Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Eclesiastes 10 Estudo: Deveres dos Príncipes e Súditos

Eclesiastes 10 parece assemelhar-se aos provérbios de Salomão, uma coleção de ditos e observações sábias, mais do que a uma parte do seu sermão. Mas o pregador estudou para ser judicioso, e “colocar em ordem muitos provérbios”, para trazê-los às suas pregações.

Contudo, o escopo geral de todas as observações neste capítulo é recomendar-nos a sabedoria, e seus preceitos e regras, como de grande utilidade para a ordem correta da nossa conversação e para advertir-nos conta a loucura.

Ele recomenda sabedoria às pessoas reservadas, que estão em uma posição inferior. É nossa sabedoria preservar a nossa reputação, administrando os nossos negócios com destreza, v.v. 1-3.

Ser submissos aos nossos superiores se em qualquer tempo nós os tivermos ofendido, v. 4.3. Viver vidas silenciosas e pacíficas, e não nos envolver com aqueles que são facciosos e sediciosos, e que se empenham para atrapalhar o governo e a tranquilidade pública, práticas desleais e turbulentas da quais ele mostra a loucura e o perigo, v.v. 8-11.

Governar bem as nossas línguas, v.v. 12-15. Ser esforçados em nossos negócios e prover bem para as nossas famílias, v.v. 18,19. Não falar mal dos nossos governantes, não, nem secretamente, v. 20.

Ele recomenda sabedoria aos governantes; que eles não pensem que, porque seus súditos devem estar calados abaixo deles, por essa razão eles podem fazer o que lhes agrada.

Que eles sejam cuidadosos sobre quem eles indicam para os lugares de confiança e poder, v.v. 5-7.

Que eles se gerenciem discretamente, sejam generosos e não infantis, ponderados e não luxuosos, v.v. 16,17. Feliz é a nação quando os príncipes e o povo têm consciência dos seus deveres de acordo com estas regras. (Henry, Matthew, Comentário dos Livros Poéticos)

Esboço de Eclesiastes 10:

Eclesiastes 10.1 – 3: Vantagens da Sabedoria

Eclesiastes 10.4 – 11: Deveres dos príncipes e súditos

Eclesiastes 10.12 – 15: O desprezo da loucura

Eclesiastes 10.16 – 20: Rei prudente e súditos diligentes 

 

Eclesiastes 10.1 – 3: Vantagens da Sabedoria

1 Assim como a mosca morta produz mau cheiro e estraga o perfume, também um pouco de insensatez pesa mais que a sabedoria e a honra.

2 O coração do sábio se inclina para o bem, mas o coração do tolo, para o mal.

3 Mesmo quando anda pelo caminho, o tolo age sem o mínimo bom senso e mostra a todos que não passa de tolo.

Eclesiastes 10.4 – 11: Deveres dos príncipes e súditos

4 Se a ira de uma autoridade se levantar contra você, não abandone o seu posto; a tranqüilidade evita grandes erros.

5 Há outro mal que vi debaixo do sol, um erro cometido pelos que governam:

6 tolos são postos em cargos elevados, enquanto ricos ocupam cargos inferiores.

7 Tenho visto servos andando a cavalo, e príncipes andando a pé, como servos.

8 Quem cava um poço cairá nele; quem derruba um muro será picado por uma cobra.

9 Quem arranca pedras, com elas se ferirá; quem racha lenha se arrisca.

10 Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força; agir com sabedoria assegura o sucesso.

11 Se a cobra morder antes de ser encantada, para que servirá o encantador?

Eclesiastes 10.12 – 15: O desprezo da loucura

12 As palavras do sábio lhe trazem benefícios, mas os lábios do insensato o destroem.

13 No início as suas palavras são mera tolice, mas no final são loucura perversa.

14 Embora o tolo fale sem parar, ninguém sabe o que está para vir; quem poderá dizer a outrem o que lhe acontecerá depois?

15 O trabalho do tolo o deixa tão exausto que ele nem consegue achar o caminho de casa.

Eclesiastes 10.16 – 20: Rei prudente e súditos diligentes

16 Pobre da terra cujo rei é jovem demais e cujos líderes fazem banquetes logo de manhã.

17 Feliz é a terra cujo rei é de origem nobre, e cujos líderes comem no devido tempo para recuperar as forças, e não para embriagar-se.

18 Por causa da preguiça, o telhado se enverga; por causa das mãos indolentes, a casa tem goteiras.

19 O banquete é feito para divertir, e o vinho torna a vida alegre, mas isso tudo se paga com dinheiro.

20 Nem em pensamento insulte o rei! Nem mesmo em seu quarto amaldiçoe o rico! Porque uma ave do céu poderá levar as suas palavras, e seres alados poderão divulgar o que você disser.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});

O jesuseabiblia.com tem uma nova Política de Privacidade e Cookies Saiba mais.