Deuteronômio - Bíblia de Estudo Online

As sete nações mencionadas aqui (Deuteronômio 7:1–2), são representastes dos habitantes da terra de Canaã (cf. Gn 15:19-21). Deus listou seis dessas sete nações em Seu chamado a Moisés (Êxodo 3:17), todas exceto os girgaseus, que (como os hititas, amorreus e jebuseus) eram descendentes de Canaã (Gênesis 10: 15–16).

O ponto de Deuteronômio 7:1–2 é que Israel deveria destruir todas as nações dentro das fronteiras de Canaã. A ordem para destruí-los totalmente, isto é, homens, mulheres e crianças, tem sido frequentemente considerada antiética para um Deus amoroso.

Por quê eles deveriam ser destruídos?

Primeiro, eles mereciam morrer por seus pecados (9:4–5). Estudos de sua religião, literatura e restos arqueológicos revelam que eles eram a cultura mais moralmente depravada na terra naquele tempo.

Em segundo lugar, eles persistiram em seu ódio a Deus (7:10). Se eles tivessem se arrependido, Deus os teria poupado como poupou os ninivitas que se arrependiam mediante a pregação de Jonas. No entanto, o arrependimento parecia estar fora de questão para essas pessoas.

Terceiro, os cananeus constituíam um câncer moral (cf. 20:17-18; Núm. 33:55; Josué 23: 12-13) e até um deles – até mesmo uma criança deixada viva – tinha o potencial de introduzir uma idolatria e imoralidade que se espalharia rapidamente entre os israelitas e provocaria a destruição do próprio povo de Deus.

Quarto, dois fatores atenuantes podem ser mencionados. De certa forma, a morte de uma criança cananéia poderia ter sido uma bênção. Pois se a criança morresse antes de atingir a idade da responsabilidade, é provável que seu destino eterno estivesse seguro no céu.

O segundo fator a ser lembrado é que um dia Jesus Cristo voltará a matar os impenitentes ímpios na terra (embora nada seja dito sobre Seus filhos que matam), e que a “guerra santa” fará a guerra santa de Israel parecer pálida em comparação (2 Ts 2: 5-10; Apocalipse 19: 11-21).

Portanto, não há dicotomia entre o Deus do Antigo Testamento e o Deus do Novo Testamento. Em ambos os testamentos, Ele é revelado como um Deus amoroso e justo.

A ordem para se engajar na guerra santa não é, naturalmente, aplicável hoje, porque no momento atual Deus não está trabalhando através de uma nação para estabelecer Seu reino na terra.

Mas os cristãos de hoje devem aprender com essa ordem que devem ser tão cruéis com o pecado em suas próprias vidas, quanto Israel deveria ter sido contra os cananeus. (1)

Esboço de Deuteronômio 7:

7.1 – 11: Advertência contra a idolatria

7.12 – 26: Obediência e fidelidade 

 

Deuteronômio 7.1 – 11: Advertência contra a idolatria

1 Quando o Senhor, o seu Deus, os fizer entrar na terra, para a qual vocês estão indo para dela tomarem posse, ele expulsará de diante de vocês muitas nações: os hititas, os girgaseus, os amorreus, os cananeus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus. São sete nações maiores e mais fortes do que vocês;

2 e quando o Senhor, o seu Deus, as tiver dado a vocês, e vocês as tiverem derrotado, então vocês as destruirão totalmente. Não façam com elas tratado algum, e não tenham piedade delas.

3 Não se casem com pes­soas de lá. Não deem suas filhas aos filhos delas, nem tomem as filhas delas para os seus filhos,

4 pois elas desviariam seus filhos de seguir-me para servir a outros deuses e, por causa disso, a ira do Senhor se acenderia contra vocês e rapidamente os destruiria.

5 Assim vocês tratarão essas nações: derrubem os seus altares, quebrem as suas colunas sagradas, cortem os seus postes sagrados e queimem os seus ídolos.

6 Pois vocês são um povo santo para o Senhor, o seu Deus. O Senhor, o seu Deus, os escolheu dentre todos os povos da face da terra para ser o seu povo, o seu tesouro pessoal.

7 O Senhor não se afeiçoou a vocês nem os escolheu por serem mais numerosos do que os outros povos, pois vocês eram o menor de todos os povos.

8 Mas foi porque o Senhor os amou e por causa do juramento que fez aos seus antepassados. Por isso ele os tirou com mão poderosa e os redimiu da terra da escravidão, do poder do faraó, rei do Egito.

9 Saibam, portanto, que o Senhor, o seu Deus, é Deus; ele é o Deus fiel, que mantém a aliança e a bondade por mil gerações daqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos.

10 Mas àqueles que o desprezam, retribuirá com destruição; ele não demora em retribuir àqueles que o desprezam.

11 Obedeçam, pois, à lei, isto é, aos decretos e às ordenanças que hoje lhes ordeno.

Deuteronômio 7.12 – 26: Obediência e fidelidade

12 Se vocês obedecerem a essas ordenanças, as guardarem e as cumprirem, então o Senhor, o seu Deus, manterá com vocês a aliança e a bondade que prometeu sob juramento aos seus antepassados.

13 Ele os amará, os abençoará e fará com que vocês se multipliquem. Ele abençoará os seus filhos e os frutos da sua terra: o cereal, o vinho novo e o azeite, as crias das vacas e das ovelhas, na terra que aos seus antepassados jurou dar a vocês.

14 Vocês serão mais abençoados do que qualquer outro povo! Nenhum dos seus homens ou mulheres será estéril, nem mesmo os animais do seu rebanho.

15 O Senhor os guardará de todas as doenças. Não infligirá a vocês as doenças terríveis que, como sabem, atingiram o Egito, mas as infligirá a todos os seus inimigos.

16 Vocês destruirão todos os povos que o Senhor, o seu Deus, lhes entregar. Não olhem com piedade para eles, nem sirvam aos seus deuses, pois isso lhes seria uma armadilha.

17 Talvez vocês digam a si mesmos: “Essas nações são mais fortes do que nós. Como poderemos expulsá-las?”

18 Não tenham medo delas! Lembrem-se bem do que o Senhor, o seu Deus, fez ao faraó e a todo o Egito.

19 Vocês viram com os seus próprios olhos as grandes provas, os sinais miraculosos e as maravilhas, a mão poderosa e o braço forte com que o Senhor, o seu Deus, os tirou de lá. O Senhor, o seu Deus, fará o mesmo com todos os povos que agora vocês temem.

20 Além disso, o Senhor, o seu Deus, causará pânico entre eles até destruir o restante deles, os que se esconderem de vocês.

21 Não fiquem apavorados por causa deles, pois o Senhor, o seu Deus, que está com vocês, é Deus grande e temível.

22 O Senhor, o seu De­us, expulsará, aos poucos, essas nações de diante de vocês. Vocês não deverão eliminá-las de uma só vez, se não os animais selvagens se multiplicarão, ameaçando-os.

23 Mas o Senhor, o seu Deus, as entregará a vocês, lançando-as em grande confusão, até que sejam destruídas.

24 Ele entregará nas mãos de vocês os reis dessas na­ções, e vocês apagarão o nome deles de debaixo do céu. Ninguém conseguirá resistir a vocês até que os tenham destruído.

25 Vocês queimarão as imagens dos deuses dessas nações. Não cobicem a prata e o ouro de que são revestidas; isso lhes seria uma armadilha. Para o Senhor, o seu Deus, isso é detestável.

26 Não levem coisa alguma que seja detestável para dentro de casa, se não também vocês serão separados para a destruição. Considerem tudo isso proibido e detestem-no totalmente, pois está separado para a destruição.

 

Referências:

Deere, J. S. (1985). Deuteronomy. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 275–276). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here