Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Ester 3 Estudo: Plano Para Matar os Judeus

Em Ester 3, o escritor nos mostra um acontecimento decisivo na história do povo de Deus: a promoção de Hamã, no governo de Xerxes e seu ódio contra os judeus.

Ao receber da parte do rei uma posição elevada, Hamã queria ser reverenciado por todos. Contudo, Mardoqueu não lhe prestava tal reverencia, não se curvava diante dele.

Quando soube disso, Hamã ficou furioso e decidiu destruir não apenas Mardoqueu, mas todo o seu povo os judeus.

O Diabo que é inimigo declarado do povo de Deus, o influenciou e ele arquitetou um plano maligno e determinou um dia para a execução.

Com muita astúcia ele se dirigiu ao rei e contou-lhe sobre o plano. Xerxes sem saber de todos os detalhes consentiu, e deu a Hamã sua aprovação.

Como servos de Deus devemos estar cientes de que vivemos em uma grande batalha espiritual. Estamos cercados por hostes e principados, nas regiões celestiais. Por isso, devemos estar vigilantes. Em oração. De maneira que possamos ouvir a Deus e clamar pelo seu socorro.

Esboço de Ester 3:

Ester 3.1 – 5: A promoção de Hamã

Ester 3.6 – 9: Plano para matar os judeus

Ester 3.10 – 12: A aprovação do rei

 

A Decisão de Mardoqueu

“Depois desses acontecimentos, o rei Xerxes honrou a Hamã, filho de Hamedata, descendente de Agague, promovendo-o e dando-lhe uma posição mais elevada do que a de todos os demais nobres. Todos os oficiais do palácio real curvavam-se e prostravam-se diante de Hamã, conforme as ordens do rei. Mardoqueu, porém, não se curvava nem se prostrava diante dele. Então os oficiais do palácio real perguntaram a Mardoqueu: “Por que você desobedece à ordem do rei?” (Ester 3:1-3)

Mardoqueu aderindo a seus princípios com brava e corajosa resolução, e, portanto, recusando-se a reverenciar a Hamã, como o faziam os demais servos do rei.

Foi encorajado a fazê-lo pelos amigos, que o lembraram da ordem do rei, e, portanto, do perigo em que incorria com sua recusa; era o quanto valia a sua vida, especialmente considerando-se a insolência de Hamã.

Diziam-lhe isso de dia em dia, para persuadi-lo a conformar-se ao que estava ordenado, mas era tudo em vão; ele não lhes deu ouvidos, mas lhes disse simplesmente que era judeu, e que sua consciência o proibia de fazê-lo.

Sem dúvida sua recusa, quando foi notada, e começou-se a espalhar sua notícia, foi em geral atribuída a orgulho e inveja, como se Mardoqueu não rendesse honras a Hamã porque, considerando-se suas relações com Ester, não recebera tamanha promoção como ele, ou atribuíam-no a um espírito sedicioso e desleal.

Os mais generosos viam-no como uma fraqueza de Mardoqueu, a rusticidade de um provinciano, chamando-o de temperamental, ou de excêntrico afetado.

Honra Para Deus

Até onde o livro nos informa, ninguém senão Mardoqueu teve escrúpulos quanto à reverência que se ordenara, e no entanto este agiu com piedade, consciência e de modo agradável a Deus.

Pois a religião de um judeu proibia-o de render honras tão extravagantes quanto às exigidas a qualquer homem mortal, especialmente um homem tão perverso como Hamã.

Ele achou especialmente injusto que os judeus fossem obrigados a prestar honras a um amalequita, pertencente à nação contra a qual Deus jurara perpetrar guerra eterna (Êxodo 17.16), e a respeito da qual houvera dado a solene advertência (Deuteronômio 25.17). Lembra-te do que te fez Amaleque.

Ainda que a religião de modo algum destrua as boas maneiras, e ensine a prestar honra a quem honra se deve, alguém como Hamã, para um cidadão de Sião, é o réprobo a cujos olhos é desprezado (SaImos 15.4).

Os que são guiados por princípios de consciência devem ser firmes e resolutos, não importando o quanto sejam censurados ou ameaçados, como o foi Mardoqueu. (Henry, Matthew, Comentário de Josué a Ester)

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});

O jesuseabiblia.com tem uma nova Política de Privacidade e Cookies Saiba mais.