Ester - Bíblia de Estudo Online

Em Ester 9, os inimigos dos judeus não estão satisfeitos com a suspensão do decreto de morte. Por isso, na data em que a ordem deveria ser executada, eles atacam o povo de Deus. O que eles não imaginavam é que seriam brutalmente derrotados. Os judeus, com autorização do rei, se defenderam e defenderam suas famílias. Infligiram terror em seus inimigos e vizinhos.

Sob a liderança de Ester e Mardoqueu eles se tornavam cada vez mais estimados e respeitados pelo rei e por todos os seus súditos.

A vitória daqueles dias provocou grande alegria entre os judeus e a instituição do Purim, um feriado nacional, onde eles recordam estes dias e louvam ao Senhor Deus pelo livramento.

Esboço de Ester 9:

9.1 – 10: A vitória dos judeus

9.11 – 19: Vitória em Susã

9.20 – 32: A instituição do Purim

 

Ester 9.1 – 10: A vitória dos judeus

  • Mesmo com o decreto do rei, os judeus foram atacados. Contudo, eles resistiram aos inimigos e os dominaram;
  • Ninguém conseguirá lhe resistir, todos os dias da sua vida, se ela estiver firmada no Senhor;
  • O Diabo prepara muitas ciladas contra a nossa vida, mas protegidos à sombra do Altíssimo, seremos guardados;
  • À medida que o tempo passa, a representação da força dos judeus só aumenta no império. Tanto Mardoqueu, quanto os judeus de maneira geral estavam sendo fortalecidos;
  • O tempo de Deus para o seu fortalecimento é o resultado do treinamento de Deus no tempo da aflição.

Ester 9.11 – 19: Vitória em Susã

  • O Senhor continua livrando, protegendo e dando livramento ao Seu povo. Não podemos nos acostumar com o decreto de morte, de derrota, de miséria.
  • Devemos clamar a Deus e buscar força nele, para lutar e vencer.

Ester 9.20 – 32: A instituição do Purim

  • A festa do Purim foi estabelecida por Mardoqueu e Ester;
  • Comemore os livramentos que Deus lhe der, e não esqueça deles com o passar do tempo;
  • Mardoqueu e Ester continuaram com uma liderança relevante e consagrada ao Senhor, mesmo depois de grande aflição;
  • Temos o costume de afrouxar as cordas da consagração em tempos de paz na nossa vida, mas com Mardoqueu e Ester aprendemos que isto não deve acontecer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here