Ester - Bíblia de Estudo Online

Em Ester 5, o escritor revela o desfecho da grande trama que teve início em Ester 4. Quando a rainha Ester se apresenta ao rei sem ser chamada, ele lhe estende o cetro. E diz: ““Que há, rainha Ester? Qual é o seu pedido? Mesmo que seja a metade do reino, lhe será dado”.

Sua atitude significa permissão, favor. A partir disso, ela pode permanecer diante do rei e apresentar sua necessidade.

A rainha não é precipitada no falar. No tempo em que ela e os judeus passaram jejuando e orando, o Espírito Santo ministrou as palavras e a forma como ela devia conduzir todo o processo.

Com isso, ela convida apenas o rei e Hamã para um banquete. Ela não fala sobre nada sobre o plano para matar os judeus. Para isso, Xerxes consentiu mais uma vez e garantiu que ele e Hamã estariam presentes.

Hamã sentiu-se profundamente honrado e “vangloriou-se de sua grande riqueza, de seus muitos filhos e de como o rei o havia honrado e promovido acima de todos os outros nobres e oficiais”.

Ele era um “boçal”, narcisista. Queria toda a atenção para si. Era seu próprio deus. Ao perceber que Mardoqueu não amaciava seu ego inchado seu ódio crescia e ele mandou construir uma forma para matá-lo.

Servimos a um Deus que trabalha de uma maneira extraordinariamente espantosa. Ele é, muito Soberano e poderoso. Não há absolutamente nada nem ninguém capaz de pará-lo ou mudar seus desígnios.

Não há bondade ou maldade capaz de superar a grandeza de Deus. Enquanto Hamã comia, bebia e celebrava. Ester jejuava, orava e chorava. A atitude da rainha superou o desígnio do mal.

Esboço de Ester 5:

5.1 – 5: O rei concede favor a Ester

5.6 – 9: O pedido de Ester

5.10 – 14: Uma forca para Mardoqueu

 

Ester 5.1 – 5: O rei concede favor a Ester

  1. Ester, Mardoqueu e todos os judeus jejuaram por três dias sobre esta importante causa;
  2. Ela foi até a presença do rei, mesmo sem ser convidada, sabendo que isso poderia lhe custar a vida;
  3. Quando a viu, o rei estendeu o cetro de ouro, em sinal de misericórdia e aceitação. Com isso Ester pode se aproximar do trono;
  4. Xerxes perguntou a Ester qual era o seu desejo. E prometeu que até a metade do reino lhe seria dada, caso ela quisesse;
  5. De maneira humilde e inteligente, ela pediu a permissão do rei para que, antes de fazer seu pedido, preparar um banquete para ele e Hamã, algo que ele consentiu;
  6. A oração e o jejum nos aproximam de Deus e nos dão maior sensibilidade espiritual e clareza, para seguir a direção do Senhor e tomar decisões importantes;
  7. Ela não declarou de imediato o que queria, primeiro Ester criaria o ambiente necessário.

Ester 5.6 – 9: O pedido de Ester

  1. Quando já estavam participando deste primeiro banquete, que foi realizado no mesmo dia em que ela se apresentou ao rei, Xerxes perguntou a Ester o que ela queria;
  2. Ela disse que gostaria de realizar mais um banquete para o rei, desta vez, no dia seguinte e que gostaria de contar com a presença de Hamã, algo que o rei também consentiu;
  3. Hamã saiu muito feliz, pois se sentiu prestigiado pelo rei e por sua rainha;
  4. Mas ficou profundamente irritado, quando na saída viu Mardoqueu, que não o reverenciou, como faziam todos;
  5. A postura de Mardoqueu permaneceu a mesma. Em momentos de crise mantenha sua fé e posicionamento;
  6. Um dos grande segredos para as vitórias de Deus em nossas vidas, está na nossa capacidade de ser sensível a Sua voz e de seguir sua direção.

Ester 5.10 – 14: Uma forca para Mardoqueu

  1. Hamã compartilha com seus amigos e família o bom momento que está vivendo e como estava acima de todos no reino;
  2. Falou também sobre o banquete que a rainha Ester estava preparando para o rei e para ele;
  3. Falou abertamente que nada disso o agradaria, enquanto Mardoqueu estivesse vivo;
  4. Sua mulher e amigos, sugeriram que ele mandasse construir uma forca de mais de vinte metros, e pedisse ao rei, autorização para enforcar Mardoque nela;
  5. A ideia deixou Hamã muito animado;
  6. Deus permite que os planos macabros sejam arquitetados ao nosso redor, mas nos dá livramento e glorifica seu Nome através destas situações.
  7. Deus apanha o mal em sua própria maldade, cedo ou tarde, o juízo do Senhor se manifestará.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here