marca_final-01

Ezequiel 11 Estudo: Fim da Primeira Visão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Em Ezequiel 11, o Senhor Deus revela a Ezequiel quem são os principais responsáveis por tramar o mal em Israel. Deus os conhece e sabe seus nomes. Não há ninguém que faça planos malignos, seja contra a nação, cidade, casa ou mesmo algo pessoal e não seja visto pelo Senhor Deus.

Ele julgará cada um e o juízo é iminente. Devemos orar e pedir ao Senhor que frustre os planos malignos e estabeleça o Seu Reino e a Sua vontade aqui na Terra como no céu.

Esboço de Ezequiel 11:

11.1 – 3: Aqueles que tramam o mal

11.4 – 12: Israel e a panela de carne

11.13 – 16: Ezequiel profetiza

11.17 – 21: Promessa de restauração

11.22 – 25: Fim da primeira visão

 

Ezequiel 11.1 – 3: Aqueles que tramam o mal

1 Então o Espírito me ergueu e me levou para a porta do templo do Senhor que dá para o oriente. Ali, à entrada da porta, havia vinte e cinco homens, e vi entre eles Jazanias, filho de Azur, e Pelatias, filho de Benaia, líderes do povo.

2 O Senhor me disse: Filho do homem, estes são os homens que estão tramando o mal e dando maus conselhos nesta cidade.

3 Eles dizem: “Não está chegando o tempo de construir casas? Esta cidade é uma panela, e nós somos a carne dentro dela”.

Há muitas pessoas más na sociedade, que vivem para tramar e praticar o mal. Em sua loucura elas desperzam o conhecimento de Deus e o fato de que Ele vê a todas as coisas. Acham que são intocáveis e que nunca serão julgadas, mas isso é um grande erro.

Ezequiel 11.4 – 12: Israel e a panela de carne

4 Portanto, profetize contra eles; profetize, filho do homem.

5 Então o Espírito do Senhor veio sobre mim e mandou-me dizer: Assim diz o Senhor: É isso que vocês estão dizendo, ó nação de Israel, mas eu sei em que vocês estão pensando.

6 Vocês mataram muita gente nesta cidade e encheram as suas ruas de cadáveres.

7 Portanto, assim diz o Soberano, o Senhor: Os corpos que vocês jogaram nas ruas são a carne, e esta cidade é a panela, mas eu os expulsarei dela.

8 Vocês têm medo da espada, e a espada é o que trarei contra vocês. Palavra do Soberano, o Senhor.

9 Eu os expulsarei da cidade e os entregarei nas mãos de estrangeiros e os castigarei.

10 Vocês cairão à espada, e eu os julgarei nas fronteiras de Israel. Então vocês saberão que eu sou o Senhor.

11 Esta cidade não será uma panela para vocês, nem vocês serão carne dentro dela; eu os julgarei nas fronteiras de Israel.

12 E vocês saberão que eu sou o Senhor, pois vocês não agiram segundo os meus decretos nem obedeceram às minhas leis, mas se conformaram aos padrões das nações ao seu redor.

Os ímpios serão apanhados repentinamente por aquilo que eles mais temem e muitas vezes no mesmo mal que eles fizeram a outras pessoas. Precisamos refletir muito bem sobre nossas atitudes para não semear o que é mal, pois a colheita será proporcional.

Ezequiel 11.13 – 16: Ezequiel profetiza

13 Ora, enquanto eu estava profetizando, Pelatias, filho de Benaia, morreu. Então prostrei-me com o rosto em terra, e clamei em alta voz: “Ah! Soberano Senhor! Destruirás totalmente o remanescente de Israel?”

14 Esta palavra do Senhor veio a mim:

15 Filho do homem, seus irmãos, sim, seus irmãos que são seus parentes consanguíneos e toda a nação de Israel, são aqueles de quem o povo de Jerusalém tem dito: “Eles estão longe do Senhor. É a nós que esta terra foi dada, para ser nossa propriedade”.

16 Portanto diga: Assim diz o Soberano, o Senhor: Embora eu os tenha mandado para terras muito distantes entre os povos e os tenha espalhado entre as nações, por breve período tenho sido um santuário para eles nas terras para onde foram.

Deus é um refúgio para aqueles que nele confiam, onde quer que esteja. A posição geográfica, a circunstância ou as pessoas que estão ao redor, não interferem em nada na presença de Deus ao lado daqueles que o amam e invocam com o coração dedicado e sincero.

Ezequiel 11.17 – 21: Promessa de restauração

17 Portanto, diga: Assim diz o Soberano, o Senhor: Eu os ajuntarei dentre as nações e os trarei de volta das terras para onde vocês foram espalhados, e lhes devolverei a terra de Israel.

18 Eles voltarão para ela e retirarão todas as suas imagens repugnantes e os seus ídolos detestáveis.

19 Darei a eles um coração não dividido e porei um novo espírito dentro deles; retirarei deles o coração de pedra e lhes darei um coração de carne.

20 Então agirão segundo os meus decretos e serão cuidadosos em obedecer às minhas leis. Eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus.

21 Mas, quanto àqueles cujo coração está afeiçoado às suas imagens repugnantes e aos seus ídolos detestáveis, farei cair sobre a sua cabeça aquilo que eles têm feito. Palavra do Soberano, o Senhor.

Deus é poderoso para gerar em nós um coração submisso, obediente e cheio de amor por Ele. O Senhor pode nos refazer por meio do Seu Espírito e tirar de nós toda a insesibilidade com relação a Sua Palavra e no relacionamento com o próximo. Qualquer dificuldade que tenhamos nessas áreas, podem ser colocadas diante dele em oração e certamente nos ajudará.

Ezequiel 11.22 – 25: Fim da primeira visão

22 Então os querubins, com as rodas ao lado, estenderam as asas, e a glória do Deus de Israel estava sobre eles.

23 A glória do Senhor se levantou da cidade e parou sobre o monte que fica a leste dela.

24 Então o Espírito de Deus ergueu-me e em visão levou-me aos que estavam exilados na Babilônia. Findou-se então a visão que eu havia tido,

25 e contei aos exilados tudo o que o Senhor tinha me mostrado.

Deus não nos dirá ou mostrará tudo o que precisamos saber, de uma vez só, mas de forma gradual, de forma que possamos absorver a mensagem. Além disso, Deus se revela para nós com o objetivo de que essa revelação seja compartilhada, isto é, quanto mais conhecemos ao Senhor, mais compartilhamos esse conhecimento.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});