Bíblia de Estudo Online

Ezequiel 31 Estudo: O Destino do Egito

Em Ezequiel 31, o Senhor Deus cita a glória da Assíria como exemplo do seu juízo. Aquela nação, cheia de tantas belezas, riquezas e poder, na qual outras nações se apoiavam agora era uma grande ruína.

O grande motivo?

Orgulho, soberba e impiedade.

O Egito trilhava o mesmo caminho. A soberba de Faraó e sua falsa sensação de todo-poder atraíram o juízo de Deus para a nação.

Não há nada que resista ao poder ou juízo do Senhor. Nações, reinos, principados, potestades, todos estão debaixo de Seu domínio. Com apenas uma Palavra Ele as enaltece ou abate. (Ver Ezequiel 30 Estudo)

Ezequiel 31.1 – 9: A glória da Assíria

Ezequiel 31.10 – 14: A Assíria é quebrantada

Ezequiel 31.15 – 18: O destino do Egito

 

Ezequiel 31.1 – 9: A glória da Assíria

1 No primeiro dia do terceiro mês do décimo primeiro ano, a palavra do Senhor veio a mim:

2 Filho do homem, diga ao faraó, rei do Egito, e ao seu povo: Quem é comparável a você em majestade?

3 Considere a Assíria, outrora um cedro no Líbano, com belos galhos que faziam sombra à floresta; era alto; seu topo ficava acima da espessa folhagem.

4 As águas o nutriam, correntes profundas o faziam crescer a grande altura; seus riachos fluíam de onde ele estava para todas as árvores do campo.

5 Erguia-se mais alto que todas as árvores do campo; brotaram muitos ramos e seus galhos cresceram, espalhando-se, graças à fartura de água.

6 Todas as aves do céu se aninhavam em seus ramos, todos os animais do campo davam à luz debaixo dos seus galhos; todas as grandes nações viviam à sua sombra.

7 Era de uma beleza majestosa, com seus ramos que tanto se espalhavam, pois as suas raízes desciam até as muitas águas.

8 Os cedros do jardim de Deus não eram rivais para ele, nem os pinheiros conseguiam igualar-se aos seus ramos, nem os plátanos podiam comparar-se com os seus galhos; nenhuma árvore do jardim de Deus podia equiparar-se à sua beleza.

9 Eu o fiz belo com rica ramagem, a inveja de todas as árvores do Éden, do jardim de Deus.

Ezequiel 31.10 – 14: A Assíria é quebrantada

10 Portanto, assim diz o Soberano, o Senhor: Como ele se ergueu e se tornou tão alto, alçando seu topo acima da folhagem espessa, e como ficou orgulhoso da sua altura,

11 eu o entreguei ao governante das nações para que este o tratasse de acordo com a sua maldade. Eu o rejeitei,

12 e a mais impiedosa das nações estrangeiras o derrubou e o deixou. Seus ramos caíram sobre os montes e em todos os vales; seus galhos jazeram quebrados em todas as ravinas da terra. Todas as nações da terra saíram de sua sombra e o abandonaram.

13 Todas as aves do céu se instalaram na árvore caída, e todos os animais do campo se abrigaram em seus galhos.

14 Por isso nenhuma outra árvore junto às águas chegará a erguer-se orgulhosamente tão alto, alçando o seu topo acima da folhagem espessa. Nenhuma outra árvore igualmente bem regada chegará a essa altura; estão todas destinadas à morte, e irão para debaixo da terra, entre os homens mortais, com os que descem à cova.

Ezequiel 31.15 – 18: O destino do Egito

15 Assim diz o Soberano, o Senhor: No dia em que ele foi baixado à sepultura, fiz o abismo encher-se de pranto por ele; estanquei os seus riachos, e a sua fartura de água foi retida. Por causa dele vesti o Líbano de trevas, e todas as árvores do campo secaram-se completamente.

16 Fiz as nações tremerem ao som da sua queda, quando o fiz descer à sepultura junto com os que descem à cova. Então todas as árvores do Éden, as mais belas e melhores do Líbano, todas as árvores bem regadas, consolavam-se embaixo da terra.

17 Todos os que viviam à sombra dele, seus aliados entre as nações, também haviam descido com ele à sepultura, juntando-se aos que foram mortos à espada.

18 “Qual das árvores do Éden pode comparar-se com você em esplendor e majestade? No entanto, você também será derrubado e irá para baixo da terra, junto com as árvores do Éden; você jazerá entre os incircuncisos, com os que foram mortos à espada. “Eis aí o faraó e todo o seu grande povo. Palavra do Soberano, o Senhor”.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.