Jó - Bíblia de Estudo Online

O livro de Jó é um dos mais populares de toda a Bíblia, por causa de seu conteúdo fascinante e história envolvente, onde um dos homens mais santos da Escrituras é posto a prova por causa de um acordo feito entre Deus e o Diabo.

Na primeira parte, do capítulo 1:1-2:13, vemos como uma série de calamidades aflige a Jó. Em um só dia, ele perde todos os seus bens e recebe a triste notícia de que todos os seus filhos estão mortos.

Pouco depois, após nova investida do Diabo, sua saúde lhe é tirada e sua mulher, aflita, aconselha que ele amaldiçoe a Deus.

Mesmo diante de tamanha aflição e dor, Jó não blasfema contra o Senhor, pelo contrário, ele mantém uma atitude de reverência e adoração.

Na segunda parte, do capítulo 3:1-31:40, vemos o início da série de três discussões que ocorrem entre os amigos acusadores e Jó. Eles insistem que tudo o que ele está vivendo é fruto de pecado, mas Jó defende sua integridade e diz que não cometeu erro, que justifique tamanha aflição.

Na terceira parte, do capítulo 32:1-37:24, vemos as palavras do jovem Eliú, que parece ser o mais sensato de todos, tanto que no final não é repreendido pelo Senhor.

Na quarta parte, do capítulo 38:1-41:34, vemos que o próprio Deus aparece a Jó e a seus amigos em um redemoinho e começa a conversar com Jó e a lhe fazer perguntas. O que Jó mais queria, finalmente aconteceu, mas diante da glória de Deus, tudo o que ele conseguiu foi permanecer calado.

Na quinta e última parte, no capítulo 42, vemos a humilhação e arrependimento de Jó, diante da majestade e do conhecimento de Deus. Quando ele finalmente agiu como servo submisso na provação, o Senhor restaurou sua saúde e lhe restituiu todos os bens e a família.

Enfim, é um livro espetacular, que muito acrescenta a fé dos filhos de Deus e nos ensina a não querer a resposta de tudo o que Deus faz em nossa vida, mas nutrir a certeza de que o fim será muito bom.

Capítulos de Jó:

Capítulo 1: Tristeza e Submissão

Capítulo 2: Um Novo Teste Na Vida

Capítulo 3: Amaldiçoando o Dia do Nascimento

Capítulo 4: As Palavras de Elifaz

Capítulo 5: Não Sofremos à Toa

Capítulo 6: A Resposta do Servo a Elifaz

Capítulo 7: Que Mal Cometi Contra Deus?

Capítulo 8: Bildade Acusa de Pecado

Capítulo 9: A Reposta a Bildade

Capítulo 10: Uma Vida de Desgosto

Capítulo 11: A Resposta de Zofar

Capítulo 12: A Resposta a Zofar

Capítulo 13: Quero Falar com Deus

Capítulo 14: A Vida é Curta e Frágil

Capítulo 15: Elifaz Novamente Acusa

Capítulo 16: Dor Que Não Alivia

Capítulo 17: Ficando Ainda Mais Difícil

Capítulo 18: Segundo Discurso de Bildade

Capítulo 19: A Solidão Na Dificuldade

Capítulo 20: O Segundo Discurso de Zofar

Capítulo 21: A Prosperidade dos Ímpios

Capítulo 22: O Terceiro Discurso de Elifaz

Capítulo 23: Onde Deus Está Afinal?

Capítulo 24: A Impunidade Momentânea dos Ímpios

Capítulo 25: Deus vs Homem

Capítulo 26: O Poder e a Sabedoria de Deus

Capítulo 27: A Devoção Diante das Dificuldades

Capítulo 28: De Onde Vem a Sabedoria?

Capítulo 29: “Saudades…”

Capítulo 30: O Desprezo Recaiu

Capítulo 31: A Defesa Pessoal

Capítulo 32: As Palavras de Eliú

Capítulo 33: Deus é Maior Que os Homens

Capítulo 34: Deus Não Pratica o Mal

Capítulo 35: Eliú Acusa de Ignorância

Capítulo 36: Deus Não Despreza os Homens

Capítulo 37: Reflita Nas Maravilhas de Deus

Capítulo 38: Deus Responde

Capítulo 39: A Ignorância Humana Sobre a Criação

Capítulo 40: Reconhecimento de Sua Indignidade

Capítulo 41: A Descrição do Leviatã

Capítulo 42: Deus Justifica no Final

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here