Jó - Bíblia de Estudo Online

Jó nem sabia quando certos animais davam à luz seus filhotes ou conhecia seus períodos de gestação (Jó 39:1–4). Totalmente à parte da ajuda ou do conhecimento do homem, mas obviamente sob a supervisão de Deus, as cabras montesas e os cervos criam seus filhotes, que logo crescem, deixam seus pais e cuidam de si mesmos (cf. referências aos “jovens” em 38:41; 39:30).

Este cabrito montês pode ser o íbex núbio, uma cabra na selva do Oriente Médio que se esconde quando tem seus filhotes. Mesmo agora, relativamente poucas pessoas já viram essas cabras quando estão tendo seus descendentes (Avinoam Danin, “Você sabe quando os íbex dão à luz?”  (1)

Esboço de Jó 39:

39.1 – 12: A ignorância humana sobre a criação

39.13 – 18: Descrição do Avestruz e do Pavão

39.19 – 25: Descrição do cavalo de batalha

39.26 – 39: Descrição da águia e do gavião 

 

Jó 39.1 – 12: A ignorância humana sobre a criação

1 Você sabe quando as cabras monteses dão à luz? Você está atento quando a corça tem o seu filhote?

2 Acaso você conta os meses até elas darem à luz? Sabe em que época elas têm as suas crias?

3 Elas se agacham, dão à luz os seus filhotes, e suas dores se vão.

4 Seus filhotes crescem nos campos e ficam fortes; partem, e não voltam mais.

5 Quem pôs em liberdade o jumento selvagem? Quem soltou suas cordas?

6 Eu lhe dei o deserto como lar, o leito seco de lagos salgados como sua morada.

7 Ele se ri da agitação da cidade; não ouve os gritos do tropeiro.

8 Vagueia pelas colina sem busca de pasto e vai em busca daquilo que é verde.

9 Será que o boi selvagem consentirá em servir você? E em passar a noite ao lado dos cochos do seu curral?

10 Poderá você prendê-lo com arreio na vala? Irá atrás de você arando os vales?

11 Você vai confiar nele, por causa da sua grande força? Vai deixar a cargo dele o trabalho pesado que você tem que fazer?

12 Poderá você estar certo de que ele recolherá o seu trigo e o ajuntará na sua eira?

Jó 39.13 – 18: Descrição do Avestruz e do Pavão

13 A avestruz bate as asas alegremente. Que se dirá então das asas e da plumagem da cegonha?

14 Ela abandona os ovos no chão e deixa que a areia os aqueça,

15 esquecida de que um pé poderá esmagá-los, que algum animal selvagem poderá pisoteá-los.

16 Ela trata mal os seus filhotes, como se não fossem dela, e não se importa se o seu trabalho é inútil.

17 Isso porque Deus não lhe deu sabedoria nem parcela alguma de bom senso.

18 Contudo, quando estende as penas para correr, ela ri do cavaloe daquele que o cavalga.

Jó 39.19 – 25: Descrição do cavalo de batalha

19 É você que dá força ao cavaloou veste o seu pescoço com sua crina tremulante?

20 Você o faz saltar como gafanhoto, espalhando terror com o seu orgulhoso resfolegar?

21 Ele escarva com fúria, mostra com prazer a sua força, e sai para enfrentar as armas.

22 Ele ri do medo e nada teme; não recua diante da espada.

23 A aljava balança ao seu lado, com a lança e o dardo flamejantes.

24 Num furor frenético ele devora o chão; não consegue esperar pelo toque da trombeta.

25 Ao ouvi-lo, ele relincha: “Eia!” De longe sente cheiro de combate, o brado de comando e o grito de guerra.

Jó 39.26 – 39: Descrição da águia e do gavião

26 É graças à inteligência que você tem que o falcão alça voo e estende as asas rumo ao sul?

27 É por sua ordem, que a águia se eleva e no alto constrói o seu ninho?

28 Um penhasco é sua morada, e ali passa a noite; uma escarpa rochosa é a sua fortaleza.

29 De lá sai ela em busca de alimento; de longe os seus olhos o veem.

30 Seus filhotes bebem sangue, e, onde há mortos, ali ela está.

 

Referências:

Zuck, R. B. (1985). Job. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 769). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here