Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Isaías 2 Estudo: O Dia do Senhor

Em Isaías 2, o Senhor Deus revela ao profeta que nos últimos dias o Templo do Senhor, isto é a Igreja será estabelecida como principal na Terra.

Em seguida Ele condena a idolatria praticada no meio do seu povo, reprovando o fato de eles se inclinarem diante da obra de suas próprias mãos.

Isaías termina dizendo que o Dia do Senhor vem, e que ele será um dia decisivo para a humanidade. Naquele Dia, os que confiam em imagens de escultura e em falsos deus, e não no Senhor Deus, serão destruídos. (Ver Isaías 1 Estudo)

Em Isaías 2 veremos:

Isaías 2.1 – 5: O monte do Senhor

Isaías 2.6 – 10: A idolatria de Israel

Isaías 2.11 – 22: O Dia do Senhor

 

Versículos Chave:

Isaías 2.2: “Nos últimos dias o monte do templo do Senhor será estabelecido como o principal; será elevado acima das colinas, e todas as nações correrão para ele”.

Não sei você, mas eu já percebi que a maioria das pessoas é um monte de “Maria vai com as outras”. Quando o cristianismo está em “alta”, são cristãs. Quando não, são outra coisa.

Elas seguem a tendência, o mais fácil. Não suportam a oposição e são mais um na multidão.

Quando o Reino de Deus se manifestar completamente e a glória do Senhor Deus, encher a Terra, essas pessoas padecerão.

O contrário acontecerá aqueles que suportaram o julgo e as durezas do Evangelho. Estes serão glorificados juntamente com Jesus Cristo e herdarão as riquezas do Monte Santo de Deus.

Isaías 2.8: “Sua terra está cheia de ídolos. Eles se inclinam diante da obra das suas mãos, diante do que os seus dedos fizeram”.

A idolatria é um mal que assola muitas pessoas. Elas seguem aquilo que elas mesmas criaram. É um dos maiores níveis de cegueira espiritual.

É também uma das coisas que Deus odeia. Ele não a tolera de maneira nenhuma. Não importa se é uma “boa velhinha”, ou “velhinho”, alguém influente ou importante.

Para Deus a idolatria é abominável e quem a pratica, só é aceito por ele mediante arrependimento sincero e conversão.

Isaías 2.22: “Parem de confiar no homem, cuja vida não passa de um sopro em suas narinas. Que valor ele tem?”

Na sociedade humanista em que vivemos, confiar naquilo que podemos fazer é com certeza a primeira opção da lista de escolhas da maioria das pessoas.

Vivemos em uma sociedade religiosa mas profundamente incrédula. Seu deus, são elas mesmas e suas potencialidades.

A Palavra de Deus nos adverte a abandonar este tipo de confiança e confiar no Senhor Deus, pois a nossa humanidade é vulnerável, o Senhor porém é Eterno.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.