Efésios - Bíblia de Estudo Online

Em Efésios 1, Paulo fala sobre a escolha de Deus operada em Cristo, antes da fundação do mundo. Foi o sangue de Jesus, derramado na cruz que promoveu tão grande eleição.

A igreja de Éfeso correspondeu de forma surpreendente a fé anunciada. Por isso Paulo expressa sua alegria, e ora para que o Senhor Deus os aperfeiçoe cada vez mais no conhecimento de seu Filho Jesus.

Esboço de Efésios 1:

1.1 – 6: Saudação e a escolha de Deus

1.7 – 14: A redenção em Jesus Cristo

1.15 – 19: Alegria e oração de Paulo

1.20 – 23: O poder de Jesus Cristo

 

Saudação e a escolha de Deus

Paulo inicia a carta como de costume, apresentando sua credencial de apóstolo segundo a vontade de Deus, nos mostrando que a sua vocação é verdadeira. Ele saúda os irmãos que estão em Éfeso com a graça e paz do Senhor Jesus.

Em seguida, ele adora a Deus, Pai de Jesus pelo fato de ter nos abençoado de forma abundante e plena, através de Seu Filho. Esta benção nos capacita a ser santos e irrepreensíveis diante de Deus na manifestação plena de Jesus, isto é, quando estivermos para sempre na sua presença.

Fomos escolhidos para viver de maneira santa como filhos de Deus, isto é parte do bom propósito do Senhor para nossa vida e para o louvor da sua glória.

A redenção em Jesus Cristo

Deus perdoou os nossos pecados por meio do derramamento de sangue de Seu Filho Jesus, na cruz do Calvário. Deus exigiu um sacrifício perfeito e apenas seu Filho estava apto a apresentá-lo.

Com isso, Paulo exalta a riqueza da graça de Deus, por tamanho sacrifício. Deus não nos abandonou em nossos delitos, pelo contrário. Por sua infinita sabedoria e entendimento, Ele nos revelou sua vontade, que para nós era um grande mistério, com o propósito de nos mostrar que Cristo é o centro de toda a Criação.

Isto nos coloca em um alto “patamar” de escolha diante de Deus. Ao ouvir e crer no Evangelho, fomos selados pelo Espírito Santo e passamos a ser herdeiros das promessas e riquezas de Deus.

Alegria e oração de Paulo

Dito isto, o apóstolo começa a demonstrar sua alegria ao saber que a fé dos Efésios está crescendo, e como eles tem comunhão uns com os outros.

Como resultado, Paulo tem dado graças a Deus de maneira constante e não cessa de apresentá-los em oração, rogando a Deus que lhes conceda sabedoria, revelação e conhecimento de Seu Filho Jesus.

Além disso, o apóstolo pede que o Senhor lhes dê um coração sensível, com o propósito que entendam a esperança para a qual foram chamados e a próspera herança que lhes está reservada.

Algo que é extremamente incomparável com qualquer riqueza, herança ou bens terrenos.

O poder de Jesus Cristo

Por fim, o poder de Deus revelado em Cristo é exaltado. Evidenciado a ressurreição de Jesus, Paulo diz que Cristo foi colocado à direita de Deus, onde recebeu a autoridade e o poder sobre tudo o que existe, no tempo presente e na eternidade.

Cristo é agora o cabeça de todas as coisas e a Igreja, que é o seu corpo, recebe dessa plenitude.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here