Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Ezequiel 3 Estudo: O Dever de Anunciar a Verdade

Ezequiel 3 Estudo: O Dever de Anunciar a Verdade

Em Ezequiel 3, vemos a responsabilidade do profeta com a Palavra de Deus destinada à nação de Israel. É muito importante notar que o Senhor Deus envia Ezequiel a um povo rebelde, endurecido, insensível. Além disso, a mensagem do profeta não é de autoajuda ou motivacional.

As palavras de Deus ao povo são de repreensão, arrependimento. O Senhor confronta os cativos de Israel através dele. Além disso, o Senhor ordena a Ezequiel: “Filho do homem, coma este rolo que estou lhe dando e encha o seu estômago com ele”. Então eu o comi, e em minha boca era doce como mel”.

A ordem de comer o rolo é para que o profeta diga tudo o que o Senhor ordenar. Que ele seja fiel a mensagem profética. Há muitos ministros do Evangelho pregando o que bem entendem, acham e sentem quando sua responsabilidade é ser fiel a mensagem bíblica.

Somos tentados a dizer aquilo que o povo gosta de ouvir, aquilo que vende. Mas a proposta de Deus para nós é que sejamos fiel a mensagem, não importa se ela é agradável ou não.

Esboço de Ezequiel 3:

3.1 – 3: Ezequiel deve comer o rolo

3.4 – 11: Israel não quer ouvir Deus

3.12 – 15: Ezequiel e o Espírito de Deus

3.16 – 21: O dever de anunciar a verdade

3.22 – 27: Ezequiel e a Glória de Deus

 

Ezequiel 3.1 – 3: Ezequiel deve comer o rolo

1 E ele me disse: “Filho do homem, coma este rolo; depois vá falar à nação de Israel”.

2 Eu abri a boca, e ele me deu o rolo para eu comer.

3 E acrescentou: “Filho do homem, coma este rolo que estou lhe dando e encha o seu estômago com ele”. Então eu o comi, e em minha boca era doce como mel.

  • A palavra de Deus, mesmo sendo uma emissão de juízo, continua sendo doce, porque é a Palavra de Deus como vemos em Salmos 19:10; Jeremias 15:16 e Apocalipse 10:9,10.
  • Devemos alimentar todo o nosso ser com a instrução que vem de Deus, ela é completamente agradável a nossa vida. A vontade de Deus acrescenta significado a nossa existência. Não precisamos viver desperados por aceitação, ou como perdidos. Podemos nos alimentar da Palavra e receber a instrução certa para nossa vida.

3.4 – 11: Israel não quer ouvir Deus

4 Depois ele me disse: Filho do homem, vá agora à nação de Israel e diga-lhe as minhas palavras.

5 Você não está sendo enviado a um povo de fala obscura e de língua difícil, mas à nação de Israel;

6 não irá a muitos povos de fala obscura e de língua difícil, cujas palavras você não conseguiria entender. Certamente, se eu o enviasse, eles o ouviriam.

7 Mas a nação de Israel não vai querer ouvi-lo porque não quer me ouvir, pois toda a nação de Israel está endurecida e obstinada.

8 Porém eu tornarei você tão inflexível e endurecido quanto eles.

9 Tornarei a sua testa como a mais dura das pedras, mais dura que a pederneira. Não tenha medo deles, nem fique apavorado ao vê-los, embora sejam uma nação rebelde.

  • O Senhor fortaleceu Ezequiel para que ele fosse capaz de entregar a mensagem e suportar a oposição, algo semelhante aconteceu em Jeremias 1:18.

10 E continuou: Filho do homem, ouça atentamente e guarde no coração todas as palavras que eu lhe disser.

11 Vá agora aos seus compatriotas que estão no exílio e fale com eles. Diga-lhes, quer ouçam quer deixem de ouvir: Assim diz o Soberano, o Senhor.

  • Embora a profecia de Ezequiel fosse ministrada aos escravos que estavam com ele na Babilônia, a mensagem era para todo o Isarel, como vemos no Capítulo 6:11 e Capítulo 8:11,12.
  • Nossa mensagem e estilo de vida são completamente contráditórios para aqueles que não amam a Deus. Suas atitudes, escolhas e vicíos são uma barreira à luz da verdade, contudo, enquanto testemunhamos a Palavra de Deus, não podemos ser seduzidos por suas paixões.

3.12 – 15: Ezequiel e o Espírito de Deus

12 Depois o Espírito elevou-me, e ouvi esta estrondosa aclamação: “Que a glória do Senhor seja louvada em sua habitação!”

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

  • O Espírito Santo arrebatou várias vezes a mente do profeta a diversos lugares, para lhe mostrar coisas e reveçaões como vemos no Capítulo 8:3; 11:1, 24; 37:1 e 43:5.

13 E ouvi o som das asas dos seres viventes roçando umas nas outras e, atrás deles, o som das rodas — um forte estrondo!

14 Então o Espírito elevou-me e tirou-me de lá, com o meu espírito cheio de amargura e de ira, e com a forte mão do Senhor sobre mim.

15 Fui aos exilados que moravam em Tel-Abibe, perto do rio Quebar. Sete dias fiquei lá entre eles — atônito!

  • O Espírito Santo quer nos conduzir pelo caminho da maturidade. É o desejo dele que a nossa visão de mundo e das circusntâncias, sejam aperfeiçoadas. Para isso, ele muda, muitas vezes a nossa localização geográfica, nos afastando de algumas pessoas e aproximando de outras.

Ezequiel 3.16 – 21: O dever de anunciar a verdade

16 Ao fim dos sete dias a palavra do Senhor veio a mim:

17 “Filho do homem”, disse ele, “eu o fiz sentinela para a nação de Israel; por isso ouça a palavra que digo e leve a eles a minha advertência.

18 Quando eu disser a um ímpio que ele vai morrer, e você não o advertir nem lhe falar para dissuadi-lo dos seus maus caminhos para salvar a vida dele, aquele ímpio morrerá por sua iniquidade; mas para mim você será responsável pela morte dele.

19 Se, porém, você advertir o ímpio e ele não se desviar de sua impiedade ou dos seus maus caminhos, ele morrerá por sua iniquidade, mas você estará livre dessa culpa.

20 Da mesma forma, quando um justo se desviar de sua justiça e fizer o mal, e eu puser uma pedra de tropeço diante dele, ele morrerá. Uma vez que você não o advertiu, ele morrerá pelo pecado que cometeu. As práticas justas dele não serão lembradas; para mim, porém, você será responsável pela morte dele.

21 Se, porém, você advertir o justo e ele não pecar, certamente ele viverá porque aceitou a advertência, e você estará livre dessa culpa.

  • A incubêmcia que Deus dá ao Profeta é semelhante ao princípio da responsabilidade pelo sangue descrita em Gênesis 9:5,6. Isto é, se ele não entregasse a mensagem, seria culpado pela morte deles.
  • Nosso dever como servos de Deus, é ouvir a Deus e comunicar sua vontade às pessoas que estão a nossa volta. Não podemos cair na tentação de omitir a verdade para ser “agradáveis”. Devemos comunicar as pessoas que suas escolhas tem consequências e cada um de nós arcará com elas.

3.22 – 27: O Profeta e a Glória de Deus

22 A mão do Senhor esteve ali sobre mim, e ele me disse: “Levante-se e vá para a planície, e lá falarei com você”.

23 Então me levantei e fui para a planície. E lá estava a glória do Senhor, glória como a que eu tinha visto junto ao rio Quebar. Prostrei-me com o rosto em terra,

24 mas o Espírito entrou em mim e me pôs em pé. Ele me disse: Vá para casa e tranque-se.

25 Pois você, filho do homem, será amarrado com cordas; você ficará preso, e não conseguirá sair para o meio do povo.

26 Farei sua língua apegar-se ao céu da boca para que você fique calado e não possa repreendê-los, embora sejam uma nação rebelde.

27 Mas, quando eu falar com você, abrirei sua boca e você lhes dirá: Assim diz o Soberano, o Senhor. Quem quiser ouvir ouça, e quem não quiser não ouça; pois são uma nação rebelde.

  • Essa exortação é muito semelhante as que vemos na ministério do Senhor Jesus em Mateus 11:15; 13:9, 43; Marcos 4:9,23; Lucas 8:8; 14:35.
  • A construção de vida que é feita com Deus, precisa estar submissa as determinações mais “loucas” ou sem-sentido que nos forem ministradas pelo Espírito. Deve haver em nós a consciência de que Deus se move como quer e o que hoje foi permitido no contexto pessoal, amanhã pode ser proibido.

Sobre o autor | Website

ME SIGA NO INSTAGRAM: @diegonascimento316 INSCREVA-SE em meu Canal do YouTube: https://www.youtube.com/jesuseabibliaoficial

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

5 Comentários

  1. Antonio Francisco da paz de Sousa disse:

    Muito bom, o estudo, bem proveitoso

  2. Onelia Maria da Conceição disse:

    Gostei muito do estudo bíblico aprendi muito.

  3. Ageu Dallas disse:

    Gostei muito de ver a interpretação desse capítulo Maravilhoso!

  4. Emanuel Silva disse:

    Linda a interpretação desse estudo, bem profundo, mesmo sendo a primeira vez que estou olhando esse estudo mais já me ajudou bastante, eu agradeço em nome de Jesus.

  5. Jose Francisco Teixeira de lima disse:

    Muito bom este estudo gosto muito de estuda a bíblia com você.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});