Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Jó 18 Estudo: Segundo Discurso de Bildade

Em Jó 18, Bildade desfere um segundo ataque contra Jó. No seu primeiro discurso (Jó 8), ele lhe tinha dado encorajamento para ter esperança de que tudo lhe sairia bem.

Mas aqui não há uma palavra sequer sobre isto; ele ficou mais irritante, e está tão longe de ser convencido pelos argumentos de Jó que está ainda mais exasperado.

Ele reprova Jó de maneira contundente, como sendo arrogante e inflamado, e obstinado na sua opinião (v.v. 1-4). Ele detalha a doutrina que tinha apresentado antes, a respeito da miséria dos ímpios e a ruína que os acompanha (v.v. 5-21).

Aqui, ele parece, o tempo todo, se fixar nas queixas de Jó sobre a infeliz condição em que se encontrava, de que ele estava nas trevas, confuso, preso, aterrorizado, e apressando-se para deixar o mundo. “Esta”, diz Bildade, “é a condição de um homem ímpio; e, portanto, és um deles”. (Henry, Matthew, Comentário dos Livros Poéticos)

Vemos que quanto mais o tempo passa e a condição de Jó piora, mais os seus amigos falham no quesito amor ao próximo. Eles estavam tão preocupados em achar o erro de Jó, que esqueceram de amá-lo.

Esboço de Jó 18:

Jó 18.1 – 4: Segundo discurso de Bildade

Jó 18.5 – 10: A infelicidade dos ímpios

Jó 18.11 – 21: O terror cerca o ímpio 

 

Jó 18.1 – 4: Segundo discurso de Bildade

1 Então Bildade, de Suá, respondeu:

2 Quando você vai parar de falar? Proceda com sensatez, e depois poderemos conversar.

3 Por que somos considerados como animais, e somos ignorantes aos seus olhos?

4 Ah, você, que se dilacera de ira! Deve-se abandonar a terra por sua causa? Ou devem as rochas mudar de lugar?

Jó 18.5 – 10: A infelicidade dos ímpios

5 A lâmpada do ímpio se apaga, e a chama do seu fogo se extingue.

6 Na sua tenda a luz se escurece; a lâmpada de sua vida se apaga.

7 O vigor dos seus passos se enfraquece, e os seus próprios planos o lançam por terra.

8 Por seus próprios pés você se prende na rede, e se perde na sua malha.

9 A armadilha o pega pelo calcanhar; o laço o prende firme.

10 O nó corredio está escondido na terra para pegá-lo, há uma armadilha em seu caminho.

Jó 18.11 – 21: O terror cerca o ímpio

11 Terrores de todos os lados o assustam e o perseguem em todos os seus passos.

12 A calamidade tem fome de alcançá-lo; a desgraça está à espera de sua queda

13 e consome partes da sua pele; o primogênito da morte devora os membros do seu corpo.

14 Ele é arrancado da segurança de sua tenda, e o levam à força ao rei dos terrores.

15 O fogo mora na tenda dele; espalham enxofre ardente sobre a sua habitação.

16 Suas raízes secam-se embaixo, e seus ramos murcham em cima.

17 Sua lembrança desaparece da terra, e nome não tem, em parte alguma.

18 É lançado da luz para as trevas; é banido do mundo.

19 Não tem filhos nem descendentes entre o seu povo, nem lhe restou sobrevivente algum nos lugares onde antes vivia.

20 Os homens do ocidente assustam-se com a sua ruína, e os do oriente enchem-se de pavor.

21 É assim a habitação do perverso; essa é a situação de quem não conhece a Deus.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});