Levítico - Bíblia de Estudo Online

Em Levítico 17 vemos as regras referentes a morte dos animais. O povo estava proibido de derramar o sangue dos animais de maneira imprópria, sem propósito.

Só lhes era permitido tirar a vida dos animais em caso de sacrifícios ao Senhor, que deveriam ser validados junto ao Tabernáculo, ou seja, os israelitas estavam proibidos de oferecer sacrifícios por conta própria em qualquer lugar.

Com isso, o Senhor estabelecia regras que mantinham a organização e a santidade dos atos, além de proteger a vida dos animais.

Em caso de caça para alimento, o sangue dos animais deveria ser coberto com areia, para preservar o valor e a dignidade da vida.

Por fim, o Senhor apresenta a proibição para o comer sangue, pois nele, estava a vida do animal. A única recomendação cerimonial que foi repassada para a Nova Aliança em Jesus (Atos 15:29).

Muitos cristãos acham que esta é uma regra fútil, mas particularmente falando, prefiro ficar com a recomendação dos apóstolos do Senhor e com a Santa Palavra de Deus.

Não acredito que tenhamos a possibilidade de negociar, sobre o que devemos obedecer.

Esboço de Levítico 17:

17.1 – 9: Instruções a respeito do sacrifício

17.10 – 16: A proibição de comer sangue 

 

Levítico 17.1 – 9: Instruções a respeito do sacrifício

1 O Senhor disse a Moisés:

2 Diga a Arão e seus filhos e a todos os israelitas o que o Senhor ordenou:

3 Qualquer israelita que sacrificar um boi, um cordeiro ou um cabrito dentro ou fora do acampamento,

4 e não o trouxer à entrada da Tenda do Encontro para apresentá-lo como oferta ao Senhor, diante do tabernáculo do Senhor, será considerado culpado de sangue; derramou sangue e será eliminado do meio do seu povo.

5 Os sacrifícios, que os israelitas agora fazem em campo aberto, passarão a trazer ao Senhor, entregando-os ao sacerdote, para oferecê-los ao Senhor, à entrada da Tenda do Encontro, e os sacrificarão como ofertas de comunhão.

6 O sacerdote aspergirá o sangue no altar do Senhor, à entrada da Tenda do Encontro, e queimará a gordura como aroma agradável ao Senhor.

7 Não oferecerão mais sacrifícios aos ídolos em forma de bode, aos quais prestam culto imoral. Este é um decreto perpétuo para eles e para as suas gerações.

8 Diga-lhes: Todo israelita ou estrangeiro residente que oferecer holocausto ou sacrifício,

9 e não o trouxer à entrada da Tenda do Encontro para oferecê-lo ao Senhor, será eliminado do meio do seu povo.

Levítico 17.10 – 16: A proibição de comer sangue

10 Todo israelita ou estrangeiro residente que comer sangue de qualquer animal, contra esse eu me voltarei e o eliminarei do meio do seu povo.

11 Pois a vida da carne está no sangue, e eu o dei a vocês para fazerem propiciação por si mesmos no altar; é o sangue que faz propiciação pela vida.

12 Por isso digo aos israelitas: Nenhum de vocês poderá comer sangue, nem também o estrangeiro residente.

13 Qualquer israelita ou estrangeiro residente que caçar um animal ou ave que se pode comer, derramará o sangue e o cobrirá com terra,

14 porque a vida de toda carne é o seu sangue. Por isso eu disse aos israelitas: Vocês não poderão comer o sangue de nenhum animal, porque a vida de toda carne é o seu sangue; todo aquele que o comer será eliminado.

15 Todo aquele que, natural da terra ou estrangeiro, comer um animal encontrado morto ou despedaçado por animais selvagens, lavará suas roupas e se banhará com água, e ficará impuro até a tarde; então estará puro.

16 Mas, se não lavar suas roupas nem se banhar, sofrerá as consequências da sua iniquidade.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here