Êxodo - Bíblia de Estudo Online

O peitoral do sumo sacerdote devia ser feito do mesmo tecido que o éfode (cf. verso 6). Era para ser 9 “(um palmo, que era meio cúbito) quadrado com 12 pedras preciosas em ouro, montadas em quatro filas de 3 pedras cada. Em cada pedra deveria ser gravado o nome de uma das tribos de Israel, provavelmente na mesma seqüência que os nomes nas pedras de ônix gravadas (Êxodo 28:15-21). 

O peitoral foi preso confortavelmente sobre o éfode por quatro correntes de ouro. Duas das correntes foram escorregadas por anéis de ouro nos cantos superiores do peitoral e presas às ombreiras do éfode.

As outras duas correntes de ouro foram escorregadas através de anéis de ouro nos cantos inferiores do peitoral e presas às costuras laterais do éfode e amarradas, com um cordão azul, ao cós (Êxodo 28:22-28).

O Urim e o Tumim

O peitoral (sobre o coração de Arão, é citado três vezes em Êxodo 28:29-30) era para servir como um memorial contínuo diante do SENHOR. Outro propósito é indicado no Urim e no Tumim, que eram os meios pelos quais os sacerdotes tomavam decisões para os israelitas (cf. verso 15). O peitoral foi dobrado (v. 16) para formar uma espécie de bolso para o Urim e Tumim.

O “Urim” e “Tumim”, que significa “luzes” e “perfeições”, são referidos em Números 27:21; 1 Samuel 30: 7–8 (o “éfode” sugere o Urim e Tumim); Esdras 2:63; Neemias 7:65. Eles eram meios de buscar de Deus através do sacerdote respostas a perguntas e crises além da percepção humana.

Aparentemente, o Urim e Tumim eram duas pedras. Como eles foram usados ​​na determinação da vontade de Deus é desconhecido, mas alguns sugerem que o Urim representou uma resposta negativa e o Tumim uma resposta positiva. 

Talvez essa visão seja indicada pelo fato de que Urim (ûrîm) começa com a primeira letra do alfabeto hebraico e Thummim (tūmmîm) com a última letra.

Outros sugerem que os objetos simplesmente simbolizavam a autoridade do sumo sacerdote de inquirir a Deus, ou a garantia de que o sacerdote receberia iluminação (“luzes”) e conhecimento perfeito (“perfeições”) de Deus. (1)

Esboço de Êxodo 28:

28.1 – 5: As vestes sacerdotais

28.6 – 14: O colete e o cinturão sacerdotal

28.15 – 30: As vestes de Arão

28.31 – 39: O manto sacerdotal

28.40 – 43: As túnicas dos filhos de Arão 

 

Êxodo 28.1 – 5: As vestes sacerdotais

1 Chame seu irmão Arão e separe-o dentre os israelitas, e também os seus filhos Nadabe e Abiú, Eleazar e Itamar, para que me sirvam como sacerdotes.

2 Para o seu irmão Arão, faça vestes sagradas que lhe confiram dignidade e honra.

3 Diga a todos os homens capazes, aos quais dei habilidade, que façam vestes para a consagração de Arão, para que me sirva como sacerdote.

4 São estas as vestes que farão: um peitoral, um colete sacerdotal, um manto, uma túnica bordada, um turbante e um cinturão. Para que o sacerdote Arão e seus filhos me sirvam como sacerdotes, eles farão essas vestes sagradas

5 e usarão linho fino, fios de ouro e fios de tecidos azul, roxo e vermelho.

Êxodo 28.6 – 14: O colete e o cinturão sacerdotal

6 Faça o colete sacerdotal de linho fino trançado, de fios de ouro e de fios de tecidos azul, roxo e vermelho, trabalho artesanal.

7 Terá duas ombreiras atadas às suas duas extremidades para uni-lo bem.

8 O cinturão e o colete que por ele é preso serão feitos da mesma peça. O cinturão também será de linho fino trançado, de fios de ouro e de fios de tecidos azul, roxo e vermelho.

9 Grave em duas pedras de ônix os nomes dos filhos de Israel,

10 por ordem de nascimento: seis nomes numa pedra e seis na outra.

11 Grave os nomes dos filhos de Israel nas duas pedras como o lapidador grava um selo. Em seguida prenda-as com filigranas de ouro,

12 costurando-as nas ombreiras do colete sacerdotal, como pedras memoriais para os filhos de Israel. Assim Arão levará os nomes em seus ombros como memorial diante do Senhor.

13 Faça filigranas de ouro

14 e duas correntes de ouro puro, entrelaçadas como uma corda; e prenda as correntes às filigranas.

Êxodo 28.15 – 30: As vestes de Arão

15 Faça um peitoral de decisões, trabalho artesanal. Faça-o como o colete sacerdotal: de linho fino trançado, de fios de ouro e de fios de tecidos azul, roxo e vermelho.

16 Será quadrado, com um palmo de comprimento e um palmo de largura, e dobrado em dois.

17 Em seguida, fixe nele quatro fileiras de pedras preciosas. Na primeira fileira haverá um rubi, um topázio e um berilo;

18 na segunda, uma turquesa, uma safira e um diamante;

19 na terceira, um jacinto, uma ágata e uma ametista;

20 na quarta, um crisólito, um ônix e um jaspe.

21 Serão doze pedras, uma para cada um dos nomes dos filhos de Israel, cada uma gravada como um selo, com o nome de uma das doze tribos.

22 Faça para o peitoral correntes de ouro puro trançadas como cordas.

23 Faça também duas argolas de ouro e prenda-as às duas extremidades do peitoral.

24 Prenda as duas correntes de ouro às argolas nas extremidades do peitoral,

25 e as outras extremidades das correntes, às duas filigranas, unindo-as às peças das ombreiras do colete sacerdotal, na parte da frente.

26 Faça outras duas argolas de ouro e prenda-as às outras duas extremidades do peitoral, na borda interna, próxima ao colete sacerdotal.

27 Faça mais duas argolas de ouro e prenda-as na parte inferior das ombreiras, na frente do colete sacerdotal, próximas da costura, logo acima do cinturão do colete sacerdotal.

28 As argolas do peitoral serão amarradas às argolas do colete com um cordão azul, ligando o peitoral ao cinturão, para que não se separe do colete sacerdotal.

29 Toda vez que Arão entrar no Lugar Santo, levará os nomes dos filhos de Israel sobre o seu coração no peitoral de decisões, como memorial permanente perante o Senhor.

30 Ponha também o Urim e o Tumim no peitoral das decisões, para que estejam sobre o coração de Arão sempre que ele entrar na presença do Senhor. Assim, Arão levará sempre sobre o coração, na presença do Senhor, os meios para tomar decisões em Israel.

Êxodo 28.31 – 39: O manto sacerdotal

31 Faça o manto do colete sacerdotal inteiramente de fios de tecido azul,

32 com uma abertura para a cabeça no centro. Ao redor dessa abertura haverá uma dobra tecida, como uma gola, para que não se rasgue.

33 Faça romãs de fios de tecidos azul, roxo e vermelho em volta da borda do manto, intercaladas com pequenos sinos de ouro.

34 Os sinos de ouro e as romãs se alternarão por toda a volta da borda do manto.

35 Arão o vestirá quando ministrar. O som dos sinos será ouvido quando ele entrar no Lugar Santo diante do Senhor e quando sair, para que não morra.

36 Faça um diadema de ouro puro e grave nele como se grava um selo: Consagrado ao Senhor.

37 Prenda-o na parte da frente do turbante com uma fita azul.

38 Estará sobre a testa de Arão; assim ele levará a culpa de qualquer pecado que os israelitas cometerem em relação às coisas sagradas, ao fazerem todas as suas ofertas. Estará sempre sobre a testa de Arão, para que as ofertas sejam aceitas pelo Senhor.

39 Teça a túnica e o turbante com linho fino. O cinturão será feito por um bordador.

Êxodo 28.40 – 43: As túnicas dos filhos de Arão

40 Faça também túnicas, cinturões e gorros para os filhos de Arão, para conferir-lhes honra e dignidade.

41 Depois de vestir seu irmão Arão e os filhos dele, unja-os e consagre-os, para que me sirvam como sacerdotes.

42 Faça-lhes calções de linho que vão da cintura até a coxa, para cobrirem a sua nudez.

43 Arão e seus filhos terão que vesti-los sempre que entrarem na Tenda do Encontro ou quando se aproximarem do altar para ministrar no Lugar Santo, para que não incorram em culpa e morram. Este é um decreto perpétuo para Arão e para os seus descendentes.

 

Referências:

Hannah, J. D. (1985). Exodus. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 151–152). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here