Gênesis - Bíblia de Estudo Online

Depois que abençoou seu netos, os filhos de José, Jacó reuniu seus filhos e os abençoou, profetizando sobre o futuro deles. As bênçãos prometidas, foram uma espécie de colheita do seu estilo de vida, até ali (Gênesis 49:3-28).

Com isso, aprendemos que o nosso passado e presente, moldam o nosso futuro. As escolhas que fazemos hoje, refletem diretamente no estilo de vida e nos resultados que ela colocará diante de nós.

O Exemplo de Rúben

Como filho mais velho, Rúben tinha direito a porção dobrada da herança, mas Jacó lhe negou, por causa de seu comportamento desobediente da juventude, que chegou ao ponto máximo, quando ele teve relações com Bila, concubina de Jacó.

Já no caso de Judá é provável que a benção que recaiu sobre ele, seja fruto de sua mudança de atitude. Ele claramente mudou. Isso ficou evidente, quando sem saber que falava com José, contou a história de como o venderam e enganaram seu pai, e sua disposição em trocar sua vida pela de Benjamim.

Esta, veio a se tornar a tribo mais importante de Isael, de onde viriam seus principais reis e de onde viria o Rei Eterno de Israel, Jesus Cristo.

Esboço de Gênesis 49:

49.1,2: A profecia de Israel sobre seus filhos

49.3,4: Sobre Rúben

49.5 – 7: Sobre Simeão

49.8 – 12: Sobre Judá

49.13: Sobre Zebulom

49.14,15: Sobre Issacar

49.16 – 18: Sobre Dã

49.19: Sobre Gade

49.20: Sobre Aser

49.21: Sobre Naftali

49.22 – 26: Sobre José

49.27,28: Sobre Benjamim

49.29 – 33: A morte de Jacó 

 

Gênesis 49.1,2: A profecia de Israel sobre seus filhos

1 Então Jacó chamou seus filhos e disse: Ajuntem-se a meu lado para que eu lhes diga o que lhes acontecerá nos dias que virão.

2 Reúnam-se para ouvir, filhos de Jacó; ouçam o que diz seu pai Israel.

Gênesis 49.3,4: Sobre Rúben

3 Rúben, você é meu primogênito, minha força, o primeiro sinal do meu vigor, superior em honra, superior em poder.

4 Turbulento como as águas, já não será superior, porque você subiu à cama de seu pai, ao meu leito, e o desonrou.

Gênesis 49.5 – 7: Sobre Simeão

5 Simeão e Levi são irmãos; suas espadas são armas de violência.

6 Que eu não entre no conselho deles, nem participe da sua assembleia, porque em sua ira mataram homens e a seu bel-prazer aleijaram bois, cortando-lhes o tendão.

7 Maldita seja a sua ira, tão tremenda, e a sua fúria, tão cruel! Eu os dividirei pelas terras de Jacó e os dispersarei em Israel.

Gênesis 49.8 – 12: Sobre Judá

8 Judá, seus irmãos o louvarão, sua mão estará sobre o pescoço dos seus inimigos; os filhos de seu pai se curvarão diante de você.

9 Judá é um leão novo. Você vem subindo, filho meu, depois de matar a presa. Como um leão, ele se assenta; e deita-se como uma leoa; quem tem coragem de acordá-lo?

10 O cetro não se apartará de Judá, nem o bastão de comando de seus descendentes, até que venha aquele a quem ele pertence, e a ele as nações obedecerão.

11 Ele amarrará seu jumento a uma videira e o seu jumentinho, ao ramo mais seleto; lavará no vinho as suas roupas, no sangue das uvas, as suas vestimentas.

12 Seus olhos serão mais escuros que o vinho; seus dentes, mais brancos que o leite.

Gênesis 49.13 – 18: Sobre Zebulom, Issacar e Dã

13 Zebulom morará à beira-mar e se tornará um porto para os navios; suas fronteiras se estenderão até Sidom.

14 Issacar é um jumento forte, deitado entre as suas cargas.

15 Quando ele perceber como é bom o seu lugar de repouso e como é aprazível a sua terra, curvará seus ombros ao fardo e se submeterá a trabalhos forçados.

16 Dã defenderá o direito do seu povo como qualquer das tribos de Israel.

17 Dã será uma serpente à beira da estrada, uma víbora à margem do caminho, que morde o calcanhar do cavaloe faz cair de costas o seu cavaleiro.

18 Ó Senhor, eu espero a tua libertação!

Gênesis 49.19 – 21: Sobre Gade, Aser e Naftali

19 Gade será atacado por um bando, mas é ele que o atacará e o perseguirá.

20 A mesa de Aser será farta; ele oferecerá manjares de rei.

21 Naftali é uma gazela solta, que por isso faz festa.

Gênesis 49.22 – 26: Sobre José

22 José é uma árvore frutífera, árvore frutífera à beira de uma fonte, cujos galhos passam por cima do muro.

23 Com rancor arqueiros o atacaram, atirando-lhe flechas com hostilidade.

24 Mas o seu arco permaneceu firme, os seus braços fortes, ágeis para atirar, pela mão do Poderoso de Jacó, pelo nome do Pastor, a Rocha de Israel,

25 pelo Deus de seu pai, que ajuda você, o Todo-poderoso, que o abençoa com bênçãos dos altos céus, bênçãos das profundezas, bênçãos da fertilidade e da fartura.

26 As bênçãos de seu pai são superiores às bênçãos dos montes antigos, às delícias das colinas eternas. Que todas essas bênçãos repousem sobre a cabeça de José, sobre a fronte daquele que foi separado de entre os seus irmãos.

Gênesis 49.27,28: Sobre Benjamim

27 Benjamim é um lobo predador; pela manhã devora a presa e à tarde divide o despojo.

28 São esses os que formaram as doze tribos de Israel, e foi isso que seu pai lhes disse, ao abençoá-los, dando a cada um a bênção que lhe pertencia.

Gênesis 49.29 – 33: A morte de Jacó

29 A seguir, Jacó deu-lhes estas instruções: Estou para ser reunido aos meus antepassados. Sepultem-me junto aos meus pais na caverna do campo de Efrom, o hitita,

30 na caverna do campo de Macpela, perto de Manre, em Canaã, campo que Abraão comprou de Efrom, o hitita, como propriedade para sepultura.

31 Ali foram sepultados Abraão e Sara, sua mulher, e Isaque e Rebeca, sua mulher; ali também sepultei Lia.

32 “Tanto o campo como a caverna que nele está foram comprados dos hititas”.

33 Ao acabar de dar essas instruções a seus filhos, Jacó deitou-se, expirou e foi reunido aos seus antepassados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here