israel. Viverão das ofertas sacrificadas para o Senhor, preparadas no fogo, pois esta é a sua herança.

2 Não terão herança alguma entre os seus compatriotas; o Senhor é a sua herança, conforme lhes prometeu.

3 Quando o povo sacrificar um novilho ou uma ovelha, os sacerdotes receberão a porção devida: a espádua, a queixada e o estômago.

4 Vocês terão que dar-lhes as primícias do trigo, do vinho e do azeite, e a primeira lã da tosquia das ovelhas,

5 pois, de todas as tribos, o Senhor, o seu Deus, escolheu os levitas e os seus descendentes para estarem na presença do Senhor e para ministrarem sempre em seu nome.

6 Se um levita que estiver morando em qualquer cidade de Israel desejar ir ao local escolhido pelo Senhor,

7 poderá ministrar em nome do Senhor, o seu Deus, à semelhança de todos os outros levitas que ali servem na presença do Senhor.

8 Ele receberá uma porção de alimento igual à dos outros levitas; além disso, ficará com o que receber com a venda dos bens da sua família.

Deuteronômio 18.9 – 14: Os costumes idólatras dos cananeus

9 Quando entrarem na terra que o Senhor, o seu Deus, lhes dá, não procurem imitar as coisas repugnantes que as nações de lá praticam.

10 Não permitam que se ache alguém entre vocês que queime em sacrifício o seu filho ou a sua filha; que pratique adivinhação, ou se dedique à magia, ou faça presságios, ou pratique feitiçaria

11 ou faça encantamentos; que seja médium, consulte os espíritos ou consulte os mortos.

12 O Senhor tem repugnância por quem pratica essas coisas, e é por causa dessas abominações que o Senhor, o seu Deus, vai expulsar aquelas nações da presença de vocês.

13 Permaneçam inculpáveis perante o Senhor, o seu Deus.

14 As nações que vocês vão expulsar dão ouvidos aos que praticam magia e adivinhação. Mas, a vocês, o Senhor, o seu Deus, não permitiu tais práticas.

Deuteronômio 18.15 – 18: O Grande Profeta

15 O Senhor, o seu Deus, levantará do meio de seus próprios irmãos um profeta como eu; ouçam-no.

16 Pois foi isso que pediram ao Senhor, o seu Deus, em Horebe, no dia em que se reuniram, quando disseram: “Não queremos ouvir a voz do Senhor, do nosso Deus, nem ver o seu grande fogo, senão morreremos!”

17 O Senhor me disse: “Eles têm razão!

18 Levantarei do meio dos seus irmãos um profeta como você; porei minhas palavras na sua boca, e ele lhes dirá tudo o que eu lhe ordenar.

Deuteronômio 18.19 – 22: Os falsos profetas

19 Se alguém não ouvir as minhas palavras, que o profeta falará em meu nome, eu mesmo lhe pedirei contas.

20 Mas o profeta que ousar falar em meu nome alguma coisa que não lhe ordenei, ou que falar em nome de outros deuses, terá que ser morto”.

21 Mas talvez vocês perguntem a si mesmos: “Como saberemos se uma mensagem não vem do Senhor?”

22 Se o que o profeta proclamar em nome do Senhor não acontecer nem se cumprir, essa mensagem não vem do Senhor. Aque­le profeta falou com presunção. Não tenham medo dele.

 

Referências:

Deere, J. S. (1985). Deuteronomy. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 296–297). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here