Juízes 10 Estudo: A Liderança de Tola e Jair

Tola e Jair aparecem em Juízes 10, e estavam entre os chamados “juízes menores”, mas não foram menos significativos na libertação de Israel durante o período anterior à monarquia. O juízo de Tola, em particular, foi uma ação temporária contra a decadência de Abimeleque. O juízo de Jair em Gileade antecipou o julgamento do próximo juiz principal, Jefté, na mesma área geográfica.

Como Tola era um libertador na região montanhosa de Efraim, mas era um homem de Issacar, seu poder de julgamento pode ter afetado a tribo adjacente de Manassés, onde o pequeno reino de Abimeleque fora estabelecido (Juízes 10:1–2).

Como nenhum opressor estrangeiro é mencionado, seus atos de libertação podem ter relação com conflitos internos e o triste estado de coisas (incluindo o governo de Abimeleque) que se seguiu à influência positiva de Gideão.

Tola julgou Israel 23 anos antes de sua morte. O local de Samir, seu local de residência e sepultamento, não foi identificado.

A liderança de Jair

Depois do julgamento de Tola, Jair liderou Israel 22 anos em Gileade, na área transjordaniana de Manassés (Juízes 10:3–5). Seu status nobre é evidenciado por sua grande prole de 30 filhos, cada um com um jumento como símbolo de status (cf. 12:14).

As “aldeias de tendas de Jair” (Havvoth Jair) eram um grupo de cidades em Basã nomeadas por um Jair anterior (Núm. 32: 39–42; Dt 3:14), que eram relativamente permanentes, pois ainda estavam lá nos dias do autor do Livro dos Juízes. O local de enterro de Jair, Camon, que pode ser o Qamm moderno em Gileade. (1)

Esboço de Juízes 10:

10.1 – 5: A liderança de Tola e Jair

10.6 – 9: Transtornos do pecado

10.10 – 18: Arrependimento de Israel 

 

A liderança de Tola e Jair

1 Depois de Abimeleque, um homem de Issacar chamado Tolá, filho de Puá, filho de Dodô, levantou-se para libertar Israel. Ele morava em Samir, nos montes de Efraim,

2 e liderou Israel durante vinte e três anos; então morreu e foi sepultado em Samir.

3 Depois dele veio Jair, de Gileade, que liderou Israel durante vinte e dois anos.

4 Teve trinta filhos, que montavam trinta jumentos. Eles tinham autoridade sobre trinta cidades, as quais até hoje são chamadas “povoados de Jair” e ficam em Gileade.

5 Quando Jair morreu, foi sepultado em Camom.

Transtornos do pecado

6 Mais uma vez os israelitas fizeram o que o Senhor reprova. Serviram aos baalins, às imagens de Astarote, aos deuses de Arã, aos deuses de Sidom, aos deuses de Moabe, aos deuses dos amonitas e aos deuses dos filisteus. E como os israelitas abandonaram o Senhor e não mais lhe prestaram culto,

7 a ira do Senhor se acendeu contra eles. Ele os entregou nas mãos dos filisteus e dos amonitas,

8 que naquele ano os humilharam e os oprimiram. Durante dezoito anos oprimiram todos os israelitas do lado leste do Jordão, em Gileade, terra dos amorreus.

9 Os amonitas também atravessaram o Jordão para lutar contra Judá, contra Benjamim e contra a tribo de Efraim; e grande angústia dominou Israel.

Arrependimento de Israel

10 Então os israelitas clamaram ao Senhor, dizendo: “Temos pecado contra ti, pois abandonamos o nosso Deus e prestamos culto aos baalins!”

11 O Senhor respondeu: Quando os egípcios, os amorreus, os amonitas, os filisteus,

12 os sidônios, os amalequitas e os maonitas os oprimiram, e vocês clamaram a mim, eu os libertei das mãos deles.

13 Mas vocês me abandonaram e prestaram culto a outros deuses. Por isso não os livrarei mais.

14 Clamem aos deuses que vocês escolheram. Que eles os livrem na hora do aperto!

15 Os israelitas, porém, disseram ao Senhor: “Nós pecamos. Faze conosco o que achares melhor, mas te rogamos, livra-nos agora”.

16 Então eles se desfizeram dos deuses estrangeiros que havia entre eles e prestaram culto ao Senhor. E ele não pôde mais suportar o sofrimento de Israel.

17 Quando os amonitas foram convocados e acamparam em Gileade, os israelitas reuniram-se e acamparam em Mispá.

18 Os líderes do povo de Gileade disseram uns aos outros: “Quem iniciar o ataque contra os amonitas será chefe dos que vivem em Gileade”.

 

Referências:

Lindsey, F. D. (1985). Judges. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 399). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here