Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Lucas 1 Estudo: Lucas Escreve a Teófilo

Lucas 1.1 – 4: A palavra grega anothen, traduzida por “origem”, quer dizer: “de cima”, “dos altos céus”, e se refere também a uma análise criteriosa de “alto a baixo”, “do começo ao fim”.

Teófilo, que em latim e grego significa “querido por Deus” ou “aquele que ama a Deus”, foi um militar de alta patente do exército romano que, convertido ao Senhor Jesus Cristo, patrocinou a pesquisa e a publicação deste relatório fiel sobre a vida e a obra de Jesus.

A obra veio a tornar-se parte do cânon bíblico (livros inspirados por Deus) do Novo Testamento e cujo propósito, assim como João (João 20. 31), é proporcionar a seus leitores plena certeza quanto aos tremendos fatos relacionados à vida de Jesus Cristo e à nossa salvação eterna.

Lucas 1.5 – 11: Zacarias e Isabel eram descendentes de Arão. Em virtude disso, Zacarias era sacerdote. Eles eram um casal “justo aos olhos de Deus”.

Embora fossem um casal temente a Deus, eles não eram plenos. Sentiam falta de gerar um filho. Isabel era estéril e eles já estavam com a idade avançada.

Tudo mudou, quando em serviço no Templo o anjo Gabriel apareceu a Zacarias e falou com ele.

Lucas 1.12 – 23: Gabriel veio a Terra para dar a boa notícia de que Zacarias e Isabel engravidariam e o filho deles seria um poderoso servo de Deus: João Batista.

Gabriel lhe disse qual seria o propósito da vida e da vinda de João. Deus detalhes de seu ministério e falou sobre o prazer de Deus nele.

Zacarias ficou perplexo com a visão e com a notícia, e duvidou. Isso gerou “desconforto” em Gabriel, que disse que ele ficaria mudo, por causa da dúvida.

Lucas 1.24,25: Quando a Palavra vem de Deus ela se cumpre. Sendo assim, Isabel ficou grávida como Gabriel havia dito. E por cinco meses permaneceu em casa, visto que já era uma senhora.

Contudo, Isabel louvava continuamente ao Senhor por seu cuidado, bondade e fidelidade.

Lucas 1.26 – 38: Assim como a Zacarias, Gabriel aparece a Maria. O propósito dele era comunicá-la, de que embora virgem, ela seria mãe do Salvador da humanidade. O Messias prometido (Ver Estudo Bíblico Sobre o Nascimento de Jesus).

Naturalmente, Maria ficou espantada e ouviu atentamente as instruções do anjo. Por fim, a resposta dela foi bem diferente da que Zacarias deu.

Com um grande coração de serva, a mãe do Senhor disse a Gabriel: “Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra”.

Lucas 1.39 – 45: Algum tempo depois, Maria foi visitar Isabel para saber como estava sua parente. Quando Maria entrou na casa, João Batista estremeceu no ventre de Isabel. Isso gerou grande alegria e espanto.

Embora não devamos reverência a Maria, ou mesmo tratá-la como deusa, não podemos esquecer a grandeza da sua importância como mãe de Jesus.

Isso fica bem evidente nas palavras de Isabel: “Mas por que sou tão agraciada, ao ponto de me visitar a mãe do meu Senhor?”.

O fato de receber a visita de Maria mãe de Jesus, deixou Isabel profundamente maravilhada.

Lucas 1.46 – 56: Ao ver as maravilhas que o Senhor Deus estava operando em sua vida e ao redor dela, Maria mãe de Jesus, exalta a Deus. Ela entoa um cântico de adoração e gratidão ao Senhor.

Lucas 1.57 – 66: Quando chegou o tempo, o filho de Zacarias e Isabel nasceu. Quando isso aconteceu as pessoas queriam saber como ele se chamaria.

Como Zacarias estava mudo, Isabel respondeu que ele se chamaria João. Mas não havia ninguém com esse nome na família, e isso deixou todos espantados pois contrariava o costume da época.

Daí eles pediram para Zacarias escrever qual seria o nome do menino, e para a surpresa de todos, o nome escrito foi João, embora não tivesse sido combinado com Isabel.

Quando escreveu o nome do menino, Zacarias foi imediatamente curado. Com isso todos ficaram espantado e Zacarias louvou intensamente a Deus.

Lucas 1.67 – 80: Ao voltar a falar Zacarias começou a profetizar a respeito de João Batista. Suas palavras são um resumo da importância e da “grandeza” daquele que seria o precursor de Jesus Cristo.

Esboço de Lucas 1:

Lucas 1.1 – 4: Lucas escreve a Teófilo

Lucas 1.5 – 11: Zacarias e Isabel

Lucas 1.12 – 23: O anjo Gabriel fala com Zacarias

Lucas 1.24,25: Isabel fica grávida

Lucas 1.26 – 38: Gabriel anuncia a Maria o nascimento de Jesus

Lucas 1.39 – 45: O encontro de Maria e Isabel

Lucas 1.46 – 56: Maria exalta a Deus

Lucas 1.57 – 66: O nascimento de João Batista

Lucas 1.67 – 80: Profecia de Zacarias sobre João Batista

 

Por Que Lucas?

“Muitos já se dedicaram a elaborar um relato dos fatos que se cumpriram entre nós, conforme nos foram transmitidos por aqueles que desde o início foram testemunhas oculares e servos da palavra. Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi escrever-te um relato ordenado, ó excelentíssimo Teófilo, para que tenhas a certeza das coisas que te foram ensinadas”. (Lucas 1:1-4)

É certo que ele foi levado pelo Espírito Santo, não somente às Escrituras, mas a escrever este precioso Evangelho. Mas, nos dois casos, ele foi conduzido como uma criatura racional, e não como uma mera máquina.

Assim Lucas considerou que as coisas sobre as quais ele escrevia eram coisas em que certamente todos os cristãos acreditavam, e, portanto, eram coisas sobre as quais eles deveriam ser instruídos, para que pudessem conhecer aquilo em que acreditavam, e eram coisas que seriam transmitidas à posteridade (pois então haveria tanto interesse nelas quanto agora).

E, para tanto, tinham que estar registradas por escrito, que é a maneira mais segura de transmissão para as gerações futuras.

Ele não escreveu sobre questões de controvérsias duvidosas, coisas sobre as quais os cristãos podem facilmente divergir uns dos outros e hesitar, mas sobre as coisas que são e devem ser cridas com segurança.

O Que Foi Realizado?

As coisas que foram realizadas (segundo alguns), que Cristo e os seus apóstolos realizaram, e em circunstâncias tais de modo a fornecer uma garantia total de que foram realmente realizadas, de modo que alcançaram uma credibilidade estabelecida e duradoura.

Observe que embora não seja a fundação da nossa fé, é uma base dela o fato de que os assuntos do nosso credo são coisas em que se crê há muito tempo.

A doutrina de Cristo é algo pelo que milhares dos homens mais sábios e mais generosos arriscaram as suas almas com a maior certeza e satisfação.

Era necessário que houvesse uma declaração ordenada destas coisas; que a história da vida de Cristo fosse organizada e colocada por escrito, para a maior certeza da sua transmissão.

Quando as coisas estão organizadas, nós sabemos melhor onde encontrá-las para nosso próprio uso, e como conservá-las para benefício de outras pessoas.

Muitos Se Dedicaram

Que havia muitos que se dedicaram a publicar narrativas sobre a vida de Cristo, muitas pessoas bem intencionadas, que tinham bons propósitos e agiam bem, e o que elas publicaram tinha sido bom, embora não tivesse sido feito sob inspiração divina, nem tão bem feito como poderia ter sido, e nem destinado à perpetuidade.

A obra dos outros no Evangelho de Cristo, se fiel e honesta, deve ser elogiada e incentivada, e não desprezada, ainda que possa ser acusada de muitas deficiências.

O serviço dos outros a Cristo não deve ser considerado como excedente ao nosso, mas deve ser estimulado. (Henry, Matthew, Comentário dos Evangelhos)

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Elisângela Becker disse:

    Daí eles pediram para João escrever qual seria o nome do menino, e para a surpresa de todos, o nome escrito foi João, embora não tivesse sido combinado com Isabel.

    este texto não deviria ser:

    Daí eles pediram para ZACARIAS escrever qual seria o nome do menino, e para a surpresa de todos, o nome escrito foi João, embora não tivesse sido combinado com Isabel.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});

O jesuseabiblia.com tem uma nova Política de Privacidade e Cookies Saiba mais.