Isaías - Bíblia de Estudo Online

Em Isaías 58, o Senhor confronta aqueles que jejuam e esperam por mudanças, mas que nada acontece. Neste trecho, fica muito claro qual o verdadeiro jejum que agrada a Deus.

Há muito tempo o Senhor tem deixado claro que a mera religiosidade, não o agrada. Privar o seu corpo de alimento, ou bebida, ou qualquer outra coisa mas continuar com atitudes carnais e pecaminosas, é um tipo de “consagração” ineficiente.

O Senhor Deus nos ensina claramente qual o jejum que o agrada (Isaías 58:6,7)

Ou seja, nossa consagração em jejum deve estar diretamente ligada à nossa atitude, para ter o fim desejado nas promessas de Deus.

Além disso, o Senhor destaca novamente a importância do sábado. O dia consagrado a Deus, para adoração e aprendizado.

Se não separarmos um tempo de qualidade para buscar ao Senhor, não podemos esperar contar com seu favor e bênção, ainda hoje precisamos fazer isso, não importa qual o dia. Contudo, o sentido deve ser mantido.

Esboço de Isaías 58:

58.1 – 5: “Por que jejuamos?”

58.6 – 12: O verdadeiro jejum

58.13,14: A importância do sábado

 

Isaías 58.1 – 5: “Por que jejuamos?”

1 Grite alto, não se contenha! Levante a voz como trombeta. Anuncie ao meu povo a rebelião dele, e à comunidade de Jacó, os seus pecados.

2 Pois dia a dia me procuram; parecem desejosos de conhecer os meus caminhos, como se fossem uma nação que faz o que é direito e que não abandonou os mandamentos do seu Deus. Pedem-me decisões justas e parecem desejosos de que Deus se aproxime deles.

3 “Por que jejuamos”, dizem, “e não o viste? Por que nos humilhamos, e não reparaste?” Contudo, no dia do seu jejum vocês fazem o que é do agrado de vocês, e exploram os seus empregados.

4 Seu jejum termina em discussão e rixa, e em brigas de socos brutais. Vocês não podem jejuar como fazem hoje e esperar que a sua voz seja ouvida no alto.

5 Será esse o jejum que escolhi, que apenas um dia o homem se humilhe, incline a cabeça como o junco e se deite sobre pano de saco e cinzas? É isso que vocês chamam jejum, um dia aceitável ao Senhor?

Isaías 58.6 – 12: O verdadeiro jejum

6 O jejum que desejo não é este: soltar as correntes da injustiça, desatar as cordas do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e romper todo jugo?

7 Não é partilhar sua comida com o faminto, abrigar o pobre desamparado, vestir o nu que você encontrou, e não recusar ajuda ao próximo?

8 Aí sim, a sua luz irromperá como a alvorada, e prontamente surgirá a sua cura; a sua retidão irá adiante de você, e a glória do Senhor estará na sua retaguarda.

9 Aí sim, você clamará ao Senhor, e ele responderá; você gritará por socorro, e ele dirá: Aqui estou. Se você eliminar do seu meio o jugo opressor, o dedo acusador e a falsidade do falar;

10 se com renúncia própria você beneficiar os famintos e satisfizer o anseio dos aflitos, então a sua luz despontará nas trevas, e a sua noite será como o meio-dia.

11 O Senhor o guiará constantemente; satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sole fortalecerá os seus ossos. Você será como um jardim bem regado, como uma fonte cujas águas nunca faltam.

12 Seu povo reconstruirá as velhas ruínas e restaurará os alicerces antigos; você será chamado reparador de muros, restaurador de ruas e moradias.

Isaías 58.13,14: A importância do sábado

13 Se você vigiar seus pés para não profanar o sábado e para não fazer o que bem quiserem meu santo dia; se você chamar delícia o sábado e honroso o santo dia do Senhor, e se honrá-lo, deixando de seguir seu próprio caminho, de fazer o que bem quiser e de falar futilidades,

14 então você terá no Senhor a sua alegria, e eu farei com que você cavalgue nos altos da terra e se banqueteie com a herança de Jacó, seu pai. É o Senhor quem fala.

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here