Gênesis - Bíblia de Estudo Online

Em Gênesis 33:1-11, vemos que Esaú também foi transformado e librou perdão genuíno ao seu irmão e tratou com bondade a sua família e seus filhos.

Jacó age como um servo de Esaú (v.5), dando honra a seu irmão. Tanto ele como suas mulheres, filhos e servas se curvaram diante dele.

Quando perguntado pelos rebanhos que encontrou no caminho, Jacó disse a Esaú que eram um presente para ele.

A resposta de Esaú revela a bondade de Deus com os membros da aliança: “Eu já tenho muito meu irmão. Guarde para você o que é seu” (v. 9).

Todos temos muitos adversos na vida, mas nem todos somos comprometidos a resolvê-los. Aqui há uma grande lição de como Deus trabalha para que tenhamos paz em todas as áreas.

Vinte anos depois, deu a Jacó a oportunidade de pedir perdão e se reconciliar com seu irmão, a quem ele havia causado tanta dor.

A Importância da Reconciliação

Jacó sabia que não conseguiria viver para sempre com a dor do engano e da traição. Ele sabia que precisava concertar os erros do passado, e com a ajuda de Deus os fez.

O Senhor quer nos ajudar da mesma forma que fez a Israel. Não precisamos ter medo, nos esconder, evitar. Quando percebeu que o encontro era iminente, o patriarca orou ao Senhor e apresentou todos os seus temores.

Deus o ouviu e fez, além do que ele imaginava.

O Senhor quer nos surpreender da mesma forma. Tudo que precisamos fazer é reagir ao medo e depender da direção e graça de Deus.

Esboço de Gênesis 33:

33.1 – 4: O encontro entre Jacó e Esaú

33.5 – 16: A reconciliação

33.17 – 20: Jacó edifica um altar 

 

Gênesis 33.1 – 4: O encontro entre Jacó e Esaú

1 Quando Jacó olhou e viu que Esaú estava se aproximando, com quatrocentos homens, dividiu as crianças entre Lia, Raquel e as duas servas.

2 Colocou as servas e os seus filhos à frente, Lia e seus filhos depois, e Raquel com José por último.

3 Ele mesmo passou à frente e, ao aproximar-se do seu irmão, curvou-se até o chão sete vezes.

4 Mas Esaú correu ao encontro de Jacó e abraçou-se ao seu pescoço, e o beijou. E eles choraram.

Gênesis 33.5 – 16: A reconciliação

5 Então Esaú ergueu o olhar e viu as mulheres e as crianças. E perguntou: “Quem são estes?” Jacó respondeu: “São os filhos que Deus concedeu ao teu servo”.

6 Então as servas e os seus filhos se aproximaram e se curvaram.

7 Depois, Lia e os seus filhos vieram e se curvaram. Por último, chegaram José e Raquel, e também se curvaram.

8 Esaú perguntou: “O que você pretende com todos os rebanhos que encontrei pelo caminho?” “Ser bem recebido por ti, meu senhor”, respondeu Jacó.

9 Disse, porém, Esaú: “Eu já tenho muito, meu irmão. Guarde para você o que é seu”.

10 Mas Jacó insistiu: Não! Se te agradaste de mim, aceita este presente de minha parte, porque ver a tua face é como contemplar a face de Deus; além disso, tu me recebeste tão bem!

11 Aceita, pois, o presente que te foi trazido, pois Deus tem sido favorável para comigo, e eu já tenho tudo o que necessito. Jacó tanto insistiu que Esaú acabou aceitando.

12 Então disse Esaú: “Vamos seguir em frente. Eu o acompanharei”.

13 Jacó, porém, lhe disse: Meu senhor sabe que as crianças são frágeis e que estão sob os meus cuidados ovelhas e vacas que amamentam suas crias. Se forçá-las demais na caminhada, um só dia que seja, todo o rebanho morrerá.

14 Por isso, meu senhor, vai à frente do teu servo, e eu sigo atrás, devagar, no passo dos rebanhos e das crianças, até que eu chegue ao meu senhor em Seir.

15 Esaú sugeriu: “Permita-me, então, deixar alguns homens com você”. Jacó perguntou: “Mas para quê, meu senhor? Ter sido bem recebido já me foi suficiente!”

16 Naquele dia Esaú voltou para Seir.

Gênesis 33.17 – 20: Jacó edifica um altar

17 Jacó, todavia, foi para Sucote, onde construiu uma casa para si e abrigos para o seu gado. Foi por isso que o lugar recebeu o nome de Sucote.

18 Tendo voltado de Padã-Arã, Jacó chegou a salvo à cidade de Siquém, em Canaã, e acampou próximo da cidade.

19 Por cem peças de prata comprou dos filhos de Hamor, pai de Siquém, a parte do campo onde tinha armado acampamento.

20 Ali edificou um altar e lhe chamou El Elohe Israel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here