Jó - Bíblia de Estudo Online

Em Jó 23 vemos que o grande desejo do servo de Deus neste momento, era que pudesse estar diante do Senhor para conhecer os motivos que estavam por trás de tamanha aflição.

Ele continua argumentando com Elifaz, Bidade e Zofar, que as questões da vida não são tão simples quanto eles acreditam.

De fato, nós leitores sabemos que havia, mas eles não.

Essa situação deve ser para nós um exemplo de como devemos nos comportar diante do novo, daquilo que não é bem compreendido, esclarecido.

Ao invés de ficar fazendo suposições que não levam a lugar nenhum, por que não orar? Ficar em silêncio? Aguardar?

Porque sempre temos que ter respostas?

Só temos acesso hoje, aquilo que nos foi revelado pelo Espírito Santo através da Palavra de Deus. E mesmo sendo uma inspiração direta do Trono da Graça, continuamos conhecendo só em parte.

O conselho de Jó aos seus amigos é completamente válido. E devemos segui-lo nós também.

Esboço de Jó 23:

23.1 – 7: Onde Deus está?

23.8 – 12: Não o enxergo

23.13 – 17: A Soberania de Deus 

 

Jó 23.1 – 7: Onde Deus está?

1 Então Jó respondeu:

2 Até agora me queixo com amargura; a mão dele é pesada, a despeito de meu gemido.

3 Se tão-somente eu soubesse onde encontrá-lo e como ir à sua habitação!

4 Eu lhe apresentaria a minha causa e encheria a minha boca de argumentos.

5 Estudaria o que ele me respondesse e analisaria o que me dissesse.

6 Será que ele se oporia a mim com grande poder? Não, ele não me faria acusações.

7 O homem íntegro poderia apresentar-lhe sua causa; eu seria liberto para sempre de quem me julga.

Jó 23.8 – 12: Não o enxergo

8 Mas, se vou para o oriente, lá ele não está; se vou para o ocidente, não o encontro.

9 Quando ele está em ação no norte, não o enxergo; quando vai para o sul, nem sombra dele eu vejo!

10 Mas ele conhece o caminho por onde ando; se me puser à prova, aparecerei como o ouro.

11 Meus pés seguiram de perto as suas pegadas; mantive-me no seu caminho sem desviar-me.

12 Não me afastei dos mandamentos dos seus lábios; dei mais valor às palavras de sua bocado que ao meu pão de cada dia.

Jó 23.13 – 17: A Soberania de Deus

13 Mas ele é ele! Quem poderá fazer-lhe oposição? Ele faz o que quer.

14 Executa o seu decreto contra mim, e tem muitos outros planos semelhantes.

15 Por isso fico apavorado diante dele; pensar nisso me enche de medo.

16 Deus fez desmaiar o meu coração; o Todo-poderoso causou-me pavor.

17 Contudo, não fui silenciado pelas trevas, pelas densas trevas que cobrem o meu rosto.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here