Jó 2 Estudo: Um Novo Teste Na Vida de Jó

No segundo teste de Satanás, ele novamente indiciou as palavras de Deus e impugnou os motivos e o caráter de Jó (cf. 1:6-8). Embora Satanás tenha acusado Jó de ter um motivo oculto em sua adoração, Deus devolveu isso ao acusador, dizendo que Satanás não tinha motivo para incitar a Deus contra o patriarca (Jó 2:1–4).

Nesta terceira cena, de volta ao céu, o Diabo insinuou que Jó ainda estava adorando a Deus porque ainda não havia desistido de sua vida. “Pele para a pele! Um homem dará tudo o que ele tem – bens e filhos – por sua própria vida”. “Pele por pele” era um ditado proverbial, possivelmente sobre troca ou comércio de peles de animais.

Satanás insinuou que Jó havia negociado voluntariamente as peles (vidas) de seus próprios filhos, porque, em troca, Deus lhe dera sua própria pele (vida). Isso novamente implicou que Jó era egoísta (Jó 2:5–6).

Satanás sugeriu que se Jó sofresse fisicamente, amaldiçoaria a Deus à Sua face (cf. 1.11), pois Jó não teria razão para adoração. Ele veria que Deus estava contra ele.

Surpreendentemente, o Senhor permitiu que Satanás afligisse Jó, mas não o matasse. Deus sabia que Jó não O negaria. (1)

Esboço de Jó 2:

2.1 – 6: Um novo teste

2.7 – 10: Enfermidades e sofrimento de Jó

2.11 – 13: Os amigos de Jó 

 

Jó 2.1 – 6: Um novo teste

1 Num outro dia os anjos vieram apresentar-se ao Senhor, e Satanás também veio com eles para apresentar-se.

2 O Senhor perguntou a Satanás, “De onde você veio? ” Satanás respondeu ao Senhor: “De perambular pela terra e andar por ela”.

3 Disse então o Senhor a Satanás: “Repa­rou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal. Ele se mantém ínte­gro, apesar de você me haver instigado contra ele para arruiná-lo sem motivo”.

4 “Pele por pele! ”, respondeu Satanás. “Um homem dará tudo o que tem por sua vida.

5 Estende a tua mão e fere a sua carne e os seus ossos, e com certeza ele te amaldiçoará na tua face.

6 O Senhor disse a Satanás: “Pois bem, ele está nas suas mãos; apenas poupe a vida dele”.

Jó 2.7 – 10: Enfermidades e sofrimento de Jó

7 Saiu, pois, Satanás da presença do Senhor e afligiu Jó com feridas terríveis, da sola dos pés ao alto da cabeça.

8 Então Jó apanhou um caco de louça e com ele se raspava, senta­do entre as cinzas.

9 Então sua mulher lhe disse: “Você ainda mantém a sua integridade? Amaldiçoe a Deus, e morra!”

10 Ele respondeu: “Você fala como uma insensata. Aceitaremos o bem dado por Deus, e não o mal?” Em tudo isso Jó não pecou com seus lábios.

Jó 2.11 – 13: Os amigos de Jó

11 Quando três amigos de Jó, Elifaz, de Temã, Bildade, de Suá, e Zofar, de Naamate, souberam de todos os males que o haviam atingido, saíram, cada um da sua região. Combinaram encontrar-se para, juntos, irem mostrar solidariedade a Jó e consolá-lo.

12 Quando o viram a distância, mal puderam reconhecê-lo e começa­ram a chorar em alta voz. Cada um deles rasgou seu manto e colocou terra sobre a cabeça.

13 Depois os três se assentaram no chão com ele, durante sete dias e sete noites. Ninguém lhe disse uma palavra, pois viam como era grande o seu sofrimento.

 

Referências:

Zuck, R. B. (1985). Job. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 721). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here