Gálatas - Bíblia de Estudo Online

Os judaizantes desacreditaram Paulo e proclamaram um falso evangelho aos Gálatas. Era necessário que o apostolo justificasse seu apostolado e sua mensagem, uma tarefa que ele empreendeu nos dois primeiros capítulos.

Nesta seção autobiográfica, Paulo demonstrou convincentemente que seu apostolado e sua mensagem vieram por revelação do Cristo ressuscitado.

Nos capítulos 3 e 4, ele defendeu a verdadeira doutrina da graça, isto é, a justificação somente pela fé. Finalmente, para mostrar que a liberdade cristã não significa licença, o apóstolo, nos capítulos 5 e 6, ensinou que um cristão deve viver pelo poder do Espírito Santo e que quando ele manifesta em sua vida não as obras da carne, mas o fruto do Espírito.

Gálatas foi escrito para remediar uma situação desesperadora, para chamar os primeiros cristãos de volta da Lei Mosaica para a graça, do legalismo para a fé. É uma afirmação enfática da salvação pela fé à parte das obras e é tão relevante hoje como quando foi originalmente escrita.

Capítulos 

Capítulo 1: O Abandono ao Verdadeiro Evangelho

Capítulo 2: Paulo com os outros Apóstolos

Capítulo 3: Abraão e a Justificação Pela Fé

Capítulo 4: Filhos da Escravidão e da Liberdade

Capítulo 5: Obras da Carne e Frutos do Espírito

Capítulo 6: A Lei da Semeadura

 

Referências:

Campbell, D. K. (1985). Galatians. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 2, p. 588). Wheaton, IL: Victor Books.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here