Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Gálatas 1 Estudo: Abandono ao Verdadeiro Evangelho

Gálatas 1 Estudo: Abandono ao Verdadeiro Evangelho

Em Gálatas 1, Paulo começa a revelar o propósito da carta: combater os falsos ensinos dos mestres judaicos, que estavam perturbando a ordem entre os cristãos da Galácia. 

Paulo chama a atenção, sobre o fato dos Gálatas terem se desviado do evangelho anunciado por ele, cuja autoridade é atestada pelo Espírito Santo através dos frutos de seu ministério e também pelo apóstolos.

Ele fundamenta o valor da sua pregação, também no milagre de sua conversão: “Vocês ouviram qual foi o meu procedimento no judaísmo”. Paulo foi grande perseguidor do Evangelho e passou a defendê-lo após um encontro fantástico com Cristo.

Esboço de Gálatas 1:

1.1 – 5: Saudação

1.6 – 10: Gálatas abandonam o verdadeiro Evangelho

1. 11 – 24: A origem do Evangelho anunciado por Paulo

 

O erro dos Gálatas

Os problemas espirituais dos Gálatas eram muito mais graves que os da Igreja em Corinto. Embora fosse uma comunidade carnal e dividida, Paulo faz questão de elogiar os coríntios por algumas de suas virtudes.

Não se vê isso, nesta carta!

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

Nisso fica evidente que a urgência com que eles precisavam de arrependimento e seu comportamento moral diante de Cristo, eram extremamente reprováveis.

Deserção da verdade

O fato é que os Gálatas estavam abandoando o verdadeiro evangelho. Assim com um soldado desertor abandona sua tropa na guerra, eles estavam se afastando da verdade de Cristo (Gálatas 1:6,7).

Isso deixou o apóstolo chocado, ainda mais porque estava acontecendo de maneira muito rápida, principalmente após a chegada dos falso mestres, depois que ele (Paulo) partiu.

Os gálatas não estavam abandonando pontos de vista teológicos, era um abandono a graça de Cristo, ao evangelho anunciado pelos apóstolos. Eles o estavam trocando por um evangelho que junto a fé, acrescenta o trabalho, como determinante para a  salvação.

Os judaizantes tentavam de todas as formas perverter o ensino da graça de Cristo. Paulo é enfático ao dizer que, mesmo um anjo anunciando outro evangelho diferente do que é pregado pelos apóstolos, deve ser considerado maldito (Gálatas 1:8).

O apóstolo apela para este exemplo, pois é algo considerado completamente impossível de acontecer. Visto que os anjos de Deus confirmam as obras de Cristo.

Devemos tomar cuidado

Há muitas denominações e muitas pessoas anunciando o evangelho. Precisamos, mais do que nunca tomar o cuidado de examinar as Escrituras para não acabar caindo em uma armadilha do Diabo.

É nossa obrigação investir tempo em oração e no exame da Palavra de Deus, visto que a salvação é individual, cada um dará conta de si mesmo. Não poderemos argumentar que fomos enganados.

Sobre o autor | Website

ME SIGA NO INSTAGRAM: @diegonascimento316 INSCREVA-SE em meu Canal do YouTube: https://www.youtube.com/jesuseabibliaoficial

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

7 Comentários

  1. vagner feliciano disse:

    Há anos atrás fiz um curso muito rico com os adventistas , no final do curso fui convidado a participar de um culto em um sábado , muito diferente aliás , fui convidado a ser membro , mas já estava decido a congregar em um comunidade cristã evangélica , diante dessa minha decisão a pessoa que ministrou o curso a mim , disse para mim : ” lavo minhas mãos ” como se minha decisão em seguir cristo com outros irmãos trouxesse condenação para mim , e fui ensinado que a igreja adventista é a verdadeira igreja de Deus na terra e que as demais são igrejas prostitutas menores , dissociadas da igreja prostituta romana , e vi tal ensino em um dvd que ganhei durante o curso …

  2. Josete disse:

    Que o nosso Deus continue te usando Pastor poderosamente!!!!

  3. André Nunes disse:

    BENÇÃO DE DEUS!

  4. Almir disse:

    A paz.
    E a Igreja ADVENTISTA fica enquadrada nesses ensinamentos dos judaísmo?
    Em guarda o sábado e ném comer carne.ex; porco,camarão,peixe de couro,e dai o que vocês me diz?

    • Pr Luiz Carlos Sinelson disse:

      Almir, a Graça e a Paz sejam contigo. Tomo a liberdade de tentar uma resposta a essa sua importante pergunta. Afirmo ao irmão que desde a década de 1950 já existe um entendimento, por grande parte das Denominações históricas, de que os membros do Adventismo sejam considerados como nossos irmãos na fé, visto que professam as verdades basilares contidas na Palavra de Deus, mas que apenas tem uma visão mais heterodoxa. Guardar o sábado, eximir-se de comer certos alimentos, não representa, em absoluto, nenhum desacordo com as Sagradas Escrituras. Observa-se hoje, uma cultura judaizante em muitos cultos espalhados pelas Igrejas no Brasil. O meio evangélico divide-se quanto a adoção desse tipo de pratica, pois um grupo considerável entende que manifestações e uso de simbologia judaica são mais propícios aos membros do Judaísmo. Enquanto outros manifestam-se pela aproximação maior com os usos e costumes judaicos, por fazerem uma leitura mais particular sobre o relacionamento dos cristãos e daquele povo que, via de regra, originou Jesus.

  5. Andressa disse:

    Muito edificante, obrigada! ??

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});