Em Jeremias 46, o Senhor Deus anuncia a destruição sobre o Egito, por meio das mãos de Nabucodonosor, assim como havia dito. Em contrapartida, Ele diz ao seu povo que não fique assustado, porque há restauração preparada para eles.

Deus não trata seu povo como trata o ímpio, aqueles que não têm aliança com Ele. Recebemos um tratamento diferenciado, amoroso e cheio de graça

Esboço de Jeremias 46:

Jeremias 46.1 – 12: O Egito será destruído

Jeremias 46.13 – 26: A vinda de Nabucodonosor

Jeremias 46.27,28: Não fique assustado

 

Jeremias 46.1 – 12: O Egito será destruído

1 Esta é a mensagem do Senhor que veio ao profeta Jeremias acerca das nações:

2 Acerca do Egito: Esta é a mensagem contra o exército do rei do Egito, o faraó Neco, que foi derrotado em Carquemis, junto ao rio Eufrates, por Nabucodonosor, rei da Babilônia, no quarto ano do reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá:

3 Preparem seus escudos, os grandes e os pequenos, e marchem para a batalha!

4 Selem os cavalos e montem! Tomem posição e coloquem o capacete! Passem óleo na ponta de suas lanças e vistam a armadura!

5 Mas o que vejo? Eles estão apavorados, estão se retirando, seus guerreiros estão derrotados. Fogem às pressas, sem olhar para trás; há terror por todos os lados, declara o Senhor.

6 O ágil não consegue fugir, nem o forte escapar. No norte, junto ao rio Eufrates, eles tropeçam e caem.

7 Quem é aquele que se levanta como o Nilo, como rios de águas agitadas?

8 O Egito se levanta como o Nilo, como rios de águas agitadas. Ele diz: “Eu me levantarei e cobrirei a terra; destruirei as cidades e os seus habitantes”.

9 Ao ataque, cavalos! Avancem, carros de guerra! Marchem em frente, guerreiros! Homens da Etiópia e da Líbia, que levam escudos; homens da Lídia, que empunham o arco!

10 Mas aquele dia pertence ao Soberano, ao Senhor dos Exércitos. Será um dia de vingança, para vingar-se dos seus adversários. A espada devorará até saciar-se, até satisfazer sua sede de sangue. Porque o Soberano, o Senhor dos Exércitos, fará um banquete na terra do norte, junto ao rio Eufrates.

11 Suba a Gileade em busca de bálsamo, ó virgem, filha do Egito! Você multiplica remédios em vão; não há cura para você.

12 As nações ouviram da sua humilhação; os seus gritos encheram a terra, quando um guerreiro tropeçou noutro guerreiro e ambos caíram.

Jeremias 46.13 – 26: A vinda de Nabucodonosor

13 Esta é a mensagem que o Senhor falou ao profeta Jeremias acerca da vinda de Nabucodonosor, rei da Babilônia, para atacar o Egito:

14 Anunciem isto no Egito e proclamem-no em Migdol; proclamem-no também em Mênfis e em Tafnes: Assumam posição! Preparem-se! Porque a espada devora aqueles que estão ao seu redor.

15 Por que o deus Ápis fugiu? O seu touro não resistiu, porque o Senhor o derrubou.

16 Tropeçam e caem, caem uns sobre os outros. Eles dizem: “Levantem-se. Vamos voltar para nosso próprio povoe para nossa terra natal, para longe da espada do opressor.

17 O faraó, rei do Egito, é barulho e nada mais! Ele perdeu a sua oportunidade”.

18 “Juro pela minha vida”, declara o Rei, cujo nome é Senhor dos Exércitos, “ele virá como o Tabor entre os montes, como o Carmelo junto ao mar.

19 Arrumem a bagagem para o exílio, vocês que vivem no Egito, pois Mênfis será arrasada, ficará desolada e desabitada.

20 O Egito é uma linda novilha, mas do norte a ataca uma mutuca.

21 Os mercenários em suas fileiras são como bezerros gordos. Eles também darão meia volta e juntos fugirão; não defenderão suas posições, pois o dia da derrota deles está chegando, a hora de serem castigados.

22 O Egito silvará como uma serpente em fuga à medida que o inimigo avança com grande força. Virão sobre ele com machados, como os homens que derrubam árvores.

23 Eles derrubarão sua floresta”, declara o Senhor, “por mais densa que seja. São mais que os gafanhotos; são incontáveis!

24 A cidade do Egito será envergonhada, será entregue nas mãos do povo do norte.

25 O Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel, diz: Castigarei Amom, deus de Tebas, o faraó, o Egito, seus deuses e seus reis, e também os que confiam no faraó.

26 Eu os entregarei nas mãos daqueles que desejam tirar-lhes a vida; nas mãos de Nabucodonosor, rei da Babilônia, e de seus oficiais. Mais tarde, porém, o Egito será habitado como em épocas passadas, declara o Senhor.

Jeremias 46.27,28: Não fique assustado

27 Quanto a você, não tema, meu servo Jacó! Não fique assustado, ó Israel! Eu o salvarei de um lugar distante, e os seus descendentes, da terra do seu exílio. Jacó voltará e ficará em paz e em segurança; ninguém o inquietará.

28 Não tema, meu servo Jacó! Eu estou com você”, declara o Senhor. “Destruirei completamente todas as nações entre as quais eu o dispersei; mas a você não destruirei completamente. Eu o disciplinarei como você merece; não serei severo demais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here