Levítico - Bíblia de Estudo Online

O ato geral do pecado que ocasionou uma oferta pelo pecado foi qualificado em dois aspectos: foi feito “não intencionalmente”, e foi contra “qualquer um dos mandamentos do SENHOR” (poderia incluir pecados de omissão, bem como comissão; ver Levítico 4:1–2; Números 15:22-23).

Quaisquer que sejam os atos específicos que essas expressões e os exemplos a seguir se referem, é claro que para o pecado desafiador (Nm 15:30, lit., “com uma mão alta”) – isto é, pecado com o propósito de ser desobediente a Deus – nenhum sacrifício poderia ser trazido por um indivíduo.

Portanto, Davi, por exemplo, lançou-se à misericórdia de Deus depois de seu pecado com Bate-Seba, que ele confessou ser uma rebelião contra Deus (Sl 51: 1, 3, 16-17).

Mais especificamente, a oferta pelo pecado era pelos pecados cometidos “não intencionalmente” (ḇišḡāḡḡâh, “na ignorância”). Embora este termo às vezes se refira claramente a pecados de ignorância ou inadvertência (Lv 4:2, 22, 27), também foi usado para homicídio culposo (Nm 35:11, 15; cf. Josué 20: 3, onde o ato é ainda definido como “sem premeditação” [NASB]).

O contraste em Números 15:22–31 é simplesmente entre pecados cometidos com uma atitude desafiadora em relação a Deus e Sua Lei e aqueles cometidos de forma não-infalível.

Portanto, o termo ḇišḡāḡâh é amplo o bastante para incluir todos os pecados não cometidos em espírito de rebeldia contra o Senhor e Suas estipulações de convênio – se pecados de ignorância (Levítico 4), pecados sem intenção consciente (capítulo 5) ou intencionais (Nm 15: 22-29). Foi por esses pecados que a oferta pelo pecado foi prescrita.

A estrutura da lei da oferta pelo pecado (isto é, a porção ritual primária, Levítico 4; cf. 6:24-30) é dividida de acordo com o status do ofertante (sacerdote, membro da congregação, governante ou pessoa comum).

Também a variedade de sacrifícios aceitáveis ​​é apresentada em ordem decrescente de valor – um touro para o sacerdote (4:3) ou nação (v. 14), um bode para um líder tribal (vv. 22–23), uma cabra (v. 28) ou cordeiro (v. 32) para uma pessoa comum, duas aves para uma pessoa pobre (5:7) e até mesmo uma oferta de farinha para os muito pobres (5:11–13).

A diferença nos sacrifícios não dependia da natureza do pecado, mas do status social e/ou econômico do pecador. As informações suplementares no capítulo 5 referem certas ofensas que exigem a oferta pelo pecado (5:1–6) e concessões para os pobres (5:7–13). (1)

Esboço de Levítico 4:

4.1 – 12: A lei da oferta pelo pecado

4.13 – 21: Sem intenção de pecar

4.22 – 26: Com relação ao líder

4.27 – 35: Alguém da comunidade 

 

Levítico 4.1 – 12: A lei da oferta pelo pecado

1 O Senhor ordenou a Moisés:

2 Diga aos israelitas: Quando alguém pecar sem intenção, fazendo o que é proibido em qualquer dos mandamentos do Senhor, assim se fará:

3 Se for o sacerdote ungido que pecar, trazendo culpa sobre o povo, trará ao Senhor um novilho sem defeito como oferta pelo pecado que cometeu.

4 Apresentará ao Senhor o novilho à entrada da Tenda do Encontro. Porá a mão sobre a cabeça do novilho, que será morto perante o Senhor.

5 Então o sacerdote ungido pegará um pouco do sangue do novilho e o levará à Tenda do Encontro;

6 molhará o dedo no sangue e o aspergirá sete vezes perante o Senhor, diante do véu do santuário.

7 O sacerdote porá um pouco do sangue nas pontas do altar do incenso aromático que está perante o Senhor na Tenda do Encontro. Derramará todo o restante do sangue do novilho na base do altar do holocausto, na entrada da Tenda do Encontro.

8 Então retirará toda a gordura do novilho da oferta pelo pecado: a gordura que cobre as vísceras e está ligada a elas,

9 os dois rins com a gordura que os cobre e que está perto dos lombos, e o lóbulo do fígado, que ele removerá junto com os rins,

10 como se retira a gordura do boi sacrificado como oferta de comunhão. Então o sacerdote queimará essas partes no altar dos holocaustos.

11 Mas o couro do novilho e toda a sua carne, bem como a cabeça e as pernas, as vísceras e os excrementos,

12 isto é, tudo o que restar do novilho, ele levará para fora do acampamento, a um local cerimonialmente puro, onde se lançam as cinzas. Ali os queimará sobre a lenha de uma fogueira, sobre o monte de cinzas.

Levítico 4.13 – 21: Sem intenção de pecar

13 Se for toda a comunidade de Israel que pecar sem intenção, fazendo o que é proibido em qualquer dos mandamentos do Senhor, ainda que não tenha consciência disso, a comunidade será culpada.

14 Quando tiver consciência do pecado que cometeu, a comunidade trará um novilho como oferta pelo pecado e o apresentará diante da Tenda do Encontro.

15 As autoridades da comunidade porão as mãos sobre a cabeça do novilho perante o Senhor. E o novilho será morto perante o Senhor.

16 Então o sacerdote ungido levará um pouco do sangue do novilho para a Tenda do Encontro;

17 molhará o dedo no sangue e o aspergirá sete vezes perante o Senhor, diante do véu.

18 Porá o sangue nas pontas do altar que está perante o Senhor na Tenda do Encontro e derramará todo o restante do sangue na base do altar dos holocaustos, na entrada da Tenda do Encontro.

19 Então retirará toda a gordura do animal e a queimará no altar,

20 e fará com este novilho como se faz com o novilho da oferta pelo pecado. Assim o sacerdote fará propiciação por eles, e serão perdoados.

21 Depois levará o novilho para fora do acampamento e o queimará como queimou o primeiro. É oferta pelo pecado da comunidade.

Levítico 4.22 – 26: Com relação ao líder

22 Quando for um líder que pecar sem intenção, fazendo o que é proibido em qualquer dos mandamentos do Senhor, o seu Deus, será culpado.

23 Quando o conscientizarem do seu pecado, trará como oferta um bode sem defeito.

24 Porá a mão sobre a cabeça do bode, que será morto no local onde o holocausto é sacrificado, perante o Senhor. Esta é a oferta pelo pecado.

25 Então o sacerdote pegará com o dedo um pouco do sangue da oferta pelo pecado e o porá nas pontas do altar dos holocaustos, e derramará o restante do sangue na base do altar.

26 Queimará toda a gordura no altar, como queimou a gordura do sacrifício de comunhão. Assim o sacerdote fará propiciação pelo pecado do líder, e este será perdoado.

Levítico 4.27 – 35: Alguém da comunidade

27 Se for alguém da comunidade que pecar sem intenção, fazendo o que é proibido em qualquer dos mandamentos do Senhor, o seu Deus, será culpado.

28 Quando o conscientizarem do seu pecado, trará como oferta pelo pecado que cometeu uma cabra sem defeito.

29 Porá a mão sobre a cabeça do animal da oferta pelo pecado, que será morto no lugar dos holocaustos.

30 Então o sacerdote pegará com o dedo um pouco do sangue e o porá nas pontas do altar dos holocaustos, e derramará o restante do sangue na base do altar.

31 Então retirará toda a gordura, como se retira a gordura do sacrifício de comunhão; o sacerdote a queimará no altar como aroma agradável ao Senhor. Assim o sacerdote fará propiciação por esse homem, e ele será perdoado.

32 Se trouxer uma ovelha como oferta pelo pecado, terá que ser sem defeito.

33 Porá a mão sobre a cabeça do animal, que será morto como oferta pelo pecado no lugar onde é sacrificado o holocausto.

34 Então o sacerdote pegará com o dedo um pouco do sangue da oferta pelo pecado e o porá nas pontas do altar dos holocaustos, e derramará o restante do sangue na base do altar.

35 Retirará toda a gordura, como se retira a gordura do cordeiro do sacrifício de comunhão; o sacerdote a queimará no altar, em cima das ofertas dedicadas ao Senhor, preparadas no fogo. Assim o sacerdote fará em favor dele propiciação pelo pecado que cometeu, e ele será perdoado.

 

Referências:

Lindsey, F. D. (1985). Leviticus. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 180). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here